Beirute (sanduíche)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sanduíche beirute.

Beirute é um sanduíche brasileiro influenciado pela culinária sírio-libanesa feita com pão sírio, cuja receita original era composta por pão sírio, queijo mussarela coberto por zatar, rosbife e tomate.

O beirute foi criado em São Paulo no ano de 1951 pelos imigrantes  libaneses Louis e Fares Sader. Eles eram sócios do restaurante Bambi, na Alameda Santos, entre as ruas Cubatão e Rafael de Barros. O nome beirute é uma referência à capital do Líbano, mas na capital libanesa não se come este sanduíche já que se trata de uma criação brasileira, mais especificamente de São Paulo, para onde migraram os libaneses [1].

“Ele quis homenagear o Líbano. Por isso, usou pão árabe e batizou o sanduíche com o nome da capital”[2], diz Nazima Sader, viúva de Fares Sader. 

No Líbano, os pais de Fares vendiam chocolates e doces sírios. Quando faleceram, na época da Segunda Guerra Mundial, o filho deixou o país de navio. Morou na Venezuela e depois no Uruguai até desembarcar no Brasil em 1947. Em São Paulo, ele procurou alguns de seus parentes: o irmão Louis, que tinha vindo diretamente para o Brasil, e Sabina Sader, também da família e mãe de Nazima. Esta logo se tornou namorada do recém-chegado, com quem casou em 1955 e teve três filhos: Mônica, Marina e Maurício.

Atualmente é possível encontrar este tipo de sanduíche em várias regiões e cidades do Brasil. Algumas lanchonetes servem com batatas fritas e refrigerante como acompanhamentos, como se costuma fazer em

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. site Mundo Estranho (editora Abril). «Como surgiram os sanduíches beirute, americano e cheeseburger?» 
  2. Jornal "O Estado de São Paulo" (11 Novembro 2011). «Beirute: sanduíche paulistano comemora 60 anos». Curiocidade. Consultado em 19 de fevereiro de 2018. 

http://cultura.estadao.com.br/blogs/curiocidade/beirute-sanduiche-paulistano-comemora-60-anos/

Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.