Microrregião de Erechim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Microrregião de Erechim
Divisão regional do Brasil
Localização da Microrregião de Erechim
Características geográficas
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-Grandense
Regiões limítrofes Frederico Westphalen; Passo Fundo; Sananduva; Chapecó (SC); Concórdia (SC)
Área 5 710,341 km²
População 217,894 hab. IBGE/2009[1]
Densidade 38,2 hab./km²
Indicadores
PIB R$ 2 704 281 942,00 IBGE/2003
PIB per capita R$ 12 514,84 IBGE/2003
IDH 0,778 PNUD/2000

A microrregião de Erechim é uma subdivisão da mesorregião do Noroeste Rio-grandense, sendo composta por 30 municípios. Ela corresponde a cerca de 2,03% da área do estado, com 5745 km².[2] Dentre os municípios, o mais importante é Erechim, o qual possui a maior área, a maior população, a maior densidade demográfica e o maior índice do Coeficiente de Gini. Há de se destacar o fato de que a cidade de Aratiba, com menos de 7 mil habitantes, foi a que mais prosperou em termos de PIB e PIB per capita na última década no estado do Rio Grande do Sul.[3] Outras cidades com importância considerável no cenário nacional são Getúlio Vargas, Marcelino Ramos e Entre Rios do Sul.

Em uma rápida análise, podemos concluir que a Microrregião de Erechim possui quase a mesma área do país Brunei, localizado na Ásia.[4] Todas as cidades, exceto Erechim, possuem uma população abaixo de 20 mil habitantes, e a densidade demográfica média é 28,35. Isso se deve principalmente ao fato da zona rural ser muito abundante na região, preferindo os habitantes de cidades pequenas morarem no campo e não na zona urbana. Benjamin Constant do Sul é a cidade com o IDH mais baixo de todo o Rio Grande do Sul, com 0,666. Em contraparte, Jacutinga, Estação, Severiano de Almeida, Gaurama, Erechim e Entre Rios do Sul possuem este índice elevado.

Erechim[editar | editar código-fonte]

Erechim, cidade mais populosa desta microrregião.

Erechim é considerada um centro sub-regional no país, é a cidade mais populosa desta microrregião e a segunda do norte do estado com 97.916 habitantes, superada apenas pelo município de Passo Fundo e a mais populosa da O município estava, em 2007, na 17ª posição do PIB no estado do Rio Grande do Sul[5].

Erechim foi uma das primeiras cidades brasileiras moderna planejada. O planejamento viário da cidade fora inspirado em conceitos urbanísticos usados nos traçados de Washington (1791) e Paris (1850)[6], caracterizava-se por ruas muito largas, forte hierarquização e criação, através de ruas diagonais ao xadrez básico, de pontos de convergência. Elementos chaves do seu traçado incluem uma malha perpendicular de ruas cortadas por avenidas em diagonal, quarteirões de dimensões regulares e uma avenida em torno de seu perímetro.

O município localiza-se ao Norte do Rio Grande do Sul, na região do Alto Uruguai, sobre a cordilheira da Serra Geral. O significado de Erechim, termo de origem caingangue, é "campo pequeno", nome esse dado provavelmente por a cidade ser rodeada de florestas na época.[7] Erechim foi planejada com base em Belo Horizonte, Washington e Paris. A cidade do norte gaúcho está entre as 20 cidades mais frias do sul do Brasil.[8]

Municípios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Estimativas IBGE 2009 IBGE. Página visitada em 22 de janeiro de 2009.
  2. «DADOS SOCIO.pdf (objeto application/pdf)» (PDF). www.agbpa.com.br. Consultado em 17 de maio de 2010. 
  3. «A vida onde o PIB surpreende». www.administradores.com.br. Consultado em 17 de maio de 2010. 
  4. «Brunei». www.portalbrasil.net. Consultado em 17 de maio de 2010. 
  5. «PIB Municipal RS - 2007». www.fee.tche.br. Consultado em 2007.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. Raízes do Sul
  7. «Prefeitura Municipal de Erechim». www.pmerechim.rs.gov.br. Consultado em 24 de dezembro de 2009. 
  8. Cidade de Erechim, Rio Grande do Sul - Brasil