Trypanosoma cruzi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaTrypanosoma cruzi
Trypanosoma cruzi

Trypanosoma cruzi
Classificação científica
Reino: Protista
Filo: Euglenozoa
Classe: Kinetoplastea
Ordem: Trypanosomatida
Família: Trypanosomatidae
Género: Trypanosoma
Espécie: T. cruzi

O Trypanosoma cruzi é um importante protozoário flagelado, agente etiológico da Doença de Chagas, tripanossomíase americana ou esquizotripanose. A doença foi descoberta em 1909 pelo médico brasileiro Carlos Chagas.

O nome Trypanosoma cruzi, dado ao agente causador, foi uma homenagem de Chagas ao epidemiologista Oswaldo Cruz.[1]

Doença de Chagas[editar | editar código-fonte]

Ciclo de vida do Trypanosoma cruzi.

O T. cruzi causa, no homem, uma parasitose chamada Doença de Chagas. Trata-se de uma infecção transmissível em que o parasita circula no sangue periférico e tecidos, provocando lesões teciduais graves, principalmente no coração e em órgãos do aparelho digestivo (esôfago e intestino).

A sua transmissão exige a participação de um vetor: o inseto Triatoma infestans, mais conhecido no Brasil como barbeiro, e também chamado chupança, bicho-barbeiro, bicho-de-frade, bicho-de-parede, bicudo, cascudo, chupão, chupa-pinto, pirocó, fincão, furão, gaudério, percevejão, percevejo-do-sertão, percevejo-gaudério, procotó, rondão ou vunvum, conforme a região. Trata-se de artrópode da classe Insecta, ordem Hemiptera, família Reduviidae e subfamília Triatominae.

O barbeiro é um hematofágo e se alimenta de sangue em todas as fases de seu ciclo evolutivo. Vive, em média, de um a dois anos, evoluindo de ovo a ninfa e adulto. Tem grande capacidade de reprodução e, a depender da espécie, intensa resistência ao jejum. As principais espécies são Triatoma infestans, Panstrongylus megistrus e Rhodinius sp.

O Mal de Chagas ocorre no continente americano, desde o sul dos Estados Unidos até a Argentina, porém, até a década de 1960, não era considerado como problema de saúde pública, o que se deu somente após estudos desenvolvidos pelo Instituto Oswaldo Cruz, no município de Bambuí, em Minas Gerais.

Notas e referências

  1. FGV - Biblioteca Virtual. Médico e barbeiro de fama mundial. Página visitada em 18/07/2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Protozoários é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.