Ashura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portal A Wikipédia possui o:
Portal do Islão

O dia da Ashura (em árabe: عاشوراء‎) é o décimo dia do Muharram no calendário islâmico, marcando o clímax da reflexão do Muharram.

Ele é celebrado pelos muçulmanos xiitas como o dia do martírio de Husayn ibn Ali, neto do profeta Maomé, na Batalha de Karbala, que aconteceu no 10º dia do Muharram do ano 61 do calendário islâmico (2 de outubro de 680 DC).[1] De acordo com a Suna, Maomé jejuou neste dia e pediu a outras pessoas que fizessem o mesmo.[2] Muçulmanos sunitas também celebram o dia, tido como o dia que Moisés jejuou em gratidão a Deus pela liberação dos judeus do Egito.

Referências

  1. Battle of Karbalā (em inglês). Encyclopædia Britannica. Britannica.com.
  2. The Fast. Javed Ahmad Ghamidi. Renaissance.com.pk.
Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.