São Nicolau (Rio Grande do Sul)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
São Nicolau
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de São Nicolau
Bandeira
Brasão de armas de São Nicolau
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Primeira querência do Rio Grande"
Gentílico são-nicolauense
Localização
Localização de São Nicolau no Rio Grande do Sul
Localização de São Nicolau no Rio Grande do Sul
São Nicolau está localizado em: Brasil
São Nicolau
Localização de São Nicolau no Brasil
Mapa de São Nicolau
Coordenadas 28° 10' 58" S 55° 16' 01" O
País Brasil
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Municípios limítrofes Pirapó, Dezesseis de Novembro, São Luiz Gonzaga, Santo Antônio das Missões, Garruchos e Concepción de la Sierra  Argentina
Distância até a capital 562 km
História
Fundação 3 de maio de 1626 (393 anos)
Aniversário 8 de maio de 1966
Administração
Prefeito(a) Ricardo Miguel Klein (PP, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 485,326 km²
População total (Censo IBGE/2010[2]) 5 727 hab.
Densidade 11,8 hab./km²
Clima subtropical úmido
Altitude 148 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [3]) 0,713 alto
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 56 542,199 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 9 414,29
www.saonicolau.rs.gov.br (Prefeitura)

São Nicolau é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

História[editar | editar código-fonte]

Em 3 de maio de 1626, ocorreu sua primeira fundação, liderada pelo jesuíta Roque Gonzales.

Em 1638, devido às ameaças dos bandeirantes, os nativos tiveram que abandonar a redução e atravessaram o Rio Uruguai para fixar-se em outra redução jesuítica.

Em 1687, a redução foi refundada.

Em 1691, a fabricação de telhas de barro no local utilizava as coxas dos nativos como molde para produzi-las.

Em 1687, sua população era de 3.000 habitantes, em 1732, essa população chegou à 7.512 habitantes.

Em 1753, foi um dos campos de batalha da Guerra Guaranítica.

Em 1757, sua população era de 2.542 habitantes.

Em 1768, após a expulsão dos jesuítas, sua população foi reduzida para 374 habitantes[5].

Geografia[editar | editar código-fonte]

Pertence à Mesorregião do Noroeste Rio-Grandense e à Microrregião de Santo Ângelo. É um município que conta com as águas do rio Uruguai e que tem fronteira fluvial com a Argentina. Seu primeiro distrito municipal é Santo Isidro.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Museu local

Possui acervo com painéis, vitrines com fragmentos da civilização missioneira, provenientes das escavações realizadas nas ruínas jesuíticas de São Nicolau.

Possui dentro do sítio arqueológico a adega jesuítica, construída em pedra de arenito, inclusive o teto. Devido a este fato, resistiu ao tempo e permanece intacta até os dias de hoje. A adega servia para armazenar vinhos que seriam consumidos pelos padres jesuítas.

Economia[editar | editar código-fonte]

A produção do município se baseia na agricultura familiar e de subsistência.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  5. Saiba mais sobre São Nicolau do Piratini a primeira redução, fundada em 03 de maio de 1626, acesso em 21 de outubro de 2017.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.