Porto Esperidião

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Porto Esperidião
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 13 de maio de 1986
Fundação 1986
Gentílico porto-esperidiãoense
Prefeito(a) Martins Dias de Oliveira (PMDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Porto Esperidião
Localização de Porto Esperidião no Mato Grosso
Porto Esperidião está localizado em: Brasil
Porto Esperidião
Localização de Porto Esperidião no Brasil
15° 51' 10" S 58° 27' 36" O15° 51' 10" S 58° 27' 36" O
Unidade federativa  Mato Grosso
Mesorregião Sudoeste Mato-Grossense IBGE/2008 [1]
Microrregião Jauru IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Cáceres
Municípios limítrofes Cáceres, Glória d'Oeste, Jauru, Pontes e Lacerda, Vale de São Domingos, Vila Bela da Santíssima Trindade, Figueirópolis d'Oeste, Bolívia
Distância até a capital 325 km
Características geográficas
Área 5 815,306 km² [2]
População 11 603 hab. estimativa IBGE/2017Erro de citação: Elemento de fecho </ref> em falta para o elemento <ref>
Densidade 2 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−4
Indicadores
PIB R$ 103 214,006 mil IBGE/2008[3]
PIB per capita R$ 10 456,29 IBGE/2008[3]
Página oficial

Porto Esperidião é um município brasileiro do estado de Mato Grosso.

História[editar | editar código-fonte]

A História de Porto Esperidião volta-se diante de Marechal Rondon onde se instala uma unidade de posto telégrafo que localizará as proximidades do Rio Jauru, dando início ao lugar então chamado de Porto Salitre. Este nome fazia referências a as salinas que se encontravam próximos dali. Era um tipo de barro procurado por animais, onde o lambiam. Aproximadamente no dia 25 de agosto de 1898, o engenheiro então chamado de Manoel Esperidião da Costa Marques iniciou, em São Luíz de Cáceres hoje chamado de Cáceres, estudos de navegabilidade do Rio Jauru. Depois onde se propôs a construir estradas ferroviárias. O engenheiro Esperidião Marques foi de naturalidade de Poconé, tendo destaques políticos e participações na redação da chamada lei Áurea, onde aboliu os escravos no Brasil. Sua morte deu-se por malária doença comum na região, após uma expedição feita nas proximidades da Região do Rio Guaporé. Em simplória homenagem ao engenheiro, em 1920, deu-se a troca do nome de Porto Salitre para Porto Esperidião. Em meados do ano de 1950 foi desativada a rede telegráfica. E Porto Esperidião recebeu status de município pela lei estadual nº 5012 de 13 de maio de 1986, com território desmembrado do município de Cáceres.[4]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Altitude: 170 m.

Distância da Capital: 317 km.

Extensão Territorial: 5.815 km² (IBGE) 5.834,01 km² (Município)

Localização Geográfica: Mesorregião 129, Microrregião 531 - Jauru. Sudoeste mato-grossense.

Relevo:Depressão Rio Paraguai, calha do Rio Jauru. Planalto Residual Alto Guaporé. Serra de Santa Bárbara e das Salinas.

Formação Geológica:Coberturas não dobradas do Fanerozóico, Grupo Aguapeí. cobradas dobradas do Proterozóico com granitóides associados, Complexo Basal.

Bacia Hidrográfica:Grande Bacia do Prata. Para esta bacia contribui o Rio Jauru, que recebe, pela direita, os rios Branco, Corixa Grande e Aguapeí.

Clima:Tropical quente e sub-úmido, com 4 meses de seca, de junho a setembro. Precipitação anual de 1.500 mm,com intensidade máxima em dezembro, janeiro e fevereiro.Temperatura média anual de 24 °C, com maior máxima 42 °C, menor 0 °C.

Economia[editar | editar código-fonte]

A principal fonte de renda do município é a atividade agrícola e principalmente a pecuária, já que o município é um dos maiores produtores de gado do Brasil, também é produzido por pequenos produtores, leite de vaca que vão para laticínios da região.

O PIB per capita do município em 2014 era de R$ 13.820,58.

Religião[editar | editar código-fonte]

Segundo o censo realizado em 2010 pelo IBGE 7.937 pessoas no município são católicas e 2.413 evangélicas.

A Paróquia Nossa Senhora de Fátima é a paróquia que atende o município, a igreja matriz localiza-se na cidade, que pertence á Diocese de São Luiz de Cáceres.

Desenvolvimento da população[editar | editar código-fonte]

Ano População %
1991 8.586 N/A
1992 8.751 +1,92
1994 9.026 +3,14
1996 7.979 -11,69
1998 7.358 - 8,43
2000 9.996 +35,85
2002 10.293 +2,97
2004 10.719 +4,13
2006 11.038 +2,97
2008 9.871 -10,57
2010 11.031 +11,75
2012 11.188 +1,42
2014 11.392 +1,82
2016 11.535 +1,25

Distâncias[editar | editar código-fonte]

Cidades vizinhas[editar | editar código-fonte]

Cidades Linha Estradas Cidades Linha Estradas
Pontes e Lacerda 113 km 119 km Lambari d'Oeste 75 km 121 km
Glória d'Oeste 19 km 22 km Rio Branco 77 km 136 km
Vila Bela da Santíssima Trindade 183 km 198 km Indiavaí 40 km 54 km
São José dos Quatro Marcos 38 km 47 km Figueirópolis d'Oeste 52 km 69 km
Cáceres 86 km 101 km Jauru 70 km 82 km
Mirassol d'Oeste 43 km 61 km Vale de São Domingos 88 km 107 km
Araputanga 43 km 65 km Curvelândia 65 km 84 km

Grandes centros[editar | editar código-fonte]

Cidades Linha Estradas Cidades Linha Estradas
Brasília 1.131 km 1.412 km Belo Horizonte 1.593 km 1.926 km
São Paulo 1.505 km 1.864 km Rio de Janeiro 1.783 km 2.266 km
Salvador 2.181 km 2.849 km Fortaleza 2.554 km 3.537 km
Curitiba 1.450 km 2.042 km Porto Alegre 1.737 km 2.459 km

Comunidades[editar | editar código-fonte]

Comunidades Linha Estradas Comunidades Linha Estradas
Vila Bocaiuval 22 km 29 km Vila Cardoso 50 km 69 km
Vila Pedro Neca 34 km 35 km Papiro 20 km 21 km
Postinho 38 km 43 km Vila Picada 72 km 81 km
Alto Aguapeí 67 km 92 km Vila São Paulo 45 km 58 km

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Mato Grosso e seus Municípios. Cuiabá: Secretaria de Estado de Educação, 2001, 660 p.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Porto Esperidião Mato Grosso - MT Histórico» (PDF). IBGE. 11 de novembro de 2010. Consultado em 22 de abril de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Mato Grosso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.