Temporada de Fórmula 3 Sul-americana de 2010

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Temporada de Fórmula 3 Sul-americana de 2010 foi a 24ª edição do campeonato e foi organizada pela 63MKT com supervisão da Confederação Sul-Americana de Automobilismo (Codasur) e da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

A etapa de abertura estava marcada para acontecer na cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul no dia 24 de Abril,[1] entretanto o evento foi transferido para a capital do país, Brasília, em virtude do aniversário de 50 anos da cidade. A categoria preparou uma série de ações promocionais para a rodada tripla que foi realizada na capital no mês de maio. A principal atração fora das pistas foi o show da banda norte-americana Living Colour.[2] A etapa de Campo Grande foi disputada no mês de julho. O encerramento da temporada ocorreu em Interlagos, durante o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1. Inicialmente o brasiliense Yann Cunha foi declarado campeão, mas após uma longa disputa no STJD, acabou perdendo os pontos ganhos na última corrida, e assim ficando com o vice-campeonato. O paulista Bruno Andrade foi declarado o campeão da temporada 2010[3] . Já o terceiro colocado, Luiz Boesel, obteve 298 pontos.

Patrocínio[editar | editar código-fonte]

A Petrobras foi anunciada como a patrocinadora oficial da temporada 2010 da categoria. O contrato, viabilizado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte - Ministério do Esporte - tinha valor de R$ 3 milhões era válido pelo período de 12 meses.

O projeto contava também com a aquisição de naming rights da categoria, que a partir deste ano passa a se chamar Fórmula 3 Sul-americana Petrobras. A petrolífera brasileira também foi a fornecedora oficial de combustível e lubrificante para todos os carros da Fórmula 3. Ainda estavam previstos no contrato o desenvolvimento e a execução de eventos, ações promocionais e de marketing.[4]

Direito de transmissão[editar | editar código-fonte]

No dia 6 de Maio a Rede TV! anunciou que faria a transmissão das etapas da F3 Sul-americana em 2010, já a partir da primeira etapa do campeonato que acontece em Brasília dias 15 e 16 de maio.

O acordo era válido por um ano e contemplava a exibição ao vivo e em HD da segunda prova de domingo, no início da tarde. As outras duas corridas que integram a rodada tripla de abertura do campeonato eram veiculadas em compacto durante a programação esportiva da emissora.[5]

Sistema de pontuação[editar | editar código-fonte]

O sistema de pontuação seguirá os mesmos critérios da Fórmula 1, com os 10 primeiros pilotos marcando pontos, 25-18-15-12-10-8-6-4-2-1, respectivamente.[4]

Sistema de pontuação
Posição 10º
Pontos 25 18 15 12 10 8 6 4 2 1

Equipes e pilotos[editar | editar código-fonte]

  • Todos os pilotos competem com chassis Dallara F309s, motores Berta e pneus Pirelli.
Lista completa
Equipe Piloto Classe Etapas
Brasil Cesario Fórmula 1 Brasil Bruno Andrade A Todas
2 Brasil Lucas Foresti A 1, 7, 9
Brasil Fabiano Machado A 5–9
31 Brasil Fernando Resende B Todas
32 Brasil Ronaldo Freitas B Todas
33 Angola Duarte Ferreira B 3–8
Brasil PropCar Racing 8 Brasil Nilton Molina A 1–4
81 Brasil Daniel Politzer B 1–2, 7
Brasil Guilherme Lago B 8–9
Brasil Kemba Racing/G-Force 9 Brasil Leonardo de Souza A 1–5, 8–9
41 Brasil Daniel Politzer B 8–9
Brasil Dragão Motorsport 11 Brasil Luiz Boesel A Todas
29 Brasil Mateus Laba A 1–5, 8–9
41 Angola Duarte Ferreira B 1–2
47 Colômbia Francisco Díaz B Todas
Brasil Bassan Motorsport 14 Brasil Aldo Piedade, Jr. A 1
Brasil Nilton Molina A 5
Brasil Victor Guerin A 9
15 Brasil Yann Cunha A Todas
Brasil Razia Sports 17 Brasil Rodolpho Santos A 1
Brasil Hitech Racing Brazil 27 Brasil Pietro Fantin A 4–5, 8
28 Brasil Guilherme Silva A 9
Brasil Capital Motorsport 56 Brasil Alberto Cattucci B 1
Brasil Jean Spolaor B 2–4
Ícone Classe
A Class A
B Class B

Calendário[editar | editar código-fonte]

Prova Local Circuito Data Vencedor Equipe vencedora
1 Brasília,  Distrito Federal[6] Autódromo Internacional Nelson Piquet 15 de Maio Brasil Bruno Andrade Brasil Cesário Fórmula
2 16 de Maio Brasil Lucas Foresti Brasil Cesário Fórmula
3 Brasil Lucas Foresti Brasil Cesário Fórmula
4 Caruaru,  Pernambuco[6] Autódromo Internacional Ayrton Senna 29 de Maio Brasil Bruno Andrade[7] Brasil Cesário Fórmula[7]
5 Brasil Bruno Andrade[7] Brasil Cesário Fórmula
6 30 de Maio Brasil Bruno Andrade[7] Brasil Cesário Fórmula
7 Campo Grande,  Mato Grosso do Sul[6] Autódromo Internacional Orlando Moura 17 de Julho Brasil Yann Cunha[8] Brasil Bassam Motorsport[8]
8 Brasil Luiz Boesel[9] Brasil Dragão Motorsport[9]
9 18 de Julho Brasil Yann Cunha[8] Brasil Bassam Motorsport
10 Nova Santa Rita,  Rio Grande do Sul[6] Velopark 31 de Julho Brasil Luiz Boesel Brasil Dragão Motorsport
11 1 de Agosto Brasil Pietro Fantin Reino Unido Hitech Racing
12 Brasil Pietro Fantin Reino Unido Hitech Racing
13 Curitiba,  Paraná[6] Autódromo Internacional de Curitiba 28 de Agosto Brasil Nilton Molina Brasil PropCar Racing
14 29 de Agosto Brasil Pietro Fantin Reino Unido Hitech Racing
15 Brasil Bruno Andrade Brasil Cesário Fórmula
16 Santa Fé,  Argentina[6] Autódromo Ciudad de Rafaela 11 de Setembro Brasil Yann Cunha Brasil Bassam Motorsport
17 12 de Setembro Brasil Fabiano Machado Brasil Cesario Fórmula
18 Piriápolis, Uruguai[6] Circuito de rua 2 de Outubro Brasil Yann Cunha Brasil Bassam Motorsport
19 3 de Outubro Brasil Fabiano Machado Brasil Cesario Fórmula
20 Londrina,  Paraná[6] Autódromo Internacional Ayrton Senna 16 de Outubro Brasil Yann Cunha Brasil Bassam Motorsport
21 17 de Outubro Brasil Leonardo de Souza Brasil Kemba Racing
22 Brasil Fabiano Machado Brasil Cesario Fórmula
23 São Paulo,  São Paulo[6] Autódromo José Carlos Pace 6 de Novembro Brasil Lucas Foresti Brasil Cesario Fórmula
24 7 de Novembro Brasil Fabiano Machado Brasil Cesario Fórmula

Inclusão de etapas[editar | editar código-fonte]

A temporada teve 24 etapas, seis a mais que no ano anterior. Houve a inclusão do circuito de Caruaru, pela primeira vez no calendário da categoria, e o retorno a autódromos tradicionais como o de Londrina, no Paraná. Ao todo foram seis rodadas triplas e três duplas, entre as quais estão a etapa de São Paulo e as provas internacionais confirmadas para Santa Fé (Argentina) e Piriápolis (Uruguai).[4]

Resultados[editar | editar código-fonte]

 1º   2º   3º   4º   5º   6º   7º   8º   9º   10º 
25 18 15 12 10 8 6 4 2 1
Pos Piloto BRA
Brasil
CAR
Brasil
CAM
Brasil
VEL
Brasil
CUR
Brasil
SAN
Argentina
PIR
Uruguai
LON
Brasil
INT
Brasil
Pts
Fórmula 3 Sul-americana
2 Brasil Bruno Andrade 1 Ret 6 1 1 1 3 2 2 7 Ret 2 8 2 1 Ret 3 2 3 2 9 5 2 4 361
2 Brasil Yann Cunha 3 DSQ 3 2 5 9 1 3 1 2 2 7 Ret 4 3 1 Ret 1 2 1 6 4 3 DSQ 351
3 Brasil Luiz Boesel 11 3 4 5 Ret 2 4 1 3 1 6 Ret 9 3 4 2 2 4 4 3 2 2 7 Ret 298
4 Brasil Fabiano Machado 2 6 6 3 1 3 1 Ret Ret 1 5 1 174
5 Brasil Leonardo de Souza 6 2 8 3 Ret 4 5 9 5 Ret Ret 8 6 Ret 5 4 1 3 8 7 173
6 Brasil Nilton Molina 5 4 2 4 Ret 3 2 4 4 Ret Ret Ret 1 5 7 150
7 Brasil Mateus Laba 7 10 7 6 Ret Ret 10 8 10 Ret 4 4 Ret 8 12 7 7 7 11 6 130
8 Brasil Lucas Foresti 2 1 1 9 8 1 3 128
9 Brasil Pietro Fantin Ret 1 1 3 1 2 Ret Ret Ret 108
10 Brasil Victor Guerin 4 2 30
11 Brasil Aldo Piedade, Jr. 9 5 5 24
12 Brasil Rodolpho Santos 4 6 Ret 22
13 Brasil Guilherme Silva 5 12 14
Fórmula 3 Sul-americana Light
1 Brasil Fernando Resende 8 7 9 7 2 5 8 5 6 4 5 6 4 7 11 Ret 5 6 9 5 Ret 6 9 5 476
2 Brasil Ronaldo Freitas Ret Ret 12 8 3 6 7 6 8 6 Ret 9 5 10 8 Ret 4 5 5 8 3 8 10 9 362
3 Angola Duarte Ferreira 12 9 14 10 Ret 10 6 7 7 3 3 3 7 11 9 4 Ret Ret DNS 6 5 12 306
4 Colômbia Francisco Díaz 10 12 11 9 4 Ret 9 DNS 9 5 Ret 5 10 9 10 Ret 6 8 6 Ret 4 8 12 8 289
5 Brasil Daniel Politzer Ret 11 Ret 11 DNS 7 7 7 Ret 8 11 13 11 111
6 Brasil Jean Spolaor Ret 6 8 11 10 11 DNS DNS DNS 56
7 Brasil Alberto Cattucci Ret 8 8 36
8 Brasil Guilherme Lago Ret Ret 10 Ret 10 24
Pos Piloto BRA
Brasil
CAR
Brasil
CAM
Brasil
VEL
Brasil
CUR
Brasil
SAN
Argentina
PIR
Uruguai
LON
Brasil
INT
Brasil
Pts
Cor Resultado
Ouro Vencedor
Prata 2º lugar
Bronze 3º lugar
Verde Terminou, nos pontos
Azul Terminou, sem pontos
Púrpura Retirou-se
(Ret)
Vermelho Não qualificado
(NQ)
Preto Desqualificado
(DSQ)
Branco Não largou
(NL)
Azul claro Apenas Treino (AT)
Sem cor Não participou
(NP)
Lesionado
(Les)
Excluído
(EX)

Negrito – Pole position
Itálico – Volta mais rápida
Negrito – Pole
Itálico – Volta mais rápida

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Correio do Estado (12/04/2010). Capital sedia abertura da Fórmula 3 Sul-Americana (em português). Página visitada em 07/05/2010.
  2. F1 Mania (16/04/2010). Etapa de Brasília terá show da banda Living Colour (em português). Página visitada em 07/05/2010.
  3. Ricardo Fávaro (15/10/2012). Bruno Andrade receberá troféu de Campeão da F-3 Sul-Americana em Curitiba (em português). Página visitada em 18/12/2013.
  4. a b c Petrobras fecha patrocínio para a F3 Sul-Americana (em português) (19/04/2010). Página visitada em 07/05/2010.
  5. Grande Prêmio (06/05/2010). Rede TV! vai transmitir temporada da F3 Sul-americana em 2010 (em português). Página visitada em 07/05/2010.
  6. a b c d e f g h i F3 Sul-americana - Site Ofifical (30/04/2010). F3 Sul-americana Petrobras anuncia calendário para a temporada 2010. Página visitada em 07/05/2010.
  7. a b c d Grande Prêmio - iG (30/05/2010). Sul-americana: Andrade mostra força e vence novamente em Caruaru (em português). Página visitada em 31/05/2010.
  8. a b c FinalSports - F-3 Sul-Americana: Yann Cunha vence novamente e entra na briga pelo título
  9. a b Lu Boesel vence oitava prova da temporada - F-3 Sudam - F1Mania

Ligações externas[editar | editar código-fonte]