Sterna dougallii

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaSterna dougallii
andorinha-do-mar-rosada;
garajau-rosado
Sterna dougallii

Sterna dougallii
Estado de conservação
Status iucn3.1 VU pt.svg
Vulnerável
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Charadriiformes
Família: Laridae
Sternidae
Género: Sterna
Espécie: S. dougallii
Nome binomial
Sterna dougallii
(Montagu, 1813)
Subespécies
Ver texto.

Sterna dougallii (Montagu, 1813) é uma espécie de ave marinha pertencente à família Laridae (antes da taxonomia de Sibley-Ahlquist considerada Charadriiforme da família Sternidae), conhecida pelos nomes comuns de andorinha-do-mar-rósea, gaivina-rosada ou garajau-rosado. É uma pequena ave de voo rápido, de patas avermelhadas, parte dorsal cinzenta clara e parte ventral branca. Os adultos reprodutores apresentando uma mancha preta na cabeça (píleo) e uma tonalidade rosada no peito (de onde deriva o seu nome). No início da época de reprodução o bico é completamente negro, tornando-se vermelho na base após a eclosão das crias. O nome específico é uma homenagem a Peter Dougall (1777-1814), um médico e ornitologista escocês.[1]

Distribuição[editar | editar código-fonte]

A espécie tem uma distribuição muito ampla, mas dispersa e descontínua, com populações nas regiões costeiras temperadas e subtropicais de todos os oceanos. Existe na Costa Leste da América , no continente Africano (http://siaram.azores.gov.pt/fauna/aves-marinhas/garajaus/garajau-rosado/_texto.html), e é rara na Europa, embora seja localmente abundante em algumas regiões costeiras da Grã Bretanha, Irlanda, noroeste de França e Canárias.[2] Aparece raramente como migrador em estuários. A ave é estritamente costeira, sendo de ocorrência muito rara terra adentro.

História natural[editar | editar código-fonte]

A voz desta espécie é um grasnido áspero, distinto dos outros garajaus. O ninho é pequeno, herbáceo, construído entre a vegetação. Põe 1-2 ovos numa postura única de Maio a Junho.

Alimenta-se de pequenos peixes que captura mediante mergulhos rápidos e superficiais. A dieta varia consideravelmente entre colónias e de ano para ano. As presas preferenciais são agulhão, chicharro, peixe-agulha e peixe-pau. Em menores quantidades, ingerem mictofídeos e outros pequenos peixes mesopelágicos que efectuam migrações verticais.[3]

Subespécies[editar | editar código-fonte]

A espécie é em geral dividida em cinco subespécies, embora alguns autores as consideram como raças geográficas. As subespécies de Sterna dougallii comumente aceites são:[4]

Notas

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Hume, Rob. 2002. Guía de campo de las aves de España y Europa. Ediciones Omega (ISBN 84-282-1317-8.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Sterna dougallii
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Sterna dougallii