Belô Velloso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Belô Veloso
Informação geral
Nome completo Isabel Teles Veloso de Mesquita.
Também conhecido(a) como Belô Veloso
Nascimento 19 de agosto de 1971 (45 anos)
Origem Santo Amaro (Bahia), Bahia Bahia
País Brasil Brasil
Gênero(s) MPB; Samba
Instrumento(s) vocal
Extensão vocal Mezzo-soprano
Período em atividade 1996 - presente
Gravadora(s) Velas, PlayArte Music, BMGV Music.
Página oficial www.belovelloso.com.br

Isabel Teles Veloso de Mesquita[1], mais conhecida como Belô Veloso (Santo Amaro (Bahia), 19 de agosto de 1971), é uma cantora e compositora brasileira.

Já lançou 8 álbuns, o primeiro lançado em 1996, conta com mais de 20 participações especiais em coletâneas nacionais e compilações internacionais. Seu talento já foi reconhecido 4 vezes pelo conceituado jornal americano "The New York Times".

Biografia[editar | editar código-fonte]

Antes da fama e início da carreira[editar | editar código-fonte]

Nascida na Bahia em 19 de agosto de 1971, Belô Velloso é a terceira filha de Maria Isabel Vianna Telles Velloso (Mabel Velloso), escritora brasileira, e de Antônio Mesquita (in memory). É sobrinha do cantor e compositor Caetano Veloso, e da intérprete Maria Bethânia.[2] O seu nome artístico (Belô) surgiu através do apelido dado por Dona Canô (avó materna), que a chamava carinhosamente de “Bibelô”.

No ano de 1990 (com dezenove anos), Belô foi para o Rio de Janeiro, com o intuito de ser cantora.

Ano - 1996[editar | editar código-fonte]

Lançou seu primeiro disco, "Belô Velloso", com músicas de Caetano Velloso e Torquato Neto ("Mamãe Coragem"), Jorge Ben Jor ("Amante Amado"), Adriana Calcanhotto ("Canção sem o Seu Nome") que teve participações da sua madrinha Maria Bethânia e do seu tio Caetano Veloso.

Ano - 1997[editar | editar código-fonte]

Lançou seu segundo álbum, “Um Segundo”, que veio com releituras de antigos sucessos como "A Vida Tem Dessas Coisas", famosa na voz de Ritchie, e "As Curvas da Estrada de Santos", de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, além de novas composições de Alvin L., Zélia Duncan e Carlinhos Brown.

Ano - 1998[editar | editar código-fonte]

Estreou o programa de rádio chamado “MPB WebRadio”, tornando-se assim a 1ª artista brasileira a apresentar uma rádio on-line, com músicas 24 horas por dia e a primeira webradio da Internet brasileira, lançada pelo portal Universo Oline, atingindo em seus 8 anos mais de 1 milhão de ouvintes.

Ano - 1999[editar | editar código-fonte]

Lançou seu terceiro disco, “Marés”, com músicas de Mabel Velloso, Mauro Mota e Jorge Salomão. Neste mesmo ano tornou-se a 1ª artista a apostar no áudio digital integrando o casting da BMGV MUSIC, a 1ª gravadora online legalizada da Internet.

Ano - 2000[editar | editar código-fonte]

Lançou seu primeiro CD acústico, "Acústico - ao vivo voz & violão", produzido por Mauro Motta, com sucessos anteriores e novas canções.

Ano - 2002[editar | editar código-fonte]

Lançou seu quinto CD, “Pegue ou Largue”, produzido por Felipe Eyer e lançado pela PlayArte Music.

Ano - 2004[editar | editar código-fonte]

Realizou a mega turnê americana de 90 dias "Latinas, Women of Latin America", sob a coordenação artística da gravadora americana Putumayo e direção empresarial (international manager) da Columbia Artists, onde se apresentou em mais de 30 cidades para um público superior a 75 mil pessoas.

Ano - 2006[editar | editar código-fonte]

Foi a 1ª artista brasileira a estrear sua própria loja virtual de música, intitulada "Belô Music" , onde centraliza todas as vendas de seus aúdios digitais e lança gravações inéditas exclusivas para o internauta. E neste mesmo ano lançou seu sexto CD, “Belô Samba”, da sua coletânea de 10 anos como cantora e compositora.

Ano - 2009[editar | editar código-fonte]

Ocorreu o lançamento do seu CD "Versão Brasileira", que ficou em 3º lugar na colocação dos mais vendido no UOL Megastore.

Ano - 2010[editar | editar código-fonte]

O sucesso continuou e seu mais recente álbum "Versão Brasileira", permaneceu 63 dias consecutivos na lista dos mais vendidos das lojas digitais "UOL Megastore" e "eMusic", sendo que, 28 dias consecutivos em 1º lugar no "Top 10 Artista" e 44 dias consecutivos em 1º lugar no "Top 10 Album".

Ano - 2011[editar | editar código-fonte]

Seu mais recente single, a versão em reggae do clássico do R.E.M., "Everybody Hurts", ao ser lançado em dezembro, rapidamente chegou ao 3º lugar do Ranking entre as músicas mais vendidas, ficando abaixo somente de Adele.

Sucessos[editar | editar código-fonte]

4 de seus sucessos foram destaques nacionais.

• "Por Te Querer", tema da novela "Porto dos Milagres" da Rede Globo. • "Menos Carnaval", tema da novela da Rede Globo "Era Uma Vez". • "Desde que o samba é samba", tema do seriado "Mulher" da Rede Globo. • "Toda Sexta-Feira", tema da campanha de lançamento do resort Costa do Sauípe.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1996 • Belô Velloso (Velas)
  • 1997 • Um Segundo (Velas)
  • 1999 • Marés (PlayArte)
  • 2000 • Acústico • ao vivo voz & violão (PlayArte Music)
  • 2002 • Pegue ou Largue (PlayArte Music)
  • 2004 • Oliver Twist • projeto especial infantil CD + CD-ROM (BMGV Music)
  • 2006 • Belô Samba • coletânea 10 anos (BMGV Music)
  • 2009 • Versão Brasileira (BMGV Music)
  • 2011 • Single digital "Everybody Hurts" (BMGV Music)

Referências

  1. «Discos do Brasil». Discosdobrasil.com.br. Consultado em 22 de Janeiro de 2013 
  2. «Biografia no Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira». Dicionariompb.com.br 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]