100 metros rasos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Corrida de 100 metros)
Ir para: navegação, pesquisa
100 metros rasos
Largada da prova
Olímpico desde 1896 H / 1928 S
Desporto Atletismo
Praticado por Ambos os sexos
Campeão olímpico
Homens Usain Bolt
 Jamaica
Mulheres Elaine Thompson
 Jamaica
Campeão mundial
Homens Usain Bolt
 Jamaica
Mulheres Shelly-Ann Fraser
 Jamaica

100 metros rasos ou 100 metros é uma modalidade olímpica de corrida de velocidade no atletismo. A mais curta das distâncias disputadas em eventos ao ar livre, é também uma das mais populares modalidades do esporte. Dura por volta de 10 segundos no masculino e 11 segundos no feminino e os respectivos vencedores são geralmente apelidados de homem / mulher mais rápido do mundo.[1]

Disputada numa pista de atletismo padrão de 400 m, ela ocupa uma reta inteira da pista, com uma extensão fora da curva para alcançar a distância exata. Os atletas largam de blocos firmados no chão ao som de um sinal de partida e correm dentro de raias demarcadas na pista. A velocidade máxima dos atletas é geralmente alcançada entre os 50/60 m da distância total. [2]

Os 100 metros rasos foram introduzidos no programa olímpico desde os primeiros Jogos em Atenas 1896 para homens e desde Amsterdã 1928 para mulheres. Os primeiros campeões olímpicos foram, respectivamente, Tom Burke e Betty Robinson, dos Estados Unidos.[3][4]

O recorde mundial pertence a Usain Bolt, da Jamaica, obtido durante o Campeonato Mundial de Atletismo em Berlim, na Alemanha, em 16 de agosto de 2009, com a marca de 9,58 segundos.[5] Entre as mulheres, ele é de 10,49 segundos e pertence a norte-americana Florence Griffith Joyner, estabelecido em Indianápolis, Estados Unidos, em 16 de julho de 1988.[6] Além de recordista mundial, Bolt também é o atual campeão olímpico e mundial; também duas jamaicanas, Elaine Thompson e Shelly-Ann Fraser, são respectivamente campeãs olímpica e mundial.

História[editar | editar código-fonte]

Na Antiguidade, o estádio de Olímpia, o "stadion", tinha uma pista de 192 metros, onde era disputada uma corrida em volta dela. Nos tempos modernos, os ingleses, os primeiros a modernizarem o atletismo, adotaram uma distância padrão de 110 jardas (91,44 m), de acordo com seu sistema de medidas, para esta corrida, mas a distância métrica de 100 m tem sido disputada desde os primeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna.[2]

Nos tempos modernos não existe um registro preciso de quando esta prova começou a ser disputada; ainda assim existe um tempo de 11.0, atribuído ao inglês William McLaren, registrado em 27 de julho de 1867. Quando da fundação da Federação Internacional de Atletismo – IAAF em 1912, foi considerado como recorde inicial o tempo de 10.8, obtido por Ralph Craig em Estocolmo 1912 em 6 de julho de 1912, na final da V Olimpíada.[7]

Uma marca inferior a 10 segundos para a distância sempre foi perseguida desde o início de sua disputa. O primeiro homem a correr a distância oficialmente em tempo inferior por cronometragem eletrônica foi o norte-americano Jim Hines, que o fez na altitude da Cidade do México na final da prova nos Jogos Olímpicos da Cidade do México 1968, em 9.95.[8] Antes disso, por cronometragem manual e não-oficial atualmente, Hines, Ronnie Ray Smith e Charles Greene marcaram 9.9 s numa prova meses antes dos Jogos do México, na chamada "Noite da Velocidade", em Sacramento, Califórnia.[9]

Regras[editar | editar código-fonte]

Os atletas largam de blocos firmados no chão ao som de um sinal de partida e correm dentro de raias demarcadas na pista. As solas têm pregos de comprimento máximo fixado em 8,4 milímetros, e a espessura da sola não pode ultrapassar treze milímetros. O vencedor é determinado pelo primeiro a cruzar o torso na linha de chegada; pernas e braços são desconsiderados. Quando a avaliação do vencedor não é possível ao olho humano, é usado um sistema de photofinish para determinar o campeão.[10]

Provas disputadas com uma velocidade de vento favorável maior que 2m/s não são aceitáveis para a homologação de recordes. Sensores colocados no bloco de largada marcam o tempo de reação dos atletas ao sinal de largada; um tempo de reação inferior a 0.1s é considerado como largada falsa, os velocistas chamados de volta à largada e o responsável desclassificado. Um atleta também pode ser desclassificado caso pise fora da linha que delimita sua raia de corrida.[2]

Recordes[editar | editar código-fonte]

De acordo com a Federação Internacional de Atletismo – IAAF.[11][12]

Homens
Recorde Tempo Atleta País Data Local
Recorde mundial 9.58 Usain Bolt Jamaica 16 agosto 2009 Berlim
Recorde olímpico 9.63 Usain Bolt Jamaica 5 agosto 2012 Londres 2012
Mulheres
Recorde Tempo Atleta País Data Local
Recorde mundial 10.49 Florence Griffith-Joyner Estados Unidos 16 julho 1988 Indianápolis
Recorde olímpico 10.62 Florence Griffith-Joyner Estados Unidos 24 setembro 1988 Seul 1988

Melhores marcas mundiais[editar | editar código-fonte]

As marcas abaixo são de acordo com a Federação Internacional de Atletismo – IAAF.[13][14]

Homens[editar | editar código-fonte]

Posição Tempo Atleta País Data Local
1 9.58 Usain Bolt Jamaica 16 agosto 2009 Berlim
2 9.63 Usain Bolt Jamaica 5 agosto 2012 Londres
3 9.69 Usain Bolt Jamaica 16 agosto 2008 Pequim
9.69 Tyson Gay Estados Unidos 20 setembro 2009 Xangai
9.69 Yohan Blake Jamaica 23 agosto 2012 Lausanne
6 9.71 Tyson Gay Estados Unidos 16 agosto 2009 Berlim
7 9.72 Usain Bolt Jamaica 31 maio 2008 Nova York
9.72 Asafa Powell Jamaica 2 setembro 2008 Lausanne
9 9.74 Asafa Powell Jamaica 9 setembro 2007 Rieti
9.74 Justin Gatlin Estados Unidos 15 maio 2015 Doha

Mulheres[editar | editar código-fonte]

Posição Tempo Atleta País Data Local
1 10.49 Florence Griffith-Joyner Estados Unidos 16 julho 1988 Indianápolis
2 10.61 Florence Griffith-Joyner Estados Unidos 17 julho 1988 Indianápolis
3 10.62 Florence Griffith-Joyner Estados Unidos 24 setembro 1988 Seul
4 10.64 Carmelita Jeter Estados Unidos 20 setembro 2009 Xangai
5 10.65 Marion Jones Estados Unidos 12 setembro 1998 Joanesburgo
6 10.67 Carmelita Jeter Estados Unidos 13 setembro 2009 Tessalônica
7 10.70 Florence Griffith-Joyner Estados Unidos 17 julho 1988 Indianápolis
10.70 Marion Jones Estados Unidos 22 agosto 1999 Sevilha
10.70 Carmelita Jeter Estados Unidos 4 junho 2011 Eugene
10.70 Shelly-Ann Fraser-Pryce Jamaica 29 junho 2012 Kingston
10.70 Elaine Thompson Jamaica 2 julho 2016 Kingston

Melhores marcas olímpicas[editar | editar código-fonte]

As marcas abaixo são de acordo com o Comitê Olímpico Internacional – COI.[15]

Homens[editar | editar código-fonte]

Posição Tempo Atleta País Medalha Local
1 9.63 Usain Bolt Jamaica ouro Londres 2012
2 9.69 Usain Bolt Jamaica ouro Pequim 2008
3 9.75 Yohan Blake Jamaica prata Londres 2012
4 9.79 Justin Gatlin Estados Unidos bronze Londres 2012
5 9.81 Usain Bolt Jamaica ouro Rio 2016
6 9.82 Justin Gatlin Estados Unidos Londres 2012
7 9.84 Donovan Bailey Canadá ouro Atlanta 1996
8 9.85 Justin Gatlin Estados Unidos ouro Atenas 2004
9.85 Usain Bolt Jamaica Pequim 2008
9.85 Yohan Blake Jamaica Londres 2012

* Os tempos de Justin Gatlin (9.82), Usain Bolt (9.85) e Yohan Blake (9.85) foram feitos nas semifinais.

Mulheres[editar | editar código-fonte]

Posição Tempo Atleta País Medalha Local
1 10.62 Florence Griffith-Joyner Estados Unidos Seul 1988
2 10.71 Elaine Thompson Jamaica ouro Rio 2016
3 10.75 Shelly-Ann Fraser-Pryce Jamaica ouro Londres 2012
4 10.78 Shelly-Ann Fraser Jamaica ouro Pequim 2008
10.78 Carmelita Jeter Estados Unidos prata Londres 2012
6 10.81 Veronica Campbell-Brown Jamaica bronze Londres 2012
7 10.82 Gail Devers Estados Unidos ouro Barcelona 1992
8 10.83 Juliet Cuthbert Jamaica prata Barcelona 1992
10.83 Carmelita Jeter Estados Unidos Londres 2012
10.83 Carmelita Jeter Estados Unidos Londres 2012
10.83 Tori Bowie Estados Unidos prata Rio 2016
  • Em Seul 1988, a final dos 100 m femininos teve os seguintes tempos: Flo-Jo (10.54), Evelyn Ashford (10.83) e Heike Drechsler (10.85).[16] Estas marcas, porém, não são consideradas oficialmente por terem sido feitas com vento a favor superior ao permitido pelas regras da IAAF (2m/s), que são seguidas pelo COI. O mesmo ocorreu com a marca de Joyner nas semifinais, 10.70.[17] O recorde olímpico válido de Flo-Jo, 10:62, foi marcado nas quartas-de-final.[18] Em Londres 2012, Carmelita Jeter correu duas vezes cravado 10.83 nas eliminatórias e na semifinal 1.[19]

Referências

  1. Romanelli, Amanda. «O homem mais rápido do mundo, Usain Bolt mostra ser um ser sem limites». OESP. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  2. a b c «100 metres». IAAF. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  3. Malon, Bill. «THE ¡896 OLYMPIC GAMES Results for All Competitors in All Events» (PDF). library.la84.org. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  4. «official report» (PDF). library.la84.org/. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  5. «All time best». IAAF. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  6. «All time best W». IAAF. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  7. «Histórico das Provas - Masculino». CBat. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  8. «Jim Hines». Sportsreference. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  9. «Olympics - The Night of Speed». SportsMemorablia. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  10. Sandre-Tom <!-i- BOT GENERATED AUTHOR -->. «IAAF Competition Rules 2009, Rule 164» (PDF). IAAF. Arquivado desde o original 3 September 2009. Consultado em 23 August 2009  Verifique data em: |access-date=, |archive-date= (ajuda)
  11. «SPRINTS - 100 METRES M». IAAF. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  12. «SPRINTS - 100 METRES W». IAAF. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  13. «All time best M». IAAF. Consultado em 29 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  14. «All time best». IAAF. Consultado em 29 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  15. «48 PAST OLYMPIC GAMES». OIC. Consultado em 24 de abril de 2013 
  16. «official report Games of XXIV Olympad Seoul 1988 pg.161» (PDF). library.la84.org/. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  17. «All-time women's best 100m / wind-assisted». alltime-athletics.com. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  18. «All-time women's best 100m». alltime-athletics.com. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  19. «LONDON 2012 ATHLETICS,100M WOMEN FINAL». olympic.org. Consultado em 31 August 2015  Verifique data em: |access-date= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]