Bevantolol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ver artigo principal: Bloqueador beta-adrenérgico
Bevantolol
Alerta sobre risco à saúde
Bevantolol.png
Nome IUPAC (RS)-[2-(3,4-dimethoxyphenyl)ethyl][2-hydroxy-3-(3-methylphenoxy)propyl]amine2,6-diyl)bis(azanetriyl)tetraethanol
Identificadores
Número CAS 59170-23-9
PubChem 2372
DrugBank DB01295
ChemSpider 2282
ChEBI 238698
Código ATC C07AB06
DCB n° 1237
Propriedades
Fórmula química C20H27NO4
Massa molar 345.41 g mol-1
Farmacologia
Página de dados suplementares
Estrutura e propriedades n, εr, etc.
Dados termodinâmicos Phase behaviour
Solid, liquid, gas
Dados espectrais UV, IV, RMN, EM
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

O Bevantolol é um beta bloqueador misto que atua sobre os receptores beta1 adrenérgicos, (cardioseletivo), mas também bloqueia os receptores alfa. Verificou-se não ter efeito deletério na doença pulmonar obstrutiva crónica.[1] Esta molécula tem uma marcada ação sobre os canais de cálcio do tipo L (sensíveis à ação das catecolaminas) pelo que o seu efeito como bloqueador destes canais é mais evidente quando comparado com os outros beta bloqueadores.[2]

Referências

  1. «Efeito dos β bloqueadores na DPOC» (PDF). Consultado em 28 de dezembro de 2012 
  2. Warltier DC, Gross GJ, Jesmok GJ, Brooks HL, Hardman HF (1980). «Protection of Ischemic Myocardium: Comparison of Effects of Propranolol, Bevantolol and N-Dimethyl Propranolol on Infarct Size Following Coronary Artery Occlusion in Anesthetized Dogs». Cardiolog. 66