Nova Ubiratã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Nova Ubiratã
Bandeira de Nova Ubiratã
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Aniversário 19 de dezembro de 1995
Fundação 19 de dezembro de 1995
Gentílico nova ubiratãense
Prefeito(a) Valdenir José dos Santos
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Nova Ubiratã
Localização de Nova Ubiratã em Mato Grosso
Nova Ubiratã está localizado em: Brasil
Nova Ubiratã
Localização de Nova Ubiratã no Brasil
12° 59' 27" S 55° 15' 18" O12° 59' 27" S 55° 15' 18" O
Unidade federativa Mato Grosso
Região
intermediária

Sinop IBGE/2017[1]

Região
imediata

Sorriso IBGE/2017[1]

Distância até a capital 490 km km
Características geográficas
Área 12 694,974 km² [2]
População 11 074 hab. Censo IBGE/2016[3]
Densidade 0,87 hab./km²
Altitude 400 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,779 elevado PNUD/2000 [4]
PIB R$ 700 286 mil IBGE/2015[5]
PIB per capita R$ 64 835,38 IBGE/2015[5]

Nova Ubiratã é um município do Mato Grosso. Localiza-se a uma latitude 12º59'26" sul e a uma longitude 55º15'17" oeste, estando a uma altitude de 400 metros. Sua população estimada em 2004 era de 7 108 habitantes, em 2010 de 9.218 habitantes e em 2016 de 11.074 habitantes.

Possui uma área de 12.770,65 km².

História[editar | editar código-fonte]

A localidade foi fundada pelo Sr. Manoel Pinheiro. Foi também Manoel Pinheiro quem denominou o núcleo de Ubiratã, formando o patrimônio de Ubiratã. Segundo os moradores mais antigos da localidade, a denominação é referência à Fazenda Ubiratã, em cujo território desenvolveu-se o núcleo que deu origem ao atual município. Outra corrente afirma que a origem do nome é homenagem à cidade de Ubiratã, localizada na região centro-oeste do Estado do Paraná. Vieram de lá, os primeiros colonos que habitaram esta região conforme afirmação de pioneiros. Dentre as famílias mais antigas nomeiam-se os Feijó, Setter e Ross, dentre outros. A empresa que colonizou parte da área da antiga Fazenda Ubiratã foi a COMIPIL - Comércio de Imóveis Pinheiro Ltda., cujo principal acionista era o Sr. Manoel Pinheiro.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município com a denominação de Nova Ubiratã, pela lei estadual nº 6691, de 19-12-1995, desmembrado dos municípios de Vera e Sorriso. Sede no atual distrito de Nova Ubiratã (ex-localidade). Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1997. Em divisão territorial datada de 1999, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2003. Em divisão territorial datada de 2007, o município é constituído de 7 distritos: Nova Ubiratã, Entre Rios, Novo Mato Grosso, Parque Água Limpa, Piratininga, Santa Terezinha do Rio Ferro e Santo Antônio do Rio Bonito. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Confederação Nacional de Municípios

Economia[editar | editar código-fonte]

Nova Ubiratã é o 3º maior município produtor de grãos do Estado de Mato Grosso possui uma área destinada a agricultura de aproximadamente de 400 mil hectares. É cortada pela BR242, o que facilita o escoamento da produção ligando o município a Sorriso, maior produtor de grãos do Brasil, e a BR163 que dá saída logística ao Norte para os portos de Miritituba e Santarem e aos portos de Santos e Paranaguá. Se localiza numa importante regiao produtora de graos do Brasil. Encontram-se instaladas grandes empresas do agronegócio como a Amaggi, Glencore, Cofco Agri, C-Vale e Nidera, e grandes armazéns como os Vedana e os Armazéns da Fazenda Aguá Limpa.

Referenciais Econômicos:

Renda per capita: 64.835,38[6]                                                     

Índice Tributário do ICMS (entradas e saídas): 9.099.109,17                

Valor da prestação de serviços tributados pelo ISS: 1.094.896,44      

Frota de Veículos: 2.199 emplacados REF: Março/2013

Agricultura Familiar: 1.250 assentados e pequenos agricultores

Agricultura

Soja - área plantada: 410.000 ha    REF: 2014/2015

Milho – área plantada: 161.829,35 ha  REF: 2011/2012

Algodão – área plantada: 20.204,57 ha      REF: 2011/2012

Outras culturas: Melancia - 10ha; Maracujá -  3ha; Abacaxi -100ha; Hortaliças-15ha;

Apicultura: mais de 14 mil kg/ano

Rebanhos

Bovino de Corte: 109.680 animais

Bovino de Leite: 320 animais

Suínos: 120.247 animais

Aves: 7.019,500 animais

Ovinos: 2.499 animais

Caprinos: 189 animais

Equídeos: 1.250 animais


Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 24 de abril de 2018. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2010-2015». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2017. 
  6. IBGE. «IBGE | Biblioteca | Detalhes | Produto interno bruto dos municípios : 2010-2015». biblioteca.ibge.gov.br. Consultado em 22 de julho de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Mato Grosso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.