Tio Hugo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tio Hugo
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Tio Hugo
Bandeira
Brasão de armas de Tio Hugo
Brasão de armas
Hino
Lema Emancipar para desenvolver
Gentílico tio-huguense [1]
Localização
Localização de Tio Hugo no Rio Grande do Sul
Localização de Tio Hugo no Rio Grande do Sul
Mapa de Tio Hugo
Coordenadas 28° 34' 44" S 52° 35' 56" O
País Brasil
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Municípios limítrofes Ernestina e Santo Antônio do Planalto (Norte); Mormaço e Soledade (Sul); Ibirapuitã (Leste); Victor Graeff (Oeste)
Distância até a capital 270 km
História
Fundação 16 de abril de 1996 (24 anos)
Aniversário 16 de abril
Administração
Prefeito(a) Gilso Paz (PDT, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 114,235 km²
População total (Censo IBGE/2010[3]) 2 724 hab.
Densidade 23,8 hab./km²
Clima subtropical com verões quentes
Altitude 605 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 48 141,222 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 17 797,12
Outras informações
Padroeiro(a) São Cristóvão

Tio Hugo é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

História[editar | editar código-fonte]

Apesar de possuir algumas serrarias abertas na década de 1920 para a exploração de araucárias, esta localidade era pertencente ao município de Passo Fundo e era pouco povoada. Na década de 1950 a região recebeu o projeto da Usina Hidrelétrica Ernestina do governo do Rio Grande do Sul, localizada na bacia do Rio Jacuí.[5] Para a construção da usina foram instalados vários canteiros de obras, o maior deles da empresa Estacas Franki. O transporte de materiais e equipamentos necessários para a construção da usina, aberta em agosto de 1957, forçou a abertura de primitivas estradas.[6] Aproveitando parte da mão-de-obra ali existente, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem iniciou no início da década de 1960 a construção da rodovia estadual RS-13, denominada popularmente "Estrada da Produção". A rodovia foi inaugurada em 1962, ligando Canoas a Iraí e foi mais tarde federalizada, transformando-se na BR-386.[7][8]

A abertura da rodovia atraiu novos moradores para a região. Um deles era Hugo André Londero, possuidor de uma autorização para a abertura de um posto de combustíveis de bandeira Petrobras na altura do quilômetro 214 da rodovia. O "Posto e restaurante do Tio Hugo" foi aberto na década de 1960 e acabou tornando-se referencia geográfica e denominando popularmente a toda a região do seu entorno.[9][7]

Tio Hugo teve seu processo de emancipação aprovado em meio a outros 116 controversos processos inciados por políticos regionais do Rio Grande do Sul em 1995. De acordo com a Fundação de Economia e Estatística Siegfried Emanuel Heuser, apenas 20 destes municípios pleiteados possuíam condições econômicas para se emancipar.[10]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Conforme o último censo, realizado em 2010, a população é de 2.724 habitantes.

Referências

  1. http://www.aulete.com.br/tio-huguense Dicionário Aulete
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. Aluízio Flores (16 de agosto de 1956). «Plano de Eletrificação:Obra decisiva para o progresso do R.G. do Sul». O Semanário (RJ), ano I, número 19, página 10/republicado pela Biblioteca Nacional-Hemeroteca Digital Brasileira. Consultado em 16 de agosto de 2020 
  6. «Já em ação a Usina de Ernestina». Diário de Notícias (RS), ano XXXIII, edição 154, página 6/republicado pela Biblioteca Nacional-Hemeroteca Digital Brasileira. 3 de setembro de 1957. Consultado em 16 de agosto de 2020 
  7. a b «Histórico». Prefeitura do município de Tio Hugo. Consultado em 16 de agosto de 2020 
  8. «Histórico». Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem. Consultado em 16 de agosto de 2020 
  9. «Região Norte-Novo trecho da Rodovia Presidente Kennedy». Diário de Notícias (RS), ano XLV, edição 12, 2º Caderno, página 3/republicado pela Biblioteca Nacional-Hemeroteca Digital Brasileira. 14 de março de 1969. Consultado em 16 de agosto de 2020 
  10. José Barrionuevo (20 de junho de 1995). «A farra das emancipações:Novos municípios». O Pioneiro (Caxias do Sul), ano 47, edição 6094, página 8/republicado pela Biblioteca Nacional-Hemeroteca Digital Brasileira. Consultado em 16 de agosto de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.