Manoel Urbano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Manoel Urbano
Aérea Manuel Urbano - Acre

Aérea Manuel Urbano - Acre
Bandeira de Manoel Urbano
Brasão de Manoel Urbano
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 14 de maio
Fundação 1 de março de 1963 (54 anos)
Gentílico murbanense
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Penha
Prefeito(a) Tanizo Sá[1] (PMDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Manoel Urbano
Localização de Manoel Urbano no Acre
Manoel Urbano está localizado em: Brasil
Manoel Urbano
Localização de Manoel Urbano no Brasil
08° 50' 20" S 69° 15' 36" O08° 50' 20" S 69° 15' 36" O
Unidade federativa  Acre
Mesorregião Vale do Acre IBGE/2008[2]
Microrregião Sena Madureira IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Norte: estado do Amazonas;
Sul e Leste: Sena Madureira;
Oeste: Santa Rosa do Purus;
Noroeste: Feijó; Sudoeste: República do Peru.
Distância até a capital 244 km
Características geográficas
Área 9 386,961 km² [3]
População 8 514 hab. IBGE/2014[4]
Densidade 0,91 hab./km²
Altitude 185 m
Clima Tropical
Fuso horário UTC-5
Indicadores
IDH-M 0,551 baixo PNUD/2010[5]
PIB R$ 60 199,598 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 8 129,59 IBGE/2008[6]
Página oficial

Manoel Urbano[nota 1]é um município brasileiro localizado no interior do estado do Acre. Sua população, de acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), era de 8 514 habitantes em 2014.

História[editar | editar código-fonte]

Manoel Urbano originou-se do seringal Colocação Tabocal, depois seu nome mudou para Vila Castelo, devido ao navio Castelo que ficou encalhado no rio Purus, durante um período de seca, aguardando a cheia do rio para regressar ao porto de Belém. O Município de Manoel Urbano foi fundado a 1º de março de 1963, alcançando sua autonomia através da lei nº 588 de 14 de maio de 1976. A localidade foi desmembrada do município de Sena Madureira e recebeu o nome de Manoel Urbano em homenagem a um dos primeiros exploradores do rio Purus, Manuel Urbano da Encarnação.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população é de 8 514 habitantes e sua área é de cerca de 9 387 km² (0,8 hab./km²).

Limita-se ao norte com o Amazonas, ao sul e a leste com o município de Sena Madureira, a oeste com o município de Santa Rosa do Purus, a noroeste com o município de Feijó e a sudoeste com o Peru.

Administração pública[editar | editar código-fonte]

Poder Executivo

O atual prefeito de Manoel Urbano é José Altanízio Taumaturgo Sá, mais conhecido como Tanizo Sá (PMDB), empresário, eleito em 2016 pela primeira vez. Na eleição, teve o apoio dos partidos PMDB, PP e PSDB. O atual vice-prefeito é Raimundo Toscano Velozo, do PP.

Poder Legislativo

O Poder Legislativo é representado pela câmara municipal, composta por nove vereadores com mandato de 4 anos. Cabe aos vereadores na Câmara Municipal de Manoel Urbano, especialmente fiscalizar o orçamento do município, além de elaborar projetos de lei fundamentais à administração, ao Executivo e principalmente para beneficiar a comunidade.

  • Presidente da câmara: Jorge Almeida da Silva (1999/2000); Francisco Bezerra de Almeida (2001/2002); Pedro Mendes Lima (2003/2004); Severina Selma da Costa Araújo - PT (2009/2010) e (2011/2012); Antônio Jeferson Magalhães da Silva - PHS (01.2013/12.2014);

Educação[editar | editar código-fonte]

  • E.E.E.B. Antonio Nascimento
  • E.E.E.B. Dom Prospero Bernardi
  • E.E.E.B. Nazira Anute de Lima
  • E.E.E.B. Indígena Santa Julia
  • E.M.E.B. Antonio Saboia
  • E.M.E.B. Boa Vista
  • E.M.E.B. Luiz Plácido Fernandes
  • E.M.E.B. Marechal Castelo Branco
  • E.M.E.B. Maria das Graças Alves da Rocha
  • E.M.E.B. Professor Naluh Gouveia
  • E.M.E.B. Terra Alta
  • E.M.E.B.I. Menino Jesus

Rodovias[editar | editar código-fonte]

  • BR-364 - Rodovia federal que liga Sena Madureira a Manoel Urbano

Notas

Referências

  1. Posse do Prefeito Eleito 2017 - Candidatos a Prefeito 2016 - MANOEL URBANO AC. Página visitada em 5 de janeiro 2017.
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NO BRASIL E UNIDADES DA FEDERAÇÃO COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014» (PDF). @Cidades. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1º de julho de 2014. Consultado em 1º de agosto de 2015 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 29 de agosto de 2013 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Acre é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.