Amaraji

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Amaraji
"Cidade das cachoeiras"
Bandeira de Amaraji
Brasão de Amaraji
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 23 de julho
Fundação 1868 (149 anos)
Gentílico amarajiense
Prefeito(a) Rildo Reis (PR)
(2017–2020)
Localização
Localização de Amaraji
Localização de Amaraji em Pernambuco
Amaraji está localizado em: Brasil
Amaraji
Localização de Amaraji no Brasil
08° 22' 58" S 35° 27' 10" O08° 22' 58" S 35° 27' 10" O
Unidade federativa  Pernambuco
Mesorregião Mata Pernambucana IBGE/2008[1]
Microrregião Mata Meridional Pernambucana IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes norte: Chã Grande, sul: Ribeirão, leste: Primavera, oeste: Cortês e Gravatá.
Distância até a capital 96 km
Características geográficas
Área 234,780 km² [2]
População 22 600 hab. estatísticas IBGE/2014[3]
Densidade 96,26 hab./km²
Altitude 289 m
Clima Tropical As'
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,580 baixo PNUD/2010[4]
PIB R$ 127 522 mil IBGE/2012[5]
PIB per capita R$ 5 787 24 IBGE/2012[5]
Página oficial

Amaraji é um município brasileiro do estado de Pernambuco. Distante a 96 km da capital pernambucana, Recife.

História[editar | editar código-fonte]

O município de Amaraji surgiu em torno de uma feira, realizada aos domingos, no Engenho Garra, a partir de 23 de julho de 1868. A feira atraiu o comércio e novas habitações. Foi crescendo um povoado denominado São José da Boa Esperança. Foi construída uma capela, tendo este santo como padroeiro. Em 1889, a Lei Provincial nº 2137 de 9 de novembro, elevou o povoado à categoria de Vila, a Vila de São José da Boa Esperança, pertencente ao município de Escada. No ano seguinte, foi criado o município com a denominação de Amaracy, depois Amaragi e atualmente denominado Amaraji. Foi elevada à categoria de cidade pela Lei Estadual nº 991, de 1 de julho de 1909. O município é formado pelo distrito Sede e pelo povoado de Demarcação.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Amaraji tem uma distância de 96 km de Recife pela BR 101, e 110 km pela BR 232. Situada na Zona da Mata Sul, rodeada de águas por todos os lados. Sua maior fonte de renda ainda é a Cana-de-açucar, porém já desenvolve várias outras culturas. Uma outra cultura forte na região é o Chuchu, sendo considerada a maior produtora. Para se chegar aqui existem dois caminhos: pela PE 63 são 25 km passando pela Usina União e Indústria até a BR 101; e pela PE 71 com uma distância de 27 km até a BR 232, passando pela cidade de Chã Grande que divide com a cidade de Gravatá. A BR 232 liga Recife ao sertão.

Localiza-se a uma latitude 08º22'59" sul e a uma longitude 35º27'09" oeste, estando a uma altitude de 289 metros. Sua população estimada em 2010 era de 21.925 habitantes.

Possui uma área de 235 km².

O acesso é feito através das rodovias BR-101 e PE-063; BR 232 e PE-71.

O relevo de Amaraji está inserido na unidade dos Tabuleiros Costeiros, que acompanha o litoral de todo o nordeste, apresenta altitude média de 50 a 100 metros. Compreende platôs de origem sedimentar, com entalhamento variável: possui alguns vales estreitos e encostas abruptas e também vales abertos com encostas suaves e fundos com amplas várzeas. Os solos são do tipo Latossolos e Podzólicos nos topos; Podzólicos com Fregipan, Podzólicos Plínticos e Podzóis nas pequenas depressões nos tabuleiros; Podzólicos Concrecionários em áreas dissecadas e encostas e Gleissolos e Solos Aluviais nos vales.

A vegetação nativa consiste em Floresta subperenifólia, com partes de Floresta subcaducifólia e transição cerrado/ floresta.

A atividade econômica predominante é a agroindústria açucareira. Além da cana-de-açúcar, destacam-se outros produtos como abacaxi, mandioca, borracha, banana, batata-doce e laranja.

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal-IDH-M é de 0,617, o que situa o município em 95° no ranking estadual e em 4353° no nacional.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativa Populacional 2014». Estimativa Populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Agosto de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 1 de outubro de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2012». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Pernambuco é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.