Picada Café

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Picada Café
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 20 de março de 1992 (24 anos)
Gentílico cafeense
CEP 95175-000
Prefeito(a) Claudia Schenkel (PSDB)
Localização
Localização de Picada Café
Localização de Picada Café no Rio Grande do Sul
Picada Café está localizado em: Brasil
Picada Café
Localização de Picada Café no Brasil
29° 26' 38" S 51° 08' 09" O29° 26' 38" S 51° 08' 09" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Metropolitana de Porto Alegre IBGE/2008 [1]
Microrregião Gramado-Canela IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Nova Petrópolis (N), Santa Maria do Herval (L), Morro Reuter (S), Presidente Lucena (SO), Linha Nova (O)
Distância até a capital 80 km
Características geográficas
Área 85,094 km² [2]
População 5 182 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 60,9 hab./km²
Altitude 106 m
Clima Subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,819 muito alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 129 795,702 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 25 912,50 IBGE/2008[5]
Página oficial

Picada Café (no idioma alemão regional Riograndenser Hunsrückisch: Kaffeeschneiss) é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

Localiza-se a uma latitude 29º26'39" sul e a uma longitude 51º08'11" oeste, estando a uma altitude de 106 metros. Sua população estimada em 2004 era de 5 267 habitantes. Possui uma área de 85,049 km².

História[editar | editar código-fonte]

O atual município Picada Café origina-se de uma picada colonial da colônia alemã de São Leopoldo denominada Picada do Café, cujo povoamento iniciou-se em 1844. A Picada do Café era limitada ao sul pela Picada 48, ao norte pela Linha Olinda, ao oeste pela Linha Nova e ao leste por Travessão São Paulo (Dois Irmãos) e terras devolutas. Essa área era considerada como estando "mata adentro" e há registros de conflitos com indígenas e dificuldades com animais selvagens. Dessa picada a maior parte dos lotes foram incorporados ao novo município que também assimilou alguns lotes da Picada Dois Irmãos (localidades de Jammerthal, Joaneta e parte de Lichtenthal). O nome deve-se a um caminho (picada) aberto pelos imigrantes onde paravam os viajantes. Também havia na localidade uma pequena plantação de café. Picada Café emancipou-se em 20 de março de 1992.

Infra-estrutura[editar | editar código-fonte]

Distante 80 quilômetros de Porto Alegre, a principal via de acesso ao município é a BR 116 - Rodovia Presidente Getúlio Vargas.

Indústria local[editar | editar código-fonte]

Pela forte influência da cultura colonial alemã, Picada Café é uma cidade com diversas empresas do ramo coureiro-calçadista. Entre as empresas localizadas na cidade está a Coopershoes, fabricante da Converse (empresa), a SugarShoes, a Emme Bolsas e a Nordweg.

Fica na cidade também o Curtume Fridolino Ritter, um dos maiores curtumes do estado do Rio Grande do Sul e grande gerador de empregos na cidade, além de malharias como a Malharia OK e a Malharia Schmitt e fábricas de estofados como a Estofados Rincão e La Form.

Picada Café também foi o berço da nacionalmente conhecida fábrica de calçados Dakota, mas que hoje não se encontra mais na cidade e sua matriz foi transferida para a cidade vizinha de Nova Petrópolis.

Datas comemorativas[editar | editar código-fonte]

A festa tradicional da cidade conhecida pela região é a Kaffeeschneis Fest, uma festa comemorada geralmente no primeiro final de semana do mês de maio.

Em outubro também é comemorado no Parque Jorge Kuhn o aniversário da Rádio Impérial, de Nova Petrópolis.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Moinho do Parque Histórico Municipal Jorge Kuhn.

O Parque Histórico Municipal Jorge Kuhn é, hoje, o portal turístico do município e possui espaço ao ar livre, bosque e lago. Nele estão localizados prédios históricos que datam de mais de 100 anos, como um armazém, residência e cozinha com sala de refeições, um açougue, galpões, estrebarias, chiqueiros e um matadouro.

No parque está situada a Biblioteca Municipal José Lutzemberguer e o prédio de uma antiga funilaria.

Nesse espaço acontecem importantes eventos da cidade como a Kaffeschneis’fest, o Parque Encantado da Páscoa e a Festa do Café, Cuca e Linguiça.

Literatura[editar | editar código-fonte]

  • FLORES, Hilda Agnes Hübner; FLORES, Moacyr. Picada Café. Nova Dimensão, Porto Alegre 1996

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]