Copa Intercontinental de 1979

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A décima oitava edição da Copa Intercontinental ocorreu em 1979 e em 1980, já que a edição da Copa Intercontinental de 1978 havia sido cancelada, com problemas de incompatibilidade de calendário entre o campeão europeu da temporada de 1977-78 Liverpool e o campeão sul-americano de 1978 Boca Juniors. Foi disputada em duas partidas entre o Malmö, (vice - campeão da Copa dos Campeões da UEFA em 1979, já que o campeão Nottingham Forest desistiu de jogar), e o Olímpia, (campeão da Libertadores de 1979). Apesar dos jogos ocorrerem também em 1980, a disputa refere-se apenas ao ano de 1979. Essa foi a última edição da Copa Intercontinental realizada apenas com a chancela de UEFA e CONMEBOL.

Clubes Participantes[editar | editar código-fonte]

Clube Torneio
Suécia Malmö FF Copa dos Campeões da UEFA (Vice-campeão)
Paraguai Olimpia Copa Libertadores da América (Campeão)

A História[editar | editar código-fonte]

Mais uma vez o campeão europeu se negou a jogar a Copa Intercontinental. Dessa vez, era o clube inglês Nottingham Forest, que apesar de estreante na Copa dos Campeões, vinha credenciado pelo título do Campeonato Inglês e o da Copa da Liga em 1978.

Nesse ano, os clubes que participaram eram estreantes e pertenciam a países que nunca tinham participado da Copa Intercontinental até o momento. O substituto do clube inglês foi vice-campeão europeu Malmö, que perdeu a decisão em Munique por 1–0 e tinha sido o Campeão Sueco de 1977 (o seu 12º). Já o Olimpia conquistava nesse mesmo ano, seu 25º título paraguaio e a Libertadores contra os bicampeões do Boca Juniors (2–0 na Paraguai e 0–0 na Argentina).

Primeiro jogo[editar | editar código-fonte]

O primeiro jogo ocorreu na Suécia, com a derrota do time da casa por 1–0.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

18 de Novembro de 1979 Suécia Malmö 0–1 Paraguai Olímpia Malmö Stadion (Malmö)
Público:
Árbitro:

Isasi

Jogadores[editar | editar código-fonte]

Malmö
  • Moeller
  • R. Andersson
  • Johnsson
  • Erlandsson
  • Prytz
  • Hansson
  • Ljungberg
  • Malmberg
  • Arvidsson
  • Sjöberg
  • Kinvall
Olímpia
  • Almeida
  • Paredes
  • Piazza
  • Souza
  • Solalinde
  • Kiese
  • Delgado
  • Torres
  • Ortiz
  • Céspedes
  • Isasi

Segundo jogo[editar | editar código-fonte]

O segundo jogo ocorreu no Paraguai, com a vitória de 2–1 do time da casa.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

2 de Março de 1980 Paraguai Olímpia 2–1 Suécia Malmö Estadio Defensores del Chaco (Assunção)
Público: 47.000
Árbitro:

Solalinde
Michelagnoli
Erlandsson
Olímpia
  • Almeida
  • Solalinde
  • Paredes
  • Sosa
  • Di Bartolomeo
  • Torres
  • Kiese
  • Talavera (Substituído por Michelagnoli)
  • Isasi
  • Yaluk
  • Aquino

Técnico: Luis Cubilla

Malmö
  • Moeller
  • R. Andersson
  • Parkins
  • Johnsson
  • Vidsson
  • M. Andersson
  • Olsson (Substituído por Hansen)
  • Prytz
  • Erlandsson
  • Sjöberg (Substituído por Malmberg)
  • T. Andersson

Campeão[editar | editar código-fonte]

Copa Intercontinental de 1979
Flag of Paraguay.svg
Olímpia
1º Título

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]