Nova Roma do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Nova Roma do Sul
Igreja Matriz

Igreja Matriz
Bandeira desconhecida
Brasão de Nova Roma do Sul
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Fundação 30 de novembro de 1987 (27 anos)
Gentílico novaromense
Prefeito(a) Marino Antônio Testolin
(2013–2016)
Localização
Localização de Nova Roma do Sul
Localização de Nova Roma do Sul no Rio Grande do Sul
Nova Roma do Sul está localizado em: Brasil
Nova Roma do Sul
Localização de Nova Roma do Sul no Brasil
28° 59' 24" S 51° 24' 28" O28° 59' 24" S 51° 24' 28" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Nordeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Caxias do Sul IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Antônio Prado, Farroupilha, Flores da Cunha, Nova Pádua
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 149,057 km² [2]
População 3 347 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 22,45 hab./km²
Altitude 591 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,83 muito alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 62 206,087 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 16 858,02 IBGE/2008[5]
Página oficial

Nova Roma do Sul é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

História[editar | editar código-fonte]

Cercado pelos Rios das Antas e da Prata, com vales profundos, as terras de Nova Roma, passaram a ser colonizadas a partir de 1880 por imigrantes poloneses, suecos, e russos. Em 1888 iniciou a vinda de italianos que em alguns anos passaram a formar a maioria da população.

O território do atual município de Nova Roma do Sul pertenceu ao município de Antônio Prado durante mais de um século. A comissão de colonização dividiu-o em oito linhas onde se estruturaram 14 comunidades, cada qual com sua capela. Castro Alves foi a primeira e durante algum tempo parecia tornar-se a sede das oito linhas. Mas o povoado de Nova Treviso, na Linha Blessmann, passou a ser a nova sede, a partir de 1894, originando, com isso, inúmeras rivalidades entre os dois povoados.

Em 06 de janeiro de 1899, o padre Alessandro Pelegrini, com autorização do governo, estabeleceu-se entre Castro Alves e Nova Treviso, na Linha Carlos Leopoldo, dando início ao povoado de Nova Roma, em homenagem a capital da Itália, Roma. Em alguns anos o pequeno povoado tornou-se vila e em 19 de janeiro de 1923 passou a ser segundo distrito de Antônio Prado.

Após várias tentativas, já a partir de 1960, Nova Roma conseguiu sua emancipação política em 30 de novembro de 1987 e no dia 1º de janeiro de 1989, iniciou sua primeira administração municipal.

Hoje, após quase 130 anos de história, Nova Roma do Sul é fruto do trabalho de várias gerações que, apesar de imensas dificuldades, construíram uma estrutura que deverá torná-la cada vez melhor, seja na qualidade de produção, na educação, na saúde e no turismo.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 28º59'25" sul e a uma longitude 51º24'29" oeste, estando a uma altitude de 591 metros.

Possui uma área de 152,55 km² e sua população estimada em 2010 era de 3 347 habitantes.

Seu território é formado por vales encantados, misteriosos, onde o silêncio só é quebrado pelo barulho das cascatas, o murmúrio dos rios ou o canto dos pássaros. É um cenário que encanta os turistas que têm o privilégio de visitar um dos mais belos municípios da Serra Gaúcha.

Nova Roma, junto com outros cinco municípios da região faz parte do “VALES DA SERRA”, tendo como principais atrativos, suas belezas naturais como o Cachoeirão, no Rio das Antas, cascatas, grutas, uma rica flora e fauna, belezas que podem ser observadas através de mirantes. Os rios e vales propiciam a prática de esportes radicais, como o rafting, a tirolesa, o pêndulo e trilhas ecológicas.

Religião[editar | editar código-fonte]

Nova Roma do Sul é uma das cidades mais católicas do Brasil. No censo de 2000, 100% de seus habitantes disseram seguir o catolicismo.[6]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. [1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.