Uvaia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaUvaia
Uvaia Fruto1.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Myrtales
Família: Myrtaceae
Género: Eugenia
Espécie: E. uvalha
Nome binomial
Eugenia uvalha
(Cambess.)
Sinónimos
  • Eugenia albotomentosa Cambess.
  • Eugenia conceptionis (Kuntze) K.Schum.
  • Eugenia dumicola Barb.Rodr.
  • Eugenia hassleriana Barb.Rodr.
  • Eugenia phlebotomonides Kiaersk.
  • Eugenia pyryformis Cambess.
  • Eugenia turbinata O.Berg
  • Eugenia vauthiereana O.Berg
  • Eugenia viminalis O.Berg
  • Luma turbinata (O.Berg) Herter
  • Myrciaria dumicola (Barb.Rodr.) Chodat & Hassl.
  • Myrtus conceptionis Kuntze
  • Myrtus pyriformis (Cambess.) Parodi
  • Pseudomyrcianthes pyriformis (Cambess.) Kausel
  • Stenocalyx lanceolatus O.Berg[1]

A uvaia (Eugenia uvalha Cambess.), também conhecida como uvaieira, uaieira, ubaia[2] e uvalha, é uma planta da família Myrtaceae. O seu fruto também é chamado de "uvaia" e "ubaia". Pode ter entre 6 e 13 metros de altura e entre 30 e 50 centímetros de diâmetro do tronco. É uma espécie com origem no Brasil, ocorrendo nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Uvaia" e "ubaia" derivam do tupi iwa'ya, que significa "fruto ácido, azedo".[3]

Descrição[editar | editar código-fonte]

A floração ocorre entre os meses de agosto e dezembro, frutificando entre setembro e janeiro. A flor é branca e solitária. É típica de florestas ombrófilas densas, florestas estacionais semideciduais, mata ciliar e cerrado. A árvore tem de seis a 13 metros de altura e, geralmente, tem um tronco único ou bifurcado, com no máximo 50 centímetros de diâmetro. O fruto é amarelo, arredondado, contendo duas sementes em seu interior e possuindo aproximadamente quatro centímetros de diâmetro.

Utilização[editar | editar código-fonte]

A uvaia tem alto teor de vitamina C (cerca de quatro vezes mais do que a laranja). Tem a polpa muito delicada, com a casca bem fina, de um amarelo-ouro ligeiramente aveludado. O aroma é suave e muito agradável. Um dos grandes problemas desse fruto é que amassa, oxida e resseca com facilidade, por isso não é muito encontrada em supermercados. Seus frutos são comestíveis, embora muito ácidos, e muito apreciados para o consumo na forma de sucos, razão pela qual é largamente cultivada em pomares domésticos.

São também avidamente consumidos por várias espécies de pássaros, o que a torna bastante recomendável para reflorestamentos heterogêneos destinados à recomposição de áreas degradadas de preservação permanente. A uvaia é utilizada em projetos de reflorestamento (áreas degradadas, preservação permanente e plantios mistos) e paisagismo (ornamental e pomar doméstico). Sua madeira é empregada apenas localmente para moirões, estacas, postes e lenha.

Plantio[editar | editar código-fonte]

A coleta de suas sementes é feita diretamente da árvore quando começa a queda espontânea dos frutos, ou então elas são recolhidas do chão. A época de coleta de sementes é de dezembro a janeiro. O crescimento da muda é médio. A germinação é normal. O plantio é em mata ciliar e área aberta.

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Uvaia
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Uvaia

Referências

  1. The plant list. Disponível em http://www.theplantlist.org/tpl1.1/record/kew-76552. Acesso em 3 de fevereiro de 2015.
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 745.
  3. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 745.