Caiabis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela língua da família lingüística tupi-guarani, falada pelos Caiabis, veja Língua caiabi.
Caiabi
Kajabi in Pedro Dantas.jpeg
Índio Kaiabi (1927)
População total

1855

Regiões com população significativa
 Brasil (MT, PA) 1855 (Unifesp/FUNASA, 2010)[1]
Línguas
português
Língua caiabi
Religiões

Os Caiabis são um grupo indígena que habita no norte do estado brasileiro do Mato Grosso, mais precisamente no Parque Indígena do Xingu e Reserva Indígena Apiaká-Kayabi, bem como o sudoeste do Pará, nas Áreas Indígenas Cayabi e Cayabi (Gleba Sul).

História[editar | editar código-fonte]

A origem do nome Kayabi é desconhecida pelos próprios nativos. É provável que seja a forma pela qual os Apiaká ou os Bakairi se referiam a eles, pois esses povos representam as primeiras fontes de informação sobre os Kayabi. Certamente, não se trata de autodenominação do grupo. Georg Grünberg, um etnógrafo que pesquisou os Kaiabi nos anos 60, sugere que a autodenominação seja o termo iputunuun, que significa algo como "o nosso pessoal".

Os Kayabi, em sua maioria, habitam atualmente a área do Parque Indígena do Xingu, no Mato Grosso. Falam uma língua da família do tupi-guarani. A quase totalidade dos Kayabi que habitam o Parque do Xingu são bilíngues e dominam, bem o português. Alguns indivíduos residentes em aldeias de outros grupos, ou casados com pessoas de outra etnia, falam também uma terceira língua. Segundo informações dos próprios índios, muitos Kayabi, que moram em áreas fora do Parque do Xingu, não falam mais a língua nativa. São denominados também como Cajahis, Cajabis, Kajabi, Caiabis, Cayabi, Kayabi.

Referências

  1. Instituto Socioambiental. «Quadro Geral dos Povos». Enciclopédia dos Povos Indígenas no Brasil. Consultado em 16 de setembro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons