Yann Cunha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde novembro de 2009) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Yann Cunha em 2013

Yann Cunha (Brasília) é um piloto brasileiro de World Series By Renault.[1] [2] [3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Iniciou a sua carreira no automobilismo depois de uma rápida, porém vitoriosa, passagem pelo kart.

Começou a competir na Fórmula 3 Sul-Americana em 2008. Na temporada de estréia, disputou apenas algumas corridas e iniciou a preparação para a temporada 2009 – que marcou a disputa de seu primeiro campeonato completo no automobilismo.

Aos 18 anos trabalhou junto à equipe Razia Sports no desenvolvimento do novo Dallara F309, que passou a equipar os carros da categoria, e, já na primeira etapa, mostrou que teria um campeonato brilhante pela frente.

Segundo colocado na rodada de abertura da competição, disputada em Brasília, foi presença constante no pódio da categoria e confirmou a posição de melhor estreante na Fórmula 3.

Em razão da variedade de circuitos prevista para a temporada 2009, o piloto teve a oportunidade de competir em sua cidade natal, e também nos circuitos de Curitiba, Rio de Janeiro, Santa Cruz do Sul, Buenos Aires (Argentina), Piriápolis (Uruguai), São Paulo e Campo Grande.

Na Temporada de Fórmula 3 Sul-americana de 2010, foi declarado campeão, mas após uma longa disputa no STJD, acabou perdendo os pontos ganhos na última corrida, e assim ficando com o vice-campeonato.[4] Ganhou as 500 Milhas de Kart, em cima de nomes como Felipe Massa e Rubens Barrichello.[5] No ano seguinte Yann foi para a Europa, onde disputou em 2011 os campeonatos da F-3 Inglesa e o European F-3 Open, onde venceu uma prova.

Em 2012, Yann disputou provas da AutoGP e competirá regularmente na World Series by Renault, pela equipe Pons. Neste ano, Yann faz sua segunda temporada na World Series by Renault, uma das portas de acesso para a F1, pela equipe AV Formula. [6] [7]

Referências

  1. [1]
  2. [2]
  3. [3]
  4. Ricardo Fávaro (15/10/2012). Bruno Andrade receberá troféu de Campeão da F-3 Sul-Americana em Curitiba (em português). Visitado em 18/12/2013.
  5. Agência Estado (28/12/2010). Trio de Brasília vence as 500 Milhas da Granja Viana (em português). Visitado em 18/12/2013.
  6. [4]
  7. [5]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.