Trindade do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Trindade do Sul
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Fundação 15 de dezembro de 1987 (30 anos)
Gentílico trindadense
CEP 99615-000
Prefeito(a) Odair Adilio Pelicioli (PDT)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Trindade do Sul
Localização de Trindade do Sul no Rio Grande do Sul
Trindade do Sul está localizado em: Brasil
Trindade do Sul
Localização de Trindade do Sul no Brasil
27° 31' 19" S 52° 53' 38" O27° 31' 19" S 52° 53' 38" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Frederico Westphalen IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Três Palmeiras, Gramado dos Loureiros, Nonoai, Entre Rios do Sul e Liberato Salzano
Distância até a capital 392 km
Características geográficas
Área 268,417 km² [2]
População 5 787 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 21,56 hab./km²
Altitude 640 m
Clima Subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,744 elevado PNUD/2000 [4]
PIB R$ 73 540,691 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 12 069,70 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.trindadedosul.rs.gov.br/

Trindade do Sul é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.


Geografia[editar | editar código-fonte]

Trindade do Sul é um município que faz parte da Microrregião de Frederico Westphalen. Localiza-se a uma latitude 27º31'13" sul e a uma longitude 52º53'00" oeste, estando a uma altitude de 640 metros. Sua população estimada em 2004 era de 5 406 habitantes.

Noroeste: Nonoai Norte: Gramado dos Loureiros Nordeste: Entre Rios do Sul
Oeste: Liberato Salzano Reinel compass rose.svg Leste: Entre Rios do Sul
Sudoeste: Liberato Salzano Sul: Três Palmeiras Sudeste: Três Palmeiras

O município de Trindade do Sul é dividido em várias localidades, denominadas de linhas. São elas:

  • Linha Barra Grande
  • Linha Barra Seca
  • Linha Barrinha
  • Linha Baú
  • Linha Bonita
  • Linha Cachoeira
  • Linha Campina de Pedras
  • Linha Passo do Lobo
  • Linha Caturrita
  • Linha Colônia Nova
  • Linha Demétrio
  • Linha Filisbina
  • Linha Gastão
  • Linha Girau
  • Linha São Paulo
  • Linha São Vicente
  • Linha Fátima
  • Linha Rincão dos Rosas
  • Linha Rossetto
  • Assentamento 29 de Outubro

História[editar | editar código-fonte]

Vários foram os nomes dados à comunidade que existia na região de Trindade do Sul no início do século XX. Até a década de 20 toda a redondeza era conhecida como Serra do Lobo. O primeiro morador relevante do local foi João Trindade, que ficou conhecido pelas pessoas que passavam pela comunidade local a caminho do centro do país.

A comunidade passou a ser conhecida como Trindade da Serra do Lobo. A família de João estabeleceu-se ali aproximadamente em 1930, dando origem ao primeiro núcleo de moradores. Posteriormente outras famílias, vindas de diversos locais, somaram-se à família Trindade, entre elas Bosa, Loureiro Machado, Madalozzo, Da Rosa e Barbiero.

Com o passar do tempo, Trindade foi desenvolvendo-se e surgiram as primeiras construções de escolas, igrejas, casas comerciais, bem como o cultivo da terra, através de plantações de feijão, trigo e milho, nos arredores do núcleo urbano. A origem do nome de Trindade do Sul é uma homenagem a seu primeiro morador, Sr. João Trindade; e o sufixo "do Sul” deve-se ao fato de existir no estado de Goiás outra localidade denominada Trindade.

O percentual étnico do novo Município era constituído em 30% por italianos, 10% por alemães, 10% por poloneses e 50% por mestiços.

Em 1955, Trindade do Sul foi elevada á categoria de vila[6]. Em 1964 houve a primeira tentativa de emancipar Trindade do Sul, porém, devido a problemas com leis Federais, acabaram por impossibilitar a emancipação.

Em 1982 houve outra tentativa emancipacionista, porém esta também foi frustrada, motivada por problemas diversos.

Finalmente, em 1985, a comunidade unida, a Comissão Emancipacionista, a Assembleia Legislativa e o Prefeito de Nonoai, todos somando suas forças, venceram os obstáculos e colocaram em prática o antigo sonho emancipacionista. Em 20 de setembro de 1987, realizou-se a consulta plebiscitária, quando vence a vontade popular, e em 15 de dezembro de 1987, pela Lei Estadual n° 8487, é criado oficialmente o Município de Trindade do Sul.

População[editar | editar código-fonte]

De acordo com estimativas do IBGE, no ano de 2010, Trindade do Sul conta com uma população de 5787 habitantes, sendo que destes, 3114 são mulheres e 3163 homens. Destes 6276 habitantes trindadenses, 4212 são eleitores, segundo dados constatados no plebiscito realizado no mês de outubro de 2005, sobre desarmamento.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  6. «IBGE - Cidades - Trindade do Sul - Histórico». cidades.ibge.gov.br. IBGE. Consultado em 31 de outubro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

{{Esboço-municípiosbr/Rio Grande do Sul}