Jogos dos Povos Indígenas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Jogos Mundiais dos Povos Indígenas.
Jogos dos Povos Indígenas

Os Jogos dos Povos Indígenas é um evento multiesportivo, criado em 1996 através de uma iniciativa indígena brasileira, do Comitê Intertribal - Memória e Ciência Indígena (ITC), com o apoio do Ministério do Esporte do Brasil. Sendo um dos maiores encontros esportivos culturais de indígenas da América.[1] O primeiro foi realizado em Goiânia, capital do estado de Goiás.

O líder indígena Marcos Terena, fundador do ITC, foi o responsável pela organização desportiva, cultural, espiritual e a articulação com os povos indígenas. Junto com Carlos Terena, organizador executivo e um dos idealizadores dos Jogos.[2] No total já reuniram mais de 150 povos indígenas brasileiros, tais como Xavante, Bororo, Pareci, Guarani. Inclusive houve delegações estrangeiras indígenas vindas do Canadá e da Guiana Francesa.

Edições[editar | editar código-fonte]

Edição Ano Período Localidade Etnias Modalidades
I Jogos dos Povos Indígenas 1996 de 16 a 20 de outubro Goiânia, Goiás Bakairi - MT; Bororo- MT; Fulni-ô - PE; Gavião - RO; Guarani - SP e MS; Guató - MS; Kadiwéu - MS; Kaingang - SP, SC e RS; Kamayurá - Xingu - MT; Karajá - TO e GO; Kaiowá - MS; Krahô - TO; Krikati - MA; Sateré-Mawé - AM; Ofaié - MS; Paresi - MT; Terena - MS; Tukano - AM; Xucuru - Kariri - AL; Yawalapiti, Xingu - MT; Kuikuro, Xingu - MT ; Wuará, Xingu - MT; Xavante - MT, Kalapalo, Xingu - MT; Trumai, Xingu - MT; Mehinaku, Xingu - MT; Kaiapó - PA; Javaé - TO; Kanela - MA.[3] Futebol, voleibol, atletismo e natação, a canoagem, o arco e flecha, o arremesso de lança, as demonstrações de lutas e a corrida de tora.
II Jogos dos Povos Indígenas 1999 de 14 a 20 de outubro Guaíra, Paraná (na fronteira Argentina-Paraguai) Guarani - SP; Potiguara - PB; Pankararu - PE; Maxacalí - MG; Krenak - MG; Xacriabá - MG; Paresi - MT; Umutina - MT; Kaingang-SC; Kaiowá - MS; Kadiwéu - MS; Bakairi - MT; Bororo - MT; Erikbaktsa - MT; Kanela - MA; Matis - AM; Krahô - TO; Kayapó - PA; Xavante - MT; Karajá - TO; Jawaé - TO; Kuikuro, Xingu - MT; Kamaiurá, Xingu - MT; Yawalapiti, Xingu - MT, Suyá, Xingu - MT; Waurá, Xingu - MT e Terena - MS.[4] Futebol, atletismo, arco e flecha, canoagem, natação, lutas corporais e corridas de tora.
III Jogos dos Povos Indígenas 2000 de 15 a 21 de outubro Marabá, Pará (na Amazônia brasileira) Bororo - MT; Bakairi - MT; Xavante - MT; Xickin - MT; Arara - PA; Munduruku - PA; Krahô - TO; Tembé - PA; Suruí - PA; Kaapor - PA; Parakanã - PA; Matis - AM; Kaiowá - MS; Guarani - SP; Mbyá - PA; Kaingang - PR; Pataxó - BA; Karajá - TO; Asurini - PA; Gavião Parkatejê - PA; Terena - MS; Kanela - MA; Wai Wai - PA; Yawalapiti, Xingu - MT; Kuikuru, Xingu - MT, Kamayura, Xingu - MT; Kalapalo, Xingu - MT; Waurá, Xingu - MT; Mehinaku, Xingú- MT; Erikbatsa - MT; Jawaé - TO; Suyá, Xingu - MS; Arawete - PA; Assurini - PA e Kayapó - PA.[5] Arco e flecha, zarabatana, cabo de guerra, arremesso e canoagem, futebol e a natação.
IV Jogos dos Povos Indígenas 2001 de 20 a 27 de outubro Campo Grande, Mato Grosso do Sul, região do Pantanal)
V Jogos dos Povos Indígenas 2002 de 14 a 21 de setembro Marapanim, Pará Araweté, Arara, Asurini, Bakairi, Bororo, Erikbaktsa, Fulni-ô, Gavião (RO), Gavião Parkatejê- PA, Guarani Mbya, Guató, Javaé, Kadiwéu, Kayapó, Kaingang, Kaiowá, Kalapalo, Kamayurá, Kanela, Karajá, Kariri, Krahô, Krenak, Krikati, Kuikuro, Matis, Maxacali, Mbya, Mehinaku, Munduruku, Ofaié, Pankararu, Parakanã, Paresi, Pataxó, Potiguara (PB), Saterê-Maués, Suruí (PA), Suyá, Tembé, Terena, Trumai, Tukano, Umutina, Wai Wai, Wuará, Xacriabá, Xavante, Xicrin, Xucuru, Yawalapiti. Arco e flecha, arremesso de lança, natação com travessia de rio, cabo de guerra, canoagem, corrida de tora, futebol masculino e feminino, corrida de velocidade (100m), corrida de fundo (5.000m), cabo de guerra, demonstrações de Zarabatana, Ronkrã,Kagót, Jãmparty Kaipy, Akô, Inssitró, Katulaywa, Jawari, Xikunahity e Tihimore.
VI Jogos dos Povos Indígenas 2003 de 01 a 08 de novembro Palmas, Tocantins Awá (Guajá)/MA; Aikewara/PA; Apinajé/TO; Avá-Canoeiro/GO; Aweti/MT; Bakairi/MT; Bororo/MT; Cinta Larga/RO; Enawenê-nawê /MT; Gavião Kyikatêjê/PA; Guarani/PA; Hixkariana/AM; Javaé/TO; Ka'apor/MA; Kaiwá/MS Kalapalo/MT; Kamayurá/MT; Kanela Ramkokamekra/MA; Karajá/TO; Kayabi/MT; Kayapó/PA; Krahô/TO; Kuikuru/MT; Matis/AM; Nambikwára/RO; Parakanã/PA; Paresi/MT; Pataxó/BA; Rikbatsa/MT; Suruí/RO; Tapirapé-TO/MT; Tembé-PA/; Terena/MS; Uru-Eu-Wau-Wau-/RO; Wai Wai/PA; Waiãpi/AC; Waimri Atroari/AM; Waura/MT: Xavante/MT; Xerente/TO; Xikrin/PA; Xucuru Kariri/AL; Yanomami/RR; Yawalapití/MT.[6] Futebol, voleibol, atletismo, natação,canoagem, arco e flecha, arremesso de lança, lutas corporais, corrida de tora, corrida de velocidade (100m), corrida de fundo (5.000m), Zarabatana, Ronkrã, Kaipy, Akô, Inssitró, Katulaywa, Jawari, Xikunahity e Tihimore.
VII Jogos dos Povos Indígenas 2004 de 20 a 27 de novembro Porto Seguro, Bahia, local da chegada dos "caraíbas" portugueses Aikewara, Asurini do Xingu, Awá Guajá, Aweti, Bakairi, Bororo, Enawenê-Nawê, Etnias Australianas, Etnias Canadenses, Gavião do Pará, Guajajara, Guarani, Ikpeng, Irantxe, Javaé, Kaapor, Kadiwéu, Kaigang. Kaiwá, Kalapalo, Kamayurá, Kanela, Kantaruré, Karajá, Kayabi, Kayapó, Kiriri, Krahô, Krenak, Kuikuro, Matis, Maxakali, Nambikwara, Pankararé, Pankararu, Paresi, Pataxó, Rikbaktsa, Suruí, Tapirapé, Terena, Tuxá, Wai Wai, Waiãpi, Waimiri Atroari, Waura, Wayapi Guiana Francesa, Xakriabá, Xavante, Xerente, Xikrin, Xukuru Kariri, Yanomami, e Yawalapiti. Arco e Flecha; Canoagem; Arremesso de Lança; Cabo de força; e Corrida de Tora , Lutas Corporais; Zarabatana; Xikunahity; Tihimore; Katulaya; Akô; e Jãmparti Futebol de Campo; Atletismo; Natação/Travessia; Corrida de fundo.
VIII Jogos dos Povos Indígenas 2005 de 18 e 26 de novembro Praia de Iracema, Fortaleza, Ceará Aikewara, Asurini, Awá Guajá, Aweti- MT, Bakairi, Bororo, Enawenê-Nawê, Gavião, Guajajara, Guarani Mbya, Javaé, Kaiowá, Kalabaça/CE Kalapalo, Kamayurá, Kanela, Kanindé/CE, Karajá, Kayabi, Krahô, Kuikuro, Iratinxe Manoki/MT, Matis, Nambikwara, Parakanã, Paresi, Pataxó, Pitaguary ou Potiguara CE/PB, Suruí - RO, Tapeba/CE, Tapirapé, Tembé, Terena, Tobajara/CE, Tremembé/CE:, Wai Wai, Xavante, Xerente, Xikrin, Yawalapiti. Futebol; arco e flecha, arremesso de lança, cabo de força, corrida de tora, atletismo, natação e corrida de fundo de 5 mil metros, lutas corporais, corrida de tora, zarabatana, jikunahiti, ronkrã, katulaywa, akô, gâamparti, kaipy, tihimora, hipipi, iwavary, qagõt, insintró e peikrâ.
IX Jogos dos Povos Indígenas 2007 de 24 de novembro a 01 de dezembro Olinda, Pernambuco AIKEWARA, ASSURINI, ASHANINKÁ, ATIKUM,BAKAIRI,BORORO,FULNI-Ô,GAVIÃO KYIKATÊJÊ / PARKATÊJÊ,

KARITIANA,KAXINAWÁ,KAYAPÓ,KRAHÔ, KUIKURO,JAVAÉ, KAINGANG,KANELA RÃMKOKAMEKRA, KAMBIWÁ,KAPINAWÁ,KARAJÁ, MANCHINERI, MATIS, PANKARÁ,PANKARARU,PARECI HALITI, PATAXÓ,PIPIPÃ, RIKBAKSTA,SHANENAWÁ,TAPIRAPÉ, TENHARIM, TERENA, TRUKÁ, TUXÁ, UMUTINA, XAVANTE, XERENTE, XIKRIN, XOKLENG, XUKURU, WAI WAI

Futebol masculino e feminino, voleibol, natação/travessia, canoagem, arco e flecha, arremesso de lança, corrida de tora, corrida de velocidade (100m), corrida de fundo (5.000m), cabo de força, Lutas Corporais, Zarabatana, Ronkrã, Xikunahity,  Akô, Katulaya, , Jãmparty Kaipy e Tihimore.
X Jogos dos Povos Indígenas 2009 de 31 de outubro a 07 de novembro Paragominas, Pará[7] AIKEWARA (PA), ASSURINI (PA), BAKAIRI (MT), BORORO BOE (MT),ENAWENE-NAWE (MT), GAVIÃO KYIKATÊJÊ / PARKATÊJÊ(PA), JAVAÉ (TO), KAIGANG (PR), KA’APOR (MA), KAMAYURÁ (MT), KANELA RÃMKOKAMEKRA (MA),KARAJÁ (TO), KAYAPÓ (PA), KRAHÔ (TO), KUIKURO (MT), MANOKI IRANTXE (MT), MATIS (AM), PARECI HALITI (MT), PATAXÓ (BA), RIKBAKSTA (MT),SHANENAWÁ (AC), TAPIRAPÉ (MT), TERENA (MS), TEMBÉ (PA), UMUTINA (MT), XAVANTE (MT), XERENTE (TO), XIKRIN (PA), XOKLENG (SC),WAIWAI (PA), YAUANAUWÁ (AC). Arco e flecha, arremesso de lança, cabo de força, canoagem, corrida de 100 metros, corrida de fundo, corrida de tora, futebol (masculino e feminino), natação/travessia.[7]
XI Jogos dos Povos Indígenas 2011 de 8 a 15 de outubro[8] Porto Nacional, Tocantins
XII Jogos dos Povos Indígenas 2013 de 10 a 18 de outubro[9] Cuiabá, Mato Grosso
XIII Jogos dos Povos Indígenas 2015 de 15 a 19 de julho[10] Parque Indígena do Xingu, Mato Grosso Futebol, natação, arremesso de lança, arco e flecha, corrida e cabo de força

Referências

  1. «X Jogos Indigenas - Apresentação». Ministério do Esporte. Governo Federal do Brasil. Consultado em 29 de setembro de 2016 
  2. «Jogos dos Povos Indígenas - Um sonho que se tornou realidade». Consultado em 24 de setembro de 2008. Arquivado do original em 29 de outubro de 2014 
  3. «FUNAI: I Jogos dos Povos Indígenas». Consultado em 2 de novembro de 2009. Arquivado do original em 23 de novembro de 2011 
  4. «FUNAI: II Jogos dos Povos Indígenas». Consultado em 2 de novembro de 2009. Arquivado do original em 15 de dezembro de 2013 
  5. «FUNAI: III Jogos dos Povos Indígenas». Consultado em 2 de novembro de 2009. Arquivado do original em 23 de novembro de 2011 
  6. «FUNAI: VI Jogos dos Povos Indígenas». Consultado em 2 de novembro de 2009. Arquivado do original em 6 de agosto de 2012 
  7. a b UOL: Índios disputam 10 modalidades tradicionais nos Jogos dos Povos Indígenas em Paragominas (PA)
  8. Conexão Tocantins: Voluntários serão selecionados para XI Edição dos Jogos dos Povos Indígenas do Tocantins
  9. Portal Brasil: Lançado em Cuiabá a 12a Edição dos Jogos dos Povos Indígenas
  10. Aldeia Kuikuro recebe o maior evento esportivo da história do Xingu 30 de julho de 2015.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Jogos dos Povos Indígenas