Uli Hoeneß

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ulrich "Uli" Hoeneß
Nome completo Uli Hoeneß em 2013
Conhecido(a) por Presidente do FC Bayern de Munique
Nascimento 5 de Janeiro de 1952 (62 anos)
Ulm,  Alemanha
Nacionalidade Alemã
Ocupação Empresário

Ulrich "Uli" Hoeneß (nascido em 5 de Janeiro de 1952 em Ulm, Baden-Württemberg) é um ex-futebolista alemão e ex-Presidente do Conselho de Administração do FC Bayern München AG, desde 4 de Março de 2010 até 14 de março de 2014.[1]

Hoeneß esteve no cargo de presidente desde 2009, quando sucedeu a Franz Beckenbauer. Durante a sua presidência, o Bayern de Munique conquistou duas Bundesliga e Taça da Alemanha, ambas em 2009-2010 e 2012-2013 e duas Supertaças germânicas (2010-2011 e 2012-2013), além da presença na final da Liga dos Campeões da UEFA 2011/2012, perdida em casa para os ingleses do Chelsea FC, nas grandes penalidades, além da conquista da mesma em 2012/2013.

Sendo jogador profissional do FC Bayern de Munique (1970-1979), se proclamo campeão do mundo 1974, campeão com Alemanha no Campeonato Europeu de Futebol de 1972, também ganhou três Liga dos Campeões da UEFA, uma Copa do Mundo de Clubes da FIFA (1976), três campeonatos alemãs, e uma Copa da Alemanha com o FC Bayern de Munique. Ademais participou nas Olimpíadas de Munique de 1972.

Hoeneß ficou famoso por fazer parte da seleção alemã que venceu a Copa do Mundo de 1974, derrotando na final a poderosa seleção holandesa. Uli Hoeneß como era conhecido iniciou a carreira no Bayern de Munique em 1970, logo em sua primeira temporada o clube foi campeão da Bundesliga, ficou no clube até 1976 quando transferiu-se para o 1. Fußball-Club Nürnberg, voltou ao Bayern um ano depois para encerrar a carreira.

Uli Hoeneß há sido um destacado inovador dentro da Bundesliga, especialmente no âmbito das televisões. Foi nomeado varias vezes "Executivo do Ano". Forma parte do "Hall of Fame" nos deportes da Alemanha.[2]

Uli Hoeneß foi reconduzido à presidência do Bayern de Munique, num mandato até 2015. Em 13 de março de 2014 foi condenado a cumprir a pena de três anos e seis meses de prisão por fraude fiscal, tendo anunciado o abandono da liderança do clube bávaro, cargo no qual vai ser sucedido por Herbert Hainer, presidente da adidas AG.[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.fcbayern.telekom.de/es/company/company/organe/08518.php
  2. http://www.fcbayern.telekom.de/es/company/company/organe/08518.php
  3. Presidente da Adidas substitui Hoeness no Bayern DN Online, 14 de março 2014
Bandeira de AlemanhaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas alemães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.