Anisophylleaceae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaAnisophylleaceae
Anisophyllea cinnamomoides

Anisophyllea cinnamomoides
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Cucurbitales
Família: Anisophylleaceae
Sub-classe
Magnoliidae
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies

Anisophylleaceae é o nome botânico de uma família de Angiospermas da sub-classe Magnoliidae e pertencentes à ordem Cucurbitales. São árvores perenes ou arbustos encontrados principalmente nos trópicos, e desenvolvem-se a partir de dois cotilédones, portando são dicotiledôneas.

Morfologia[editar | editar código-fonte]

Anisophylleaceae são árvores ou arbustos, com folhas coreáceas, de coloração verde-amarelada e assimétricas na base. Suas flores pequenas, geralmente unissexuais, trímeras ou pentâmeras, com grossas pontas pontiagudas e dispostas em inflorescências ramificadas.  O ovário é ínfero, tri ou quadrilocular, e seu fruto é carnoso. São acumuladoras de Al, os brotos axilares são sobrepostos e seriados e as cutículas possuem cera em forma de placas. A polinização das flores geralmente é pelo vento e quando produzem frutas, estas contêm apenas 1 semente.

Suas folhas são dispostas em duas fileiras principais na haste e geralmente desiguais quanto a seu tamanho.

Diversidade Taxonomica[editar | editar código-fonte]

Anisophylleaceae é uma família de Angiospermas, pertencentes à ordem Cucurbitales. Atualmente possui 4 gêneros, Anisophyllea, Combretocarpus, Poga, e Polygonanthus, com 71 espécies, todas encontradas em regiões tropicais úmidas.

Relações filogenéticas[editar | editar código-fonte]

Os relacionamentos de Anisophylleaceae dentro de Cucurbitalles são um assunto controverso. Diversos autores consideram a família como uma tribo ou subfamília de Rhizophoraceae, enquanto outros classificam que ambas possuem um relacionamento próximo. Assim propôs-se, recentemente, a superordem Rhizophoranae, que inclui Anisophylleales e Rhizophorales.

Estudos baseados em características embriológicas e na anatomia foliar suportam o parentesco de Anisophyleaceae e a ordem Rosales, contudo, características morfológicas do caule e folhas apontam que há um parentesco grande entre Anisophyleaceae e Rhizosphoraceae. Evidências moleculares indicam que Anisophyleaceae ocupa uma posição intermediária entre Rhizosphoraceae e Myrtales. Contudo, semelhanças entre as três não são sinapomorfias, e sim plesiomorfias ou paralelismos.

Relaçoes filogenéticas internas[editar | editar código-fonte]

Os relacionamentos internos da família também são controversos, porém uma das hipóteses aceitas é que o gênero Combretocarpus seja um grupo irmão do clado Polygonanthus + os grupos irmãos Poga e Anisophyllea.       

Gêneros e ocorrência[editar | editar código-fonte]

A família Anisophylleaceae possui 4 gêneros reconhecidos atualmente.[1]

Lista de espécies brasileiras[editar | editar código-fonte]

Anisophyllea manausensis Pires & W.A. Rodrigues

Polygonanthus amazonicus Ducke

Domínios e estados de ocorrência no Brasil[editar | editar código-fonte]

As Anisophylleaceae são encontradas no norte do Brasil:

Anisophyllea manausensis Pires & W.A. Rodrigues – Tipo de vegetação: floresta de Igapó, floresta de várzea e floresta de terra firme (Amazonas).

Polygonanthus amazonicus Ducke – Tipo de vegetação: Floresta de Igapó, Floresta de Várzea (Acre, Amazonas e Pará).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Andrea E. Schwarzbach & Robert E. Ricklefs: Systematic affinities of Rhizophoraceae and Anisophylleaceae, and intergeneric relationships within Rhizophoraceae, based on chloroplast DNA, nuclear ribosomal DNA, and morphology. American Journal of Botany, 87:547-564, 2000.

Merran L. Matthews, Peter K. Endress Jörg Schönenberger & Else Marie Friis: A Comparison of Floral Structures of Anisophylleaceae and Cunoniaceae and the Problem of their Systematic Position., Annals of Botany 88: 439±455, 2001.

ANGIOSPERM PHYLOGENY WEBSITE, version 13. Disponivel em: http://www.mobot.org/MOBOT/Research/APweb/

Systematic affinities of Rhizophoraceae and Anisophylleaceae, and intergeneric relationships within Rhizophoraceae, based on chloroplast DNA, nuclear ribosomal DNA, and morphology. Disponivel em: http://www.amjbot.org/content/87/4/547.long#T4

Flora do Brasil 2020. http://floradobrasil.jbrj.gov.br

A monograph of the Anisophylleaceae (Cucurbitales) with description of 18 new species of Anisophyllea. Disponivel em: https://biotaxa.org/Phytotaxa/article/view/phytotaxa.229.1.1

Mansano, V.F.; Pinto, R.B.; Barros, L.A.V. de; Assunção, V.A. 2015 Anisophylleaceae in Lista

de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em:

http://floradobrasil.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB46 acesso 23-out-2017

Chase, M. W.; Reveal, J. L.. A phylogenetic classification of the land plants to

accompany APG IIIboj_1002 122.. Botanical Journal of the Linnean Society, 2009, 161, 122–127.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Anisophylleaceae
Ícone de esboço Este artigo sobre rosídeas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Anisophylleaceae» (em inglês). The Plant List. 2010. Consultado em 5 de maio de 2017