Saltar para o conteúdo

Aratiba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Aratiba
  Município do Brasil  
Pórtico de entrada de Aratiba.
Pórtico de entrada de Aratiba.
Pórtico de entrada de Aratiba.
Símbolos
Bandeira de Aratiba
Bandeira
Brasão de armas de Aratiba
Brasão de armas
Hino
Gentílico aratibense
Localização
Localização de Aratiba no Rio Grande do Sul
Localização de Aratiba no Rio Grande do Sul
Localização de Aratiba no Rio Grande do Sul
Aratiba está localizado em: Brasil
Aratiba
Localização de Aratiba no Brasil
Mapa
Mapa de Aratiba
Coordenadas 27° 23' 38" S 52° 18' O
País Brasil
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Municípios limítrofes Barão de Cotegipe, Barra do Rio Azul, Erechim, Mariano Moro, Três Arroios, Concórdia (SC), Itá (SC)
Distância até a capital 420 km
História
Fundação 4 de outubro de 1955 (68 anos)
Administração
Prefeito(a) Gilberto Luiz Hendges[1] (PSD, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 342,279 km²
População total (2021) [3] 6 145 hab.
 • Posição RS: 231º BR: 3957º
Densidade 18 hab./km²
Clima subtropical úmido
Altitude 420 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (2010) [4] 0,772 alto
 • Posição RS: 29º BR: 210º
PIB (2020) [5] R$ 985 038,11 mil
 • Posição RS: 87º BR: 918º
PIB per capita (2020) R$ 159 159,49
Sítio http://www.pmaratiba.com.br (Prefeitura)
https://www.camaraaratiba.com.br (Câmara)

Aratiba é um município brasileiro do extremo norte do estado do Rio Grande do Sul. A cidade gaúcha é banhada pelo rio Uruguai, na divisa do Rio Grande do Sul com Santa Catarina. Sua população estimada é de 6.045 pessoas (IBGE/2021).

História[editar | editar código-fonte]

A colonização de Aratiba se iniciou em 1917, quando se instalaram os povoadores que adquiriram seus lotes da Companhia Colonizadora Luce, Rosa & Cia Ltda, empresa responsável pela exploração das terras na região, tendo como pioneiros as famílias de Pedro Dalla Vechia, Jacob Klein, Ricardo Boff, Jacob e Eugênio Granzotto, Santo Granzotto, Felix Dal Lago, Afonso Magnabosco, Luiz Poletto, João Lira, João Smaniotto, Francisco Morgan, Fidelis Faggion, entre tantas, gravaram seus nomes, deixando-os definitivamente unidos ao marco inicial da história de Aratiba.

Em 1919, iniciou-se o povoamento que teve como primeira denominação Rio Novo. Dado ao crescimento e desenvolvimento, pelo Ato Municipal nº 94, de 26 de dezembro de 1924, foi elevado a condição de 7º Distrito, subordinado ao município de Erechim. Pelo Decreto-Lei Estadual nº 720, de 29 de dezembro de 1944, o distrito de Rio Novo passa a denominar-se Aratiba.

Em 1951 foi criada a Paróquia São Tiago, subordinada à Diocese de Passo Fundo até 1971, quando passou a constituir a Diocese de Erexim.

Elevado à categoria de município pela Lei Estadual nº 2.710, de 4 de outubro de 1955, desmembrado de Erechim. O município é constituído de seis distritos: Aratiba, Dourado, Pio X, Rio Azul, Três Barras e Volta Fechada.

Toponímica[editar | editar código-fonte]

Aratiba em língua tupi significa pequenas araras.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 27º23'39" sul e a uma longitude 52º18'01" oeste, estando a uma altitude de 420 metros.

Possui uma área de 341,98 km² e sua população estimada em 2004 era de 6 692 habitantes.

Pertence à Mesorregião do Noroeste Rio-Grandense e à Microrregião de Erechim. É um município que conta com as águas do rio Uruguai e que faz divisa fluvial com o estado de Santa Catarina.

Entre 1996 e 2006 o município apresentou o maior crescimento do PIB entre os municípios gaúchos. O crescimento chegou a casa dos 2.150%.

Turismo[editar | editar código-fonte]

A rede de hotéis é simples mas é ótima, e as atrações turísticas da cidade são o Aratiba Piscina Clube, o Lago do Rio Uruguai, a Barragem de Itá, a praça central, entre outros pontos turísticos.

Agências bancárias[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

  • Escola Estadual de Educação Básica Aratiba
  • Escola de Ensino Fundamental Pingo de Gente
  • Escola Municipal de Aratiba
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental São Roque

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1]
  2. «Cidades e Estados». IBGE. 2021. Consultado em 12 de maio de 2023 
  3. «ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NO BRASIL E UNIDADES DA FEDERAÇÃO COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2021» (PDF). IBGE. 2021. Consultado em 12 de maio de 2023 
  4. «Ranking». IBGE. 2010. Consultado em 12 de maio de 2023 
  5. «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2010 a 2020». IBGE. 2020. Consultado em 12 de maio de 2023 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.