Armênio Guedes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Armênio Guedes
Armênio Guedes, 1998
Nascimento 30 de maio de 1918
Mucugê, Bahia Bahia
Morte 12 de março de 2015 (96 anos)[1]
São Paulo,  São Paulo
Nacionalidade brasileira
Ocupação Jornalista

Armênio Guedes (Mucugê, 30 de maio de 1918São Paulo, 12 de março de 2015) foi um jornalista e militante comunista brasileiro.

Foi secretário de Luís Carlos Prestes, com quem teve uma relação de admiração intensa. Estava com Prestes quando este recebeu a noticia da morte de Olga Benário. Rompeu com o stalinismo e se alinhou aos partidos da esquerda democrática europeia. Durante o regime militar brasileiro, opôs-se à luta armada e defendeu a aliança com o Movimento Democrático Brasileiro (MDB), à época o único partido de oposição autorizado pela ditadura. Durante seu exílio, morou no Chile e na França.[1]

Após se retirar da política, Armênio Guedes trabalhou como jornalista na revista IstoÉ e no jornal Gazeta Mercantil.[1]

Foi agraciado com a grã-cruz da Ordem do Ipiranga, pelo Governo do Estado de São Paulo.[2]

Em 30 de março de 2012 recebeu o título de Cidadão Paulistano oferecido pela Câmara Municipal de São Paulo, sob patrocínio do vereador Eliseu Gabriel[3]

Em 2013 foi lançado o livro biográfico Armênio Guedes - Sereno Guerreiro da Liberdade, escrito pelo jornalista Sandro Vaia.[1]

Morreu em 2015, aos 96 anos de idade, na cidade de São Paulo, em decorrência de uma infecção pulmonar, que culminou em sua morte, por falência de múltiplos órgãos.[4]


Referências

  1. a b c d «Morre Armênio Guedes, ex-dirigente do Partido Comunista Brasileiro». 12 de março de 2015. Consultado em 12 de março de 2015 
  2. «DECRETO Nº 55.575». Portal da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. 17 de março de 2010. Consultado em 14 de março de 2018 
  3. «Jornalista Armênio Guedes recebe Título de Cidadão Paulistano da CMSP». 30 de março de 2012. Consultado em 12 de março de 2015 
  4. Thiago Brandimarte Mendonça (12 de março de 2015). «Morre aos 96 anos o comunista Armênio Guedes». Valor Econômico. Consultado em 3 de abril de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.