Temporada de 2001 da National Football League

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Temporada de 2001 da National Football League
Temporada regular
Duração 9 de setembro de 2001 – 7 de janeiro de 2002
Devido ao temor causado pelos ataques terroristas de 11 de setembro, um certo número de jogos foram adiados.
Playoffs
Data de início 12 de janeiro de 2002
Campeão da AFC New England Patriots
Campeão da NFC St. Louis Rams
Super Bowl XXXVI
Data 3 de fevereiro de 2002
Local Louisiana Superdome, New Orleans, Louisiana
Campeão New England Patriots
Pro Bowl
Data 9 de fevereiro de 2002
Local Aloha Stadium
Temporadas da National Football League
 < 2000 2002 > 


A Temporada de 2001 da NFL foi a 82ª temporada regular da National Football League.

Seguindo um padrão que começou em 1999, a primeira semana de jogos foi marcada para depois das comemorações do Dia do Trabalho (Labor Day). Com os Super Bowls XXXVI e XXXVII já com datas marcadas, a liga decidiu excluir a semana de folga anterior ao Super Bowl nos dois anos seguintes para poder se ajustar. Logo após os ataques terroristas de 11 de setembro, os jogos do dia 16 e 17 daquele mês foi adiado e remarcado para 6 e 7 de janeiro. Para adaptar a nova tabela, todos os jogos de playoff, incluindo o Super Bowl XXXVI foi adiado em uma semana. A temporada terminou no Pro Bowl que também foi atrasado em uma semana. Esta foi a última temporada antes do realinhamento de 2002, onde cada conferência teria 4 divisões, e não 3. E todos os times da NFL naquele ano usaram marcas nos uniformes para lembrar as vitímas dos atentados, e o NY Jets e o NY Giants usaram marcas para lembrar os bombeiros mortos nos resgates.

A temporada se encerrou no Super Bowl XXXVI onde o New England Patriots derrotou o St. Louis Rams. O jogo foi muito marcado pelas homenagens às vitimas do 11/09. Nos Super Bowls seguintes seriam montados aparatos de segurança nunca antes vistos fazendo do Super Bowl o evento esportivo mais bem protegido do mundo.

Classificação[editar | editar código-fonte]

V = Vitórias, D = Derrotas, E = Empates, PCT = porcentagem de vitórias, PF= Pontos feitos, PS = Pontos sofridos

Classificados para os playoff estão marcados em verde

AFC East
Time V D E PCT PF PS
(2) New England Patriots 11 5 0 .688 371 272
(4) Miami Dolphins 11 5 0 .688 344 290
(6) New York Jets 10 6 0 .625 308 295
Indianapolis Colts 6 10 0 .375 413 486
Buffalo Bills 3 13 0 .188 265 420
AFC Central
Time V D E PCT PF PS
(1) Pittsburgh Steelers 13 3 0 .812 352 212
(5) Baltimore Ravens 10 6 0 .625 303 265
Cleveland Browns 7 9 0 .438 285 319
Tennessee Titans 7 9 0 .438 336 388
Jacksonville Jaguars 6 10 0 .375 294 286
Cincinnati Bengals 6 10 0 .375 226 309
AFC West
Time V D E PCT PF PS
(3) Oakland Raiders 10 6 0 .625 399 327
Seattle Seahawks 9 7 0 .562 301 324
Denver Broncos 8 8 0 .500 340 339
Kansas City Chiefs 6 10 0 .375 320 344
San Diego Chargers 5 11 0 .312 332 321
NFC East
Time V D E PCT PF PS
(3) Philadelphia Eagles 11 5 0 .688 343 208
Washington Redskins 8 8 0 .500 256 303
New York Giants 7 9 0 .438 294 321
Arizona Cardinals 7 9 0 .438 295 343
Dallas Cowboys 5 11 0 .312 246 338
NFC Central
Time V D E PCT PF PS
(2) Chicago Bears 13 3 0 .812 338 203
(4) Green Bay Packers 12 4 0 .750 390 266
(6) Tampa Bay Buccaneers 9 7 0 .562 324 280
Minnesota Vikings 5 11 0 .312 290 390
Detroit Lions 2 14 0 .125 270 424
NFC West
Time V D E PCT PF PS
(1) St. Louis Rams 14 2 0 .875 503 273
(5) San Francisco 49ers 12 4 0 .750 409 282
New Orleans Saints 7 9 0 .438 333 409
Atlanta Falcons 7 9 0 .438 291 377
Carolina Panthers 1 15 0 .062 253 410


Desempate[editar | editar código-fonte]

  • New England terminou a frente de Miami na AFC East baseado em uma campanha melhor dentro da divisão (6-2 contra 5-3 do Dolphins).
  • Cleveland terminou a frente de Tennessee na AFC Central baseado em uma campanha melhor dentro da divisão (5-5 contra 3-7 do Titans).
  • Jacksonville terminou a frente de Cincinnati na AFC Central pois venceu no confronto direto (2-0).
  • N.Y. Giants terminou a frente de Arizona na NFC East pois venceu no confronto direto (2-0).
  • New Orleans terminou a frente de Atlanta na NFC West baseado em uma campanha melhor dentro da divisão (4-4 contra 3-5 do Falcons).
  • Baltimore terminou em segundo na AFC Wild Card basesado no melhor desempenho contra um adversário em comum (3-2 contra 2-2 do Jets).
  • Green Bay terminou em primeiro na NFC Wild Card baseado em uma campanha melhor dentro da conferência (9-3 contra 8-4 do 49ers).

Playoffs[editar | editar código-fonte]

                                   
12 de janeiro - Veterans Stadium   19 de janeiro - Soldier Field          
 6  Tampa Bay  9
 3  Philadelphia  33
 3  Philadelphia  31     27 de janeiro - Edward Jones Dome
 2  Chicago  19  
NFC
13 de janeiro - Lambeau Field  3  Philadelphia  24
20 de janeiro - The Dome at America's Center
   1  St. Louis  29  
 5  San Francisco  15 Campeão da NFC
 4  Green Bay  17
 4  Green Bay  25   3 de fevereiro - Louisiana Superdome
 1  St. Louis  45  
Playoffs de Wild Card  
Playoffs de Divisão
12 de janeiro - Network Associates Coliseum  N1  St. Louis  17
19 de janeiro - Foxboro Stadium
   A2  New England  20
 6  N.Y. Jets  24 Super Bowl XXXVI
 3  Oakland  13
 3  Oakland  38     27 de janeiro - Heinz Field
 2  New England  16*  
AFC
13 de janeiro - Pro Player Stadium  2  New England  24
20 de janeiro - Heinz Field
   1  Pittsburgh  17  
 5  Baltimore  20 Campeão da AFC
 5  Baltimore  10
 4  Miami  3  
 1  Pittsburgh  27  
* Indica vitória na prorrogação

AFC[editar | editar código-fonte]

  • Jogos de Wild-Card: OAKLAND 38, N.Y. Jets 24; Baltimore 20, MIAMI 3
  • Playoffs de divisão: NEW ENGLAND 16, Oakland 13 (OT); PITTSBURGH 27, Baltimore 10
  • AFC Championship: NEW ENGLAND 24, Pittsburgh 17 no Heinz Field, Pittsburgh, 27 de janeiro de 2002

NFC[editar | editar código-fonte]

  • Jogos de Wild-Card: PHILADELPHIA 31, Tampa Bay 9; GREEN BAY 25, San Francisco 15
  • Playoffs de divisão: Philadelphia 33, CHICAGO 19; ST. LOUIS 45, Green Bay 17
  • NFC Championship: ST. LOUIS 29, Philadelphia 24 no Edward Jones Dome, St. Louis, Missouri, 27 de janeiro de 2002

Super Bowl[editar | editar código-fonte]

Super Bowl XXXVI: New England (AFC) 20, St. Louis (NFC) 17 no Louisiana Superdome, Nova Orleães, Luisiana, 3 de fevereiro 2002

Marcas importantes[editar | editar código-fonte]

Os seguintes times e jogadores quebraram recordes da NFL durante esta temporada:

Recorde Jogador/Time Antigo

recorde[1]

Maior número de Sacks, Temporada* Michael Strahan, New York Giants (22.5) Mark Gastineau, New York Jets, 1984 (22.0)
Maior número de derrotas consecutivas, Temporada Carolina (15) Empatado com 4 times (14)

* - Número de Sacks só passou a ser computado a partir de 1982.

Lideres em estatísticas na Temporada Regular[editar | editar código-fonte]

Time[editar | editar código-fonte]

Pontos marcados St. Louis Rams (503)
Total de jardas St. Louis Rams (6,930)
Jardas terrestres Pittsburgh Steelers (2,774)
Jardas aéreas St. Louis Rams (4,903)
Menos pontos sedidos Chicago Bears (203)
Menos jardas sedidas Pittsburgh Steelers (4,504)
Menos jardas terrestres sedidas Pittsburgh Steelers (1,195)
Menos jardas aéreas sedidas Dallas Cowboys (3,019)

Individual[editar | editar código-fonte]

Pontos Marshall Faulk, St. Louis (128 pontos)
Touchdowns Marshall Faulk, St. Louis (21 TDs)
Mais field goals feitos Jason Elam, Denver (31 FGs)
Jardas terrestres Priest Holmes, Kansas City (1,555 jardas)
Rating Kurt Warner, St. Louis (101.4 rating)
Passes para touchdown Kurt Warner, St. Louis (36 TDs)
Recepções Rod Smith, Denver (113 recepções)
Jardas recebidas David Boston, Arizona (1,598 jardas)
Jardas por retorno (Punt) Troy Brown, New England (14.2 jardas de média)
Jardas por retorno (Kickoff) Ronney Jenkins, San Diego (26.6 jardas de média)
Interceptações Ronde Barber, Tampa Bay e Anthony Henry, Cleveland (10)
Jardas por Punt Todd Sauerbrun, Carolina (47.5 jardas de média)
Sacks Michael Strahan, New York Giants (22.5)

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Most Valuable Player Kurt Warner, Quarterback, St. Louis
NFL Coach of the Year (Treinador do Ano) Dick Jauron, Chicago
NFL Offensive Player of the Year (Jogador Ofensivo do Ano) Marshall Faulk, Running back, St. Louis
NFL Defensive Player of the Year (Jogador Defensivo do Ano) Michael Strahan, Defensive End, New York Giants
NFL Offensive Rookie of the Year (Novato Ofensivo do Ano) Anthony Thomas, Running Back, Chicago
NFL Defensive Rookie of the Year Award (Novato Defensivo do Ano) Kendrell Bell, Linebacker, Pittsburgh
NFL Comeback Player of the Year Garrison Hearst, Running Back, San Francisco

Referências

  1. 2005 NFL Record and Fact Book. [S.l.]: NFL, 2005. ISBN 193299436

Ligações externas[editar | editar código-fonte]