Sena Madureira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para o militar brasileiro do século XIX, veja Antônio de Sena Madureira.
Sena Madureira
  Município do Brasil  
Sena Madureira
Sena Madureira
Símbolos
Bandeira de Sena Madureira
Bandeira
Brasão de armas de Sena Madureira
Brasão de armas
Hino
Gentílico senamadureirensse
Localização
Localização de Sena Madureira no Acre
Localização de Sena Madureira no Acre
Sena Madureira está localizado em: Brasil
Sena Madureira
Localização de Sena Madureira no Brasil
Mapa de Sena Madureira
Coordenadas 9° 03' 57" S 68° 39' 25" O
País Brasil
Unidade federativa Acre
Municípios limítrofes Amazonas, Assis Brasil, Bujari, Rio Branco, Xapuri, Brasiléia, Manoel Urbano, Peru.
Distância até a capital 137 km
História
Fundação 25 de setembro de 1904 (117 anos)
Administração
Prefeito(a) Mazinho Serafim[1] (PMDB, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 25 278,095 km²
População total (estimativa IBGE/2018[3]) 45 177 hab.
 • Posição AC: 3º
Densidade 1,8 hab./km²
Clima Equatorial
Altitude 150 m
Fuso horário Hora do Acre (UTC-5)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,603 médio
PIB (IBGE/2010[5]) R$ 400 605,910 Mil
PIB per capita (IBGE/2010[5]) R$ 9 859,85

Sena Madureira é um município brasileiro do estado do Acre, sendo o terceiro município mais populoso do referido estado, ficando atrás apenas da capital Rio Branco e da cidade de Cruzeiro do Sul. Foi o primeiro município da Regional Purus, situa-se às margens do rio Iaco, tendo como principais afluentes os rios Macauã e Caeté. A igreja mais antiga do Acre localiza-se em Sena Madureira, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, de 1910.[6][7]

História[editar | editar código-fonte]

Edifício da Prefeitura - Departamento do Alto Purus, Sena Madureira no início do século XX
Sena Madureira, em 1911. Documento sob guarda do Arquivo Nacional.

Foi fundada em 25 de setembro de 1904. Recebeu muitos migrantes, principalmente migrantes dos estados nordestinos.

Durante o Ciclo da borracha, a cidade se fortaleceu, tornou-se capital do Departamento do Alto Purus, chegando a ser um importante centro político de todo o Acre, até então, um território do Brasil.

As expedições de destemidos nordestinos, para a exploração de seringais da região, deram-se por volta de 1861, chefiadas por Manoel Urbano da Encarnação e João Gabriel de Melo, próximo à foz do rio Chambuiaco, no alto Rio Purus, em território peruano. Enquanto Manoel Urbano da Encarnação explorou os seringais do Rio Purus, João Gabriel explorava os rios Acre e Iaco, além de seus afluentes. Da jornada tomaram parte, no Rio Iaco, os cearenses Francisco Barbosa, Augusto Escócio e Benjamin Duarte Ponte Franco; no rio Macauã, Custódio Miguel dos Anjos e José Procópio e, no rio Caeté, João da Costa Gadelha e Manoel Trindade Corrêa.

Através do Decreto Federal n.º 5.188, de 07 de abril de 1904, que organizou o território do Acre em 03 Departamentos autônomos, o Departamento do Alto Purus recebeu a nomeação do seu 1º Prefeito Departamental, General Siqueira de Menezes, que deveria estabelecer a sede administrativa.

Em 09 de julho do mesmo ano, o General parte de Manaus com destino ao Acre, e em 24 de setembro, após 74 dias de viagem, atravessou a linha Cunha Gomes, aportou à margem esquerda do Rio Iaco, em terras do Seringal Santa Fé, logo escolhidas para a localização da futura sede do Departamento.

No dia seguinte, 25 de setembro, às 08:00 horas da manhã, instalou o governo e o berço da cidade de Sena Madureira, dando-lhe este nome em homenagem ao afeto e admiração que consagrava ao Coronel Antônio Sena Madureira, militar que havia participado da Guerra do Paraguai. O município também é conhecido como "terra do mandim".

Geografia[editar | editar código-fonte]

Acesso[editar | editar código-fonte]

Fica a cerca de 145 km da capital do estado do Acre, pela Rodovia federal BR-364, sendo hoje o polo mais importante da Região do Alto Purus, e um dos principais municípios do Estado. Possui uma área de 25 296,70 km², equivalente a 16,62% da área total do Estado. Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2018, era de 45 177[3] habitantes, gerando uma densidade demográfica de 1,60 hab/km².

Limites[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

As atividades econômicas do município estão baseadas na agricultura e pecuária, esse dois tornaram-se, com o passar dos anos, os principais motores da economia. A extração de madeira, castanha e borracha também continuam a ser importantes na cidade, mas não mais como antes. O aquecimento econômico agora vem do funcionalismo público, do comércio e das pequenas indústrias, setores estes que vêm crescendo acentuadamente. O município já dispõe de vários supermercados de grande porte como o Supermercado Ponto da Economia, Mercearia Júnior, Mercearia Henrique, Mercearia Nascimento, São Felipe, Stock e Supermercado Central; e de hotéis como o Rio Sena, Avenida, Central e o Gregórios Plaza Hotel.

Composição econômica de Sena Madureira
Serviços

56,9 %

Agropecuária

33,9 %

Indústria

9,2 %

Em 2014, Sena Madureira possuía uma frota total de 5815 veículos.

Religião[editar | editar código-fonte]

Religião no Município de Sena Madureira segundo o censo de 2010.[8]

Religião %
Catolicismo 60,9
Protestantes 26,6
Outras 0,6
Sem religião 11,9

Educação[editar | editar código-fonte]

Na área educacional o município é assistido pelos sistemas Estadual e Municipal de Ensino, tanto na zona urbana quanto na rural.

Bibliotecas[editar | editar código-fonte]

  • Biblioteca Pública Estadual Luiza de Souza Ferreira de Paula, a municipalização da mesma foi autorizada pela Lei Estadual N. 2.990, de 8 de outubro de 2015[9].
Sena Madureira
Sena Madureira, Acre
Museu de Sena Madureira, Brasil
Rapel no Parque Estadual Chandless, Sena Madureira. A região tem potencial para o ecoturismo, Acre, Brasil.
Avenida Avelino Chaves, Sena Madureira, Brasil
Rio Purus, principal rio da região, Acre

Senamadureirensses ilustres[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Resultado para prefeito nas eleições 2016 em todo o Acre. Página visitada em 04/01/2017.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Estimativa populacional 2018 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de agosto de 2018. Consultado em 1 de janeiro de 2019 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 29 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2010». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 [ligação inativa]
  6. http://www.diocesederiobranco.org.br/paroquias/paroquia-nossa-senhora-da-conceicao--sena-madureira--1910
  7. https://www.tripadvisor.com.br/Attraction_Review-d10102068.html
  8. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ac/sena-madureira/pesquisa/23/22107?detalhes=true
  9. LEI N. 2.990, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015. al.ac.leg.b. Acesso em 28 de dezembro de 2016.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Acre é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.