Antipapa Dióscoro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antipapa Dióscoro
Nascimento Século V
Egito
Morte 14 de outubro de 530
Roma
Ocupação padre católico
Religião cristianismo

Dióscoro (m. 530) antipapa durante alguns dias (22 de setembro a 14 de outubro) no ano de 530, no pontificado de Bonifácio II. Era de origem grega, tendo nascido em Constantinopla[1].

Com a morte do Papa Félix IV em 22 de setembro de 530, dois candidatos se apresentaram: um godo (o arquidiácono Bonifácio) e Dióscoro. Designado pelo seu antecessor, Bonifácio tinha o apoio da fação gótica de Teodorico, o Grande. Dióscoro, que fora conselheiro de vários papas nos trinta anos anteriores, era apoiado pelo Império Bizantino, tendo-se oposto a esta escolha e feito eleger-se pelo clero romano, que recusava a ingerência dos godos. Com a sua morte, os seus seguidores reconheceram Bonifácio II como papa, tendo-se assim evitado que o cisma continuasse.

Referências

  1. G. Castella (1965). Histoire des Papes Tome I : De Saint Pierre jusqu'à la Réforme Catholique. [S.l.]: Editions Stauffacher SA Zurich 
Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.