Vincent Candela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vincent Candela
Informações pessoais
Nome completo Vincent Candela
Data de nasc. 24 de Outubro de 1973 (40 anos)
Local de nasc. Bédarieux, França
Altura 1,80 m
Apelido Cyclops
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Defensor
Clubes de juventude
1990-1992 Toulouse
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1991-1995
1995-1997
1997-2005
2005
2005-2006
2006-2007
2007
França Toulouse
França Guingamp
Itália Roma
Inglaterra Bolton Wanderers
Itália Udinese
Itália Siena
Itália Messina
56 (3)
48 (2)
210 (14)
10 (0)
26 (1)
14 (0)
17 (0)
Seleção nacional
1996-2003 Bandeira da França França 40 (2)

Vincent Candela (Bédarieux, 24 de outubro de 1973) é um futebolista francês aposentado. Atuava como lateral direito e esquerdo. Tinha como pontos fortes o cruzamento e a marcação.

Carreira em clubes[editar | editar código-fonte]

Candela inicia sua carreira profissional em 1992 no Toulouse, onde permanece até 1995, quando é vendido ao Guingamp. Em janeiro de 1997, é negociado com a Roma. Na capital, o lateral francês é titular por sete temporadas, atuando como lateral esquerdo na época de Zeman e como meio-campista com Fabio Capello. Na Roma, Candela permanece por nove anos, vencendo um scudetto e um Supercopa Italiana, e vive o melhor período de sua carreira, graças a sua sintonia com a torcida.

Destaca-se por ser destro, mesmo jogando na zona esquerda do campo, e pela sua ótima técnica. A camisa com o número 32 que o francês usava era uma das mais vendidas aos torcedores. Mas em janeiro de 2005, Candela diz adeus à equipe da capital para jogar no Bolton Wanderers, da Inglaterra, onde permanece até junho, para sair por empréstimo à Udinese. No verão de 2006, é reemprestado ao Siena. Com a camisa da Udinese, Candela retornou pela primeira vez ao Olímpico após sua saída, e foi ovacionado pelo público com faixas e canções.

Em Janeiro de 2007 transferiu-se para o Messina por empréstimo. Fez sua primeira partida no dia 28 daquele mês contra o Ascoli. No fim da temporada, anunciou o fim de sua carreira, às vésperas de completar 34 anos.

Carreira na Seleção[editar | editar código-fonte]

Com a Seleção Francesa de Futebol, fez 40 partidas e 5 gols. O baixo número de partidas se deve ao fato de Candela sempre ter disputado posição com Bixente Lizarazu. Mesmo assim, Vincent esteve nas Olimpíadas de 1996 e na Copa do Mundo de 2002. E conseguiu os títulos da Copa do Mundo de 1998, jogando em casa, e da Euro 2000.

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Roma
Bandeira de FrançaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas franceses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.