Tapa-olho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Moshe Dayan (1915-1981), líder militar e defensor do Estado de Israel, foi uma das figuras notórias que em tempos recentes utilizava um tapa-olho habitualmente.

Tapa-olho é um elemento que serve para cobrir um olho por motivos estéticos, uma vez que o item pode esconder lesões de brigas1 e operações, ou por motivos e/ou medicinais, uma vez que é capaz ainda proteger a córnea de quem o usa.

Adereço típico do estereótipo dos piratas,2 o tapa-olho também servia a eles como artifício para visão noturna. Dessa forma, mantinham um dos olhos tampado durante todo o dia. Se por ventura, algum precisasse enxergar no escuro (numa emboscada, por exemplo), bastava destampar o olho coberto e assim, teria um dos olhos já acostumado à falta de luz.[carece de fontes?]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências