Campinápolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Campinápolis
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 13 de maio de 1986
Gentílico campinapolense
Prefeito(a) Jeovan Faria (PSB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Campinápolis
Localização de Campinápolis no Mato Grosso
Campinápolis está localizado em: Brasil
Campinápolis
Localização de Campinápolis no Brasil
14° 32' 35" S 52° 47' 39" O14° 32' 35" S 52° 47' 39" O
Unidade federativa  Mato Grosso
Mesorregião Nordeste Mato-Grossense IBGE/2008 [1]
Microrregião Canarana IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Nova Xavantina, Água Boa, Novo São Joaquim, Paranatinga, Gaúcha do Norte
Distância até a capital 602 km
Características geográficas
Área 5,967 km² [2]
População 14 971 hab. IBGE/2014[3]
Densidade 2 508,97 hab./km²
Altitude 450 m
Clima Tropical
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,538 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 100 920,371 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 7 138,74 IBGE/2008[5]
Página oficial

Campinápolis é um município brasileiro do estado de Mato Grosso. Localiza-se a uma latitude 14º32'35" sul e a uma longitude 52º47'39" oeste, estando a uma altitude de 450 metros. Sua população estimada em 2014 era de 14 971 habitantes.

Possui uma área de 5.967 km².

História[editar | editar código-fonte]

A primeira denominação da localidade foi Vila Jatobá. O município foi inicialmente povoado por José de Souza Brito, Pedro Alves Pereira, Satil Gonçalves, Zico Alves Pereira, Alvarino, Firmino dos Santos Lima, Arnálio Modesto e outros grandes representantes que, posteriormente, ocasionarão a fundação.

Neste período as ruas foram medidas na corda e braço e os lotes distribuídos. No ano de 1974, já existia a estrada que vai de Nova Xavantina até a entrada da Fazenda Cristalina, a aproximadamente 15 km da cidade. Dali para frente descortinava-se apenas a mata, o cerrado pesado e ao fundo a subida íngreme da Serra do Roncador.

Os colonos produtores eram posseiros vindos de duas grandes áreas de terra escrituradas, sendo uma da viúva Estephânia Brawn e a outra do Sr. Keller, ambas de 25 mil ha cada. Assim surgiu a Vila Jatobá. A primeira missa foi rezada em 13 de maio de 1975 pelo padre Arante. 

No dia 13 de maio de 1980, Vila Jatobá foi elevada à categoria de distrito de Nova Xavantina, sua denominação alterada para Campinápolis.

Segundo relato oficial da prefeitura municipal, a denominação Campinápolis provém da união dos termos Campinas de Goiânia e Anápolis, em homenagem a algumas famílias oriundas dessas duas localidades no Estado de Goiás. Anápolis é município antigo, ao passo que Campinas de Goiânia é um bairro da cidade de Goiânia, ponto inicial da ocupação da capital goiana.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Campinápolis, pela lei estadual nº 4353, de 01-10-1981, subordinado ao município de Nova Xavantina.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1983, o distrito de Campinápolis figura no município de Nova Xavantina.

Elevado à categoria de município com a denominação de Campinápolis, pela lei estadual nº 4994, de 13-05-1986, desmembrado do município de Nova Xavantina. Sede no atual distrito de Campinápolis (ex-localidade). Constituído do distrito sede. Instalado em 31-12-1986.

Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído do distrito sede.

Em divisão territorial datada de 2005, o município é constituído de 2 distritos: Campinápolis e São José do Couto. 

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Fonte[editar | editar código-fonte]

Confederação Nacional de Municípios

Comunicação[editar | editar código-fonte]

A televisão, o rádio e a internet são os principais meios de comunicação em Campinápolis MT, sendo-as:

  • Radio Atividade FM 87.9 mhz
  • Dexismo Internacional (Lista de telecomunicações no araguaia)

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. «Estimativa populacional 2014 IBGE». Estimativa populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de outubro de 2014. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Mato Grosso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.