Pinhal (Rio Grande do Sul)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Balneário Pinhal.
Município de Pinhal
Bandeira de Pinhal
Brasão de Pinhal
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 29 de abril de 1988 (31 anos)
Gentílico pinhalense
CEP 98345-000
Prefeito(a) Edmilson Pedro Pelizari (PP)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Pinhal
Localização de Pinhal no Rio Grande do Sul
Pinhal está localizado em: Brasil
Pinhal
Localização de Pinhal no Brasil
27° 30' 39" S 53° 12' 54" O27° 30' 39" S 53° 12' 54" O
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Carazinho IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Cristal do Sul, Rodeio Bonito, Novo Tiradentes, Jaboticaba e Seberi
Distância até a capital 340 km
Características geográficas
Área 68,217 km² [2]
População 2 613 hab. est. IBGE/2016[3]
Densidade 38,3 hab./km²
Altitude 368 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,720 alto PNUD/2010 [4]
PIB R$ 42 433,210 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 20,112 51 IBGE/2012[5]

Pinhal é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 27º30'39" sul e a uma longitude 53º12'54" oeste, estando a uma altitude de 368 metros.

Pinhal está localizado na região noroeste do Rio Grande do Sul, no Médio Alto Uruguai. Possui uma área de 68,208 km2 e sua população estimada em 2014 era de 2 606 habitantes. Faz divisa com Rodeio Bonito, Seberi, Jaboticaba, Novo Tiradentes e Cristal do Sul.

Histórico[editar | editar código-fonte]

O local onde hoje está localizado o município de Pinhal era ponto de passagem obrigatório de tropeiros que se dirigiam da Região Nonoai à Chapecó, vindos dos Campos da Palmeira. Por volta de 1900, Antônio de Gasperin aqui se estabeleceu com armazém de secos e molhados. A proximidade com a cidade de Palmeira das Missões contribuiu para que, logo após o fim das lutas políticas, se desenvolvesse a imigração e início da colonização regular da região. As primeiras famílias oriundas da Região Colonial Italiana iniciaram o desbravamento do sertão e estabeleceram as primeiras lavouras diversificadas e a criação de suínos, sendo introduzido também o cultivo do trigo. A origem do nome Pinhal remonta o início da colonização da região. Os imigrantes encontraram a denominação do Lajeado Pinhal nos Registros da Inspetoria de Terras e aproveitaram o mesmo para nomear a localidade.

Política[editar | editar código-fonte]

Esta é uma lista de prefeitos e vice-prefeitos de Pinhal.

Nome Partido Início do mandato Fim do mandato Observações
Luiz Gustavo de Souza PMDB 1 de janeiro de 2001 31 de dezembro de 2004 Prefeito eleito
Paulo Barcarolo PDT 1 de janeiro de 2001 31 de dezembro de 2004 Vice-prefeito eleito
Sérgio Valentim Tres PDT 1 de janeiro de 2005 31 de dezembro de 2008 Prefeito eleito
Edmilson Pedro Pelizari PP 1 de janeiro de 2005 31 de dezembro de 2008 Vice-prefeito eleito
Sérgio Valentim Tres PDT 1 de janeiro de 2009 31 de dezembro de 2012 Prefeito reeleito
Cleomar Antônio de Bona PP 1 de janeiro de 2009 31 de dezembro de 2012 Vice-prefeito eleito
Edmilson Pedro Pelizari PP 1 de janeiro de 2013 Atual Prefeito eleito
Luiz Carlos Pinto Ribeiro PMDB 1 de janeiro de 2013 Atual Vice-prefeito eleito

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativas populacionais para os municípios e para as Unidades da Federação brasileiros em 01.07.2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 25 de junho de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.