Rodrigues Alves (Acre)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Rodrigues Alves
  Município do Brasil  
Rodrigues Alves - Acre
Rodrigues Alves - Acre
Símbolos
Bandeira de Rodrigues Alves
Bandeira
Brasão de armas de Rodrigues Alves
Brasão de armas
Hino
Gentílico rodriguesalvense
Localização
Localização de Rodrigues Alves no Acre
Localização de Rodrigues Alves no Acre
Mapa de Rodrigues Alves
Coordenadas 7° 44' 31" S 72° 38' 49" O
País Brasil
Unidade federativa Acre
Municípios limítrofes Mâncio Lima e Cruzeiro do Sul
Distância até a capital 626 km[1]
História
Fundação 28 de abril de 1992
Aniversário 28 de Julho
Administração
Prefeito(a) Sebastião Souza Correia[2] (MDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [3] 3 304,559 km²
População total (estimativa IBGE/2017[4]) 17 945 hab.
 • Posição AC: 10º
Densidade 5,4 hab./km²
Clima equatorial
Fuso horário Hora do Acre (UTC-5)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[5]) 0,567 baixo
 • Posição AC: 15º
PIB (IBGE/2008[6]) R$ 87 234,126 mil
PIB per capita (IBGE/2008[6]) R$ 6 700,01

Rodrigues Alves é um município brasileiro localizado oeste e no interior do estado do Acre, situa-se na direita do Rio Juruá. Antiga terra dos índios Náuas, sua origem é o antigo "Seringal Buritizal" que mudou de nome para Florianópolis.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1940 aconteceu uma significativa uma mudança de nome e transformou-se então na "Colônia Rodrigues Alves", ato feito em homenagem ao antigo presidente da república Rodrigues Alves. Em 1960 passa a ser uma pequena vila de Cruzeiro do Sul. Em 28 de abril de 1992 Rodrigues Alves desmembra de Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima, e passa a ser um município do estado do Acre, no governo de Edmundo Pinto.

Apesar de sua fundação ser em 28 de Abril, a comemoração de aniversário ocorre em 28 de Julho, sendo comemorado pela tradicional marchas de todas as escolas do município.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome da cidade é em homenagem ao 5º presidente da República Brasileira Francisco de Paula Rodrigues Alves.

Uma dúvida comum é a pronúncia correta do nome Rodrigues Alves. Na oralidade não há separação na pronúncia e entre "Rodrigues" e "Alves", o "S" soa como "Z".

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população era de 17 945 habitantes segundo a estimativa do IBGE para 2017 e sua área é de 3 305 km² (3,8 hab./km²).

Limita ao sul com o Peru, a leste com o município de Cruzeiro do Sul e a oeste com o município de Mâncio Lima.

A cidade é banhada pelo Rio Juruá.

Parque Nacional da Serra do Divisor[editar | editar código-fonte]

Localiza-se no Sul do Município o Parque Nacional da Serra do Divisor é uma unidade de conservação brasileira de proteção integral da natureza localizada no estado do Acre, na fronteira com o Peru, com território distribuído pelos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves.

Demografia e economia[editar | editar código-fonte]

Sua população, de acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), era de 16 475 habitantes em 2014.[7] A principal forma econômica é no extrativismo vegetal, principalmente de madeira, pecuária e de produção de farinha.

Religião[editar | editar código-fonte]

Religião no Município de Rodrigues Alves segundo o censo de 2010.[8]

Religião %
Catolicismo 63,3
Protestantismo 29,1
Outras 0,8
Sem religião 6,8

Prefeitos[editar | editar código-fonte]

Francisco Vagner de Santana Amorim (Conhecido popularmente como Deda) se candidata e se torna o primeiro prefeito do Município com mandato de 1993 até 1996. Em seguida o Segundo prefeito Rui Matos Said Maia com o mandato de 1997 até 2000. Deda se candidata novamente e assume a prefeitura pela segunda vez, seu mandato vai de 2001 até 2004 onde é reeleito e sai do cargo em 2008. Assume então o prefeito eleito Francisco Ernilson de Freitas, (conhecido popularmente como Burica) de 2009 até 2012 onde compete novamente com Deda e perde a eleição, mas devido a lei ficha limpa, deda é impedido de assumir o cargo novamente, assumindo assim Burica em 2012.

Referências

  1. Google Maps
  2. «Posse do Prefeito Eleito 2017 - Candidatos a Prefeito 2016 - RODRIGUES ALVES AC». Consultado em 11 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 11 de janeiro de 2017 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  4. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (30 de agosto de 2017). «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2017» (PDF). Consultado em 24 de março de 2018 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 29 de agosto de 2013 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  7. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome IBGE_Pop_2014
  8. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ac/rodrigues-alves/pesquisa/23/22107?detalhes=true

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Acre é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.