Bare Fists

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bare Fists
The Man Who Wouldn't Shoot
A Promessa (BRA)
 Estados Unidos
1919 •  pb •  60 min 
Direção John Ford
Produção Pat Powers
Roteiro Eugene B. Lewis
Bernard McConville
Gênero faroeste
Cinematografia John W. Brown
Lançamento Estados Unidos 5 de maio de 1919
Idioma filme mudo
(legendas originais em inglês)
Página no IMDb (em inglês)

Bare Fists, também conhecido como The Man Who Wouldn't Shoot[1] (bra: A Promessa ) é um filme norte-americano de 1919, do gênero faroeste, dirigido por John Ford e estrelado por Harry Carey. O filme é presumidamente considerado perdido.[2]

John Ford e ator Harry Carry, colaboraram em pelo menos 25 filmes nos anos de 1917 e 1921. Durante essas colaborações, Carry fez mais por filme, sem seguida, Ford. Em 1919, Ford estava fazendo 300 dólares por semana, Carry estava fazendo 1.250. Este diferencial de remuneração levou a tensão entre os dois.[3]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.tcm.com/tcmdb/title/490226/Bare-Fists/
  2. «Progressive Silent Film List: Bare Fists». Consultado em 9 de julho de 2014 
  3. Levy, Bill (1998). John Ford: A Bio-bibliography. [S.l.]: Greenwood Press. ISBN 0313275149 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme de faroeste é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.