Morro Reuter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Morro Reuter
"Morro"
Bandeira indisponível
Brasão de Morro Reuter
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Fundação 20 de março de 1992 (25 anos)
Gentílico morro-reutense
CEP 93990-000
Prefeito(a) Carla Chamorro (PTB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Morro Reuter
Localização de Morro Reuter no Rio Grande do Sul
Morro Reuter está localizado em: Brasil
Morro Reuter
Localização de Morro Reuter no Brasil
29° 32' 16" S 51° 04' 51" O29° 32' 16" S 51° 04' 51" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Metropolitana de Porto Alegre IBGE/2008 [1]
Microrregião Gramado-Canela IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Santa Maria do Herval (NE), Sapiranga (SE), Dois Irmãos (S), Ivoti e Presidente Lucena(O), Picada Café (N)
Distância até a capital 59 km
Características geográficas
Área 88,066 km² [2]
População 6 543 hab. est. IBGE/2016[3]
Densidade 74,3 hab./km²
Altitude 492 m
Clima Subtropical Cfb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,834 muito elevado PNUD/2000 [4]
PIB R$ 72 429,085 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 12 282,36 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.morroreuter.rs.gov.br

Morro Reuter é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Localiza-se a uma latitude 29º32'17" sul e a uma longitude 51º04'51" oeste, estando a uma altitude de 492 metros. Sua altitude máxima atinge os 700 metros. Compõem o município de Morro Reuter as localidades de Walachai, São José do Herval, Muckental, Fazenda Padre Eterno, Franckental, Bickental, Picada São Paulo, Linha Cristo Rei, Batatentahl, Planalto, Belvedere e Linha Görgen.

Setenta por cento da população de Morro Reuter encontra-se na zona urbana, enquanto os trinta por cento restantes estão estabelecidos na zona rural. A vegetação predominante é a mata atlântica, com relevo formado por pequenos altiplanos e as primeiras morrarias da Serra do Mar na região, sendo por isso considerado o "primeiro degrau da serra gaúcha".

Sua população estimada em 2014 era de 6.056 habitantes[6], e possui uma área de 85,914 km².

Histórico[editar | editar código-fonte]

Morro Reuter foi colonizado durante o século XIX por imigrantes alemães.

Em 24 de março de 1956, a lei estadual nº 121 elevou Morro Reuter à categoria de vila, pertencendo a Dois Irmãos, 4º Distrito de São Leopoldo. Com a emancipação de Dois Irmãos, Morro Reuter foi transformado em 2º Distrito do novo município. Morro Reuter foi criado pela lei estadual nº 9.583 em 20 de março de 1992.

Política[editar | editar código-fonte]

A administração do município de Morro Reuter se dá pelo poder executivo e poder legislativo.

Demografia[editar | editar código-fonte]

A população do município em 2010, segundo o IBGE, era de 5.676 habitantes, sendo o 247° município mais populoso do estado, apresentando uma densidade populacional de 63,0 habitantes por km².

Monumentos[editar | editar código-fonte]

O Obelisco de Morro Reuter, um raro monumento aos livros.

Entre os monumentos, destaca-se, o Obelisco de Morro Reuter também conhecido como Obeliscos de livros, pois sua feitura arquitetônica é toda construída em forma de livros empilhados em um ornato em que cada livro forma um bloco de tijolo do monumento.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Biblioteca Municipal[editar | editar código-fonte]

O município tem a Biblioteca Municipal Érico Veríssimo e conforme a lista do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas fica situada na Rua Anita Garibaldi, 219, Centro, CEP: 93990-000[7].

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativas populacionais para os municípios e para as Unidades da Federação brasileiros em 01.07.2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 25 de junho de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. IBGE (2014). «IBGE - Estimativas de População por município» (PDF). Consultado em 7 de junho de 2015 
  7. Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas - Relação de Bibliotecas Públicas no Estado do Rio Grande do Sul - novembro de 2013. SNBP. Acesso feito em 27 de maio de 2017.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]