Apolônio Brasil, o Campeão da Alegria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Apolônio Brasil, o Campeão da Alegria
 Brasil
2003 •  cor •  117 min 
Direção Hugo Carvana
Roteiro Mauro Wilson
Hugo Carvana
Elenco Marco Nanini
Louise Cardoso
Antonio Pitanga
Marcos Paulo
Género Comédia
Drama
Musical
Lançamento 14 de novembro de 2003
Idioma Português
Página no IMDb (em inglês)

Apolônio Brasil, o Campeão da Alegria é um filme brasileiro de 2003, do gênero comédia, dirigido e roteirizado por Hugo Carvana e com música de David Tygel.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Apolônio Brasil foi um famoso músico nas noites boêmias do Rio de Janeiro e seu único legado ao filho foi seu próprio cérebro, retirado após sua morte. O filho, um jovem escritor, tenta resgatar o cérebro do pai das mãos de um cientista louco, que pretende transformá-lo em lucrativo negócio internacional.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

31º Festival de Gramado 2003 (Brasil)

  • Recebeu o Prêmio Especial do Júri.
  • Foi indicado na categoria de Melhor Filme.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • O título inicial de do filme era "Tempestade Cerebral".
  • Foi o último filme de José Lewgoy, dirigido pela primeira vez por seu velho amigo Hugo Carvana.
  • Foi o o maior trabalho de computação gráfica para cinema já feito, até então, pela Twisterstudio.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]