Wakō

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ataque wakō, século XI.

O termo wakō em japonês, wōkòu (倭寇) em mandarim ou waegu (왜구) em coreano era utilizado para se referir aos piratas que atacavam as costas da China e Coreia desde o século XIII. Originalmente os wakō eram rōnin (samurais sem um senhor), comerciantes ou contrabandistas japoneses, mas durante os séculos a prática também se estenderam para pessoas da China.

O significado do termo wakō era "bandidos do país de Wa", se referindo ao Japão.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Hŭi-gyŏng Song, Shōsuke Murai Rōshōdō Nihon kōroku : Chōsen shisetsu no mita chūsei Nihon (老松堂日本行錄 : 朝鮮使節の見た中世日本) Iwanami Shoten, Tōkyō, 1987. ISBN 9784003345412
  • So, Kwan-wai. Japanese Piracy in Ming China During the sixteenth Century. Michigan State University Press, East Lansing, 1975. ISBN 0870131796
  • Boxer, C.R. “Piracy in the South China Sea”, History Today, XXX, 12 (Diciembre), p. 40-44.
  • Stephen Turnbull "Samurai: The World of the Warrior" Osprey Publishing, Oxford, 2003, p. 155-157. ISBN 1841767409