Ajurus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ajuru
População total

248[1]

Regiões com população significativa
 Brasil (RO) 2014 (Siasi/Sesai)
Línguas
Religiões

Ajurus, Wayurú, Ayurú ou Wajuru[2] é um grupo indígena que habita o noroeste do estado brasileiro de Rondônia próximo à Bolívia.

Língua[editar | editar código-fonte]

Os ajurus falam a língua ajuru que pertence à família das línguas Tuparis. Os membros mais jovens falam principalmente português. Alguns também falam castelhano, pela proximidade com a Bolívia.

Localização[editar | editar código-fonte]

Nas primeiras décadas do século XX, os ajurus foram localizados nos rios Terebito e Colorado, afluentes da margem direita do médio rio Guaporé, no estado de Rondônia. Atualmente a maioria da população aldeada vive na Terra Indígena Rio Guaporé.

Subgrupos[editar | editar código-fonte]

Subgrupos ou clãs:[3]

Nome Tradução
Kup Diriat pau”, “mato”, aparentemente, uma alusão à floresta.
Kup Goviat Goviat é “urucum
Üpegiat urubu
Üagá iat sapo

Referências

  1. «Quadro Geral dos Povos». Instituto Socioambiental. Consultado em 2 de setembro de 2017 
  2. «Wajuru - Povos Indígenas no Brasil». pib.socioambiental.org. Consultado em 7 de junho de 2019 
  3. Maldi, Denise. 1991. O Complexo Cultural do Marico: Sociedades Indígenas dos Rios Branco, Colorado e Mequens, Afluentes do Médio Guaporé. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, Série Antropologia, vol. 7(2), p. 209-269.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre antropologia ou um antropólogo é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.