Copa Europeia/Sul-Americana de 1992

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Copa Europeia/Sul-Americana de 1992 foi a 13ª edição da Copa Intercontinental (após a UEFA e CONMEBOL acertarem com a montadora de carros Toyota a realizar a disputa no Japão em uma única partida, com o intuito de desenvolver e publicar o futebol no país, assim a disputa passou a ser organizada por JFA e Toyota com a supervisão de UEFA e CONMEBOL), disputada em 13 de dezembro de 1992. A final foi realizada no Estádio Olímpico de Tóquio, no Japão, entre o campeão sul-americano São Paulo e o campeão europeu Barcelona.

O São Paulo foi campeão mundial pela primeira vez, após vencer de virada a equipe do Barcelona por 2 a 1, com dois gols de Raí, eleito o melhor jogador da disputa. O Barcelona abrira o placar com um gol de Stoichkov.

A partir da década 1980, quando a Copa Intercontinental (Copa Européia/Sul-Americana) se tornou Copa Toyota (Copa Européia/Sul-Americana Toyota), a UEFA passou a obrigar os clubes europeus a assinarem um contrato, antes de entrarem na Copa dos Campeões da Europa, segundo o qual eles seriam obrigados a disputar a Copa Toyota (mesmo se não quisessem) ao vencerem a Copa dos Campeões da Europa, e caso não disputassem a Copa Toyota, sofreriam sanções pesadas por quebra de contrato. Esses fatos pesaram na decisão do Barcelona de disputar a Copa Toyota de 1992 contra o São Paulo, sendo que o clube espanhol chegou a cogitar não disputar a competição naquele ano.[1]

Clubes Participantes[editar | editar código-fonte]

Clube Campeão
Brasil São Paulo (BRA) Taça Libertadores da América de 1992
Espanha Barcelona (ESP) Liga dos Campeões de 1991-92


A partida[editar | editar código-fonte]

Logo aos 12 minutos, o búlgaro Stoitchkov marcou o primeiro gol para o Barcelona ao surpreender Zetti em chute que encobriu o goleiro são-paulino. Aos 27 minutos Müller fez jogada pela esquerda e cruzou para área. Raí se antecipou à defesa espanhola e, de barriga, colocou a bola no fundo do gol de Zubizarreta.

A partida seguiu com lances de perigo de ambos os lados, mas nenhuma equipe conseguiu marcar. Ronaldo Luís, lateral-esquerdo, salvou em cima da linha uma bola chutada por Beguiristáin. A segunda etapa continuou equilibrada, com as duas equipes buscando o gol, mas não conseguindo mudar o placar. Isso até Palhinha sofrer falta na entrada da área.

Foi então que Raí, em cobrança de falta ensaiada aos 34 minutos, rolou a bola para Cafu, que apenas escorou e assistiu ao meia colocar a bola no ângulo superior direito de Zubizarreta. O São Paulo passou a administrar a vantagem e viu o tempo passar.

Ao final do jogo, o São Paulo conquistou seu primeiro título intercontinental.

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

13 de dezembro de 1992 Barcelona Espanha 1 - 2 Brasil São Paulo Estádio Olímpico de Tóquio, Tokyo
12:00 (UTC+9)
Stoichkov Gol marcado aos 12 minutos de jogo 12' Relatório Raí Gol marcado aos 27 minutos de jogo 27', Gol marcado aos 78 minutos de jogo 78' Público: 60 000
Árbitro: ArgentinaARG Juan Carlos Loustau
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Barcelona
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
São Paulo
BARCELONA:
G 1 Espanha Zubizarreta
LD 2 Espanha Ferrer
Z 4 Países Baixos Koeman
Z 5 Espanha Sacristán
M 6 Espanha Bakero Substituído
V 3 Espanha P. Guardiola
M 7 Espanha Amor
M 9 Dinamarca M. Laudrup
M 10 Países Baixos Witschge
A 8 Bulgária Stoichkov
A 11 Espanha Begiristain Substituído
Substituições:
V 16 Espanha Goikoetxea Entrou em campo
Z 14 Espanha Á. Nadal Entrou em campo
Treinador:
Países Baixos Cruyff
SÃO PAULO:
G 1 Brasil Zetti
LD 2 Brasil Vítor
Z 4 Brasil Ronaldão
Z 3 Brasil Adilson
LE 6 Brasil R. Luís
V 5 Brasil Pintado
V 8 Brasil Cerezo Substituído
M 10 Brasil Raí
M 9 Brasil Palhinha
A 7 Brasil Müller
A 11 Brasil Cafu
Substituições:
V 14 Brasil Dinho Entrou em campo
Treinador:
Brasil Telê Santana

Homem do jogo:

Raí (São Paulo)

Campeão[editar | editar código-fonte]

Copa Européia/Sul-Americana de 1992
Flag of Brazil.svg
São Paulo
1º Título

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.