Attilio Vivacqua

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o município capixaba, veja Atílio Vivácqua (Espírito Santo).

Attilio Vivacqua (Espírito Santo do Rio Pardo, 11 de outubro de 189421 de janeiro de 1961) foi um político brasileiro. Ocupou diversos cargos públicos, tendo sido senador de 1946 a 1961.

Atílio Vivácqua nasceu em 11 de Outubro de 1894, em Muniz Freire, Espírito Santo. Seus pais eram José Antônio Vivácqua e Etelvina Souza Monteiro Vivácqua. Foi criado em Cachoeiro de Itapemirim, estudou no Ginásio Pedro Palácios, casou-se com Jenny Silva Vivácqua e tiveram três filhos: Antônio Carlos, Jussara e Atílio Geraldo.

Fundou e dirigiu por vários anos o jornal "O Município" da cidade de Cachoeiro de Itapemirim, que chegou a ser, em certa época, um dos principais jornais do Estado. Foi Jornalista, Vereador Presidente da Câmara de Cachoeiro de Itapemirim, Deputado Estadual, Senador da República entre 1946 a 1961, Secretário de Estado da Educação, Publicista, Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)[1].

Deixou grande contribuição para a literatura jurídica nacional e, como Secretário de Estado da Educação, numerosos trabalhos.

Referências

  1. «Prefeitura Municipal de Atílio Vivacqua - História». www.pmav.es.gov.br. Consultado em 30 de julho de 2015 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.