Suna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A palavra árabe Suna significa ‘caminho trilhado’, e logo, suna do profeta significa os caminhos trilhados pelo profeta, ou aquilo que é normalmente conhecido como Tradições do Profeta. Terminologicamente, a palavra “Suna” significa também os feitos, dizeres e aprovações do Profeta Muhammad durante os seus 23 anos de profeta, e isto significa que tudo o que ele disse, fez ou aprovou durante o seu tempo como profeta e mensageiro de Deus é considerado uma suna, e os muçulmanos tendem a seguir e praticar as suas tradições. Os registros validados (a "hadith") desse "caminho", constituem um exemplo moral para os muçulmanos.[1]

Sunnah, deste modo, é a segunda fonte da lei islâmica após o Alcorão. O Alcorão para os muçulmanos é a palavra de Allah (Deus), e a Sunnah passa a ser os meios pelo que o profeta Muhammad aplicou e ensinou o Islam, para e com seus companheiros, sendo estas informações compiladas e armazenadas em muitos livros, os mais importantes sendo: Sahih Bukhari, Sahih Muslim, Sunan An-Nasai, Sunan Attirmidhi, Sunan Ibn Majah, e Sunan Abu Daud, que perfazem um corpo de lei islâmica e directivas divinas para muçulmanos em todo o mundo.[2]

As duas palavras são praticamente equivalentes quando se referindo às tradições do Profeta, mas na verdade existe uma diferença entre as duas. Hadiths são classificadas quanto ao seu estatuto, em relação aos seus textos e à sua cadeia de transmissores. Académicos de Hadiths estudaram a Suna do profeta desde o seu contexto bem como os seus transmissores por forma a estabelecer o que é verdade e o que é falso nestes hadiths.[carece de fontes?]

Através da pesquisa do transmissores da Hadith, acadêmicos da Hadith chegaram a um sistema para saber as diferentes categorias da Hadith, e de como avaliar o texto por forma a estabelecer se ele é correcto, bom, fraco ou falso.[2]

A Suna deve ser distinguida da fiqh, que são as opiniões de juristas religiosos, e o Alcorão, que é uma revelação em si e não um registro.[carece de fontes?]

Referências

  1. Encyclopedia of the Middle East - Sunnah (em inglês) Mideastweb.org. Página visitada em 23 de dezembro de 2008.
  2. a b SUNNAH - BREVE HISTÓRICO Sbmrj.org.br. Página visitada em 23 de dezembro de 2008.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]