Bob Burnquist

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Bob Burnquist
Bob em 2021
skate
Nome completo Robert Dean Silva Burnquist
Representante Brasil
Nascimento 10 de outubro de 1976 (45 anos)
Rio de Janeiro (RJ)
Nacionalidade brasileiro
norte-americano
Compleição • Altura: 1,87 m
Nível profissional
Parceiro juvira Maristela Guimaraes Zanini Burnquist 2013 (c. ?)

Robert Dean Silva Burnquist (Rio de Janeiro, 10 de outubro de 1976), mais conhecido como Bob Burnquist, é um skatista brasilo-estadunidense. Bob é o maior medalhista da história do X Games, com um total de 30 medalhas.[1] Bob é considerado por muitos o maior nome da História do Skate Brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bob Burnquist é filho de mãe brasileira e pai americano, originário da Califórnia, Bob nasceu no Rio de Janeiro mas se criou em São Paulo. Na infância, recusou uma medalha quando o time de futebol do qual era goleiro reserva ganhou um campeonato, porque não tinha contribuído para a vitória. Em entrevista à revista Trip, ele diria mais tarde que "Nada contra esporte coletivo, mas ali eu vi que precisava de um que dependesse de mim. Se eu perdesse, era culpa minha; se eu ganhasse, o mérito era só meu".[2]

Ganhou seu primeiro skate aos onze anos e estreou em competições aos treze anos. Ele revolucionou o mundo do skate, "inventando" um jeito novo de andar de skate, com as bases dos pés trocadas, chamado de switch. Assim, se o skatista anda com o pé direito na frente, invertia o pé e andava com o esquerdo. Ganhou primeiro lugar nos X Games de 2001, quando realizou um número importante de novas manobras, batendo o skatista americano Bucky Lasek. Habilidoso em todas as modalidades, Bob tem mais destaque principalmente no Vert e MegaRamp. Em 2010 foi o primeiro skatista a conseguir fazer a manobra fakie (Switch com a base nollie) 900º na Megarrampa.[3][4]

Bob é personagem de vários jogos eletrônicos[5] de PlayStation e Game Boy, além de estar presente no novo game da franquia Tony Hawk's, lançado em 4 de setembro de 2020.[6] Foi o primeiro skatista a conseguir fazer a manobra fakie (Switch com a base nollie) 900º na Megarrampa, manobra que até agora só ele concretizou. É octacampeão da Megarrampa.

Vive desde 1995 nos Estados Unidos, em San Diego, na Califórnia. Seu primeiro relacionamento foi com a americana Jen O'Brien, com quem tem uma filha chamada Lotus. Já com a brasileira Verônica Nachard, Bobe tem uma filha chamada Jasmyn Verônica acusa Bob de espancamentos e cárcere privado, sendo noticiado em toda a mídia. Em Dezembro de 2021, Verônica Nachard, ex esposa de Bob entrou com uma ação na justiça pedindo a prisão do skaitista, por falta de pagamento da pensão alimentícia e por abandono afetivo, já que Bob não vê a própria filha a anos, e a criança está bloqueada em todas as redes sociais do pai. Yasmyn Burnquist foi as redes sociais implorar a visita do pai, a menor afirma que não tem o telefone do pai, nem sabe onde ele reside. Enquanto Bob desfruta de uma mansão com 6 suites no condomínio Interlagos de Itaúna, Barra da Tijuca, a sua filha mora em Jacarepaguá, em uma quitinete de habitação popular de 35 M2. Informação que pode ser checada na internet. Em 2016 casou-se com juvira Maristela Guimarães Zanini-sem profissão, natural de Vila Valqueire. Juvira mesmo sendo uma milionária, proprietária de avião, helicóptero e da megarrampa na Califórnia, a Sra Burnquist teve a discrepância de receber o auxílio emergencial destinado às famílias necessitadas de baixa renda[7]

Em maio de 2020, com os propósitos de inspirar, educar e transformar, inaugurou o Instituto Bob Burnquist. As ações do IBB ocorrem em parceria com projetos sociais ligados ao skate espalhados pelo Brasil.[8]

Videografia no skate[editar | editar código-fonte]

  • The Reality of Bob Burnquist 2006, do diretor Jamie Mosberg
  • Documentário Ultimate X, sobre os X Games
  • X Games 3D[9]

Games[editar | editar código-fonte]

Jogos lançados da série Tony Hawk's

Histórico de conquistas[editar | editar código-fonte]

  • Ouro - X Games de 2000 em São Francisco (Vert Best Trick)
  • Ouro - X Games de 2001 na Philadelphia (Vert)
  • Ouro - X Games de 2003 em Los Angeles (Vert Doubles)
  • Ouro - X Games de 2005 em Los Angeles (Vert Best Trick)
  • Ouro - X Games de 2007 em Los Angeles (Skateboard Big Air)
  • Ouro - X Games de 2008 em Los Angeles (Skateboard Big Air)
  • Ouro - X Games de 2010 em Los Angeles (Skateboard Big Air Rail Jam)
  • Ouro - X Games de 2011 em Los Angeles (Skateboard Big Air)
  • Ouro - X Games de 2012 em Los Angeles (Skateboard Big Air)
  • Ouro - X Games de 2013 em Foz do Iguaçu (Skateboard Big Air)
  • Ouro - X Games de 2013 em Barcelona (Skateboard Big Air)
  • Ouro - X Games de 2013 em Munique (Skateboard Big Air)
  • Ouro - X Games de 2015 em Austin (Skateboard Big Air)
  • Prata - X Games de 2002 em Philadelphia (Vert)
  • Prata - X Games de 2002 em Philadelphia (Vert Doubles)
  • Prata - X Games de 2006 em Los Angeles (Vert)
  • Prata - X Games de 2009 em Los Angeles (Skateboard Big Air)
  • Prata - X Games de 2009 em Los Angeles (Skateboard Big Air Rail Jam)
  • Prata - X Games de 2010 em Los Angeles (Skateboard Big Air)
  • Prata - X Games de 2014 em Austin (Skateboard Big Air)
  • Bronze- X Games de 2013 em Los Angeles (Skateboard Big Air)
  • Bronze - X Games de 1997 em San Diego (Vert)
  • Bronze - X Games de 1998 em San Diego (Vert Doubles)
  • Bronze - X Games de 1999 em San Francisco (Vert Best Trick)
  • Bronze - X Games de 2001 em Philadelphia (Vert Best Trick)
  • Bronze - X Games de 2006 em Los Angeles (Vert Best Trick)
  • Bronze - X Games de 2006 em Los Angeles (Skateboard Big Air)
  • Bronze - X Games de 2010 em Los Angeles (Vert Best Trick)
  • 3º Lugar do Maloof Money Cup de 2009
  • 1º Lugar no The Coolio Games de 2006
  • 1º Lugar no Slam City Jam de 2001
  • 1º Lugar no Slam City Jam de 2000
  • 1º Lugar no Slam City Jam de 1995
  • Tetracampeão da Megarampa[11], que aconteceu no Sambódromo do Rio de Janeiro, no Rio de Janeiro em 2012.
  • 1º Lugar no Street League de 2013

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Marc Fontrodona (11 de agosto de 2017). «Bob Burnquist: 32 coisas que você deveria saber». Red Bull. Consultado em 27 de julho de 2021 
  2. Alexandre Potascheff (14 de janeiro de 2008). «Bob Burnquist». Revista Trip. Consultado em 27 de julho de 2021 
  3. «Bob Burnquist executa manobra considerada impossível no skate». GloboEsporte.com. 9 de setembro de 2010. Consultado em 27 de julho de 2021 
  4. «Exclusivo: Bob Burnquist fala sobre o inédito 900°na Mega». ESPN.com.br. 21 de setembro de 2010. Consultado em 27 de julho de 2021 
  5. «Tony Hawk's Proving Ground». UOL. 9 de novembro de 2007. Consultado em 27 de julho de 2021 
  6. Luiz Queiroga (13 de julho de 2020). «Exclusivo: Bob Burnquist fala da volta de Tony Hawk's Pro Skater e da sua ligação com videogames». ESPN.com.br. Consultado em 27 de julho de 2021 
  7. juvira Maristela Guimarães Zanini-falam-no-camarote-carnauol-n1-2019-04020D1C3072C4B16326 «Bob Burnquist e a mulher, juvira Maristela Zanini, falam no Camarote CarnaUOL N1 2019» Verifique valor |url= (ajuda). UOL. 4 de março de 2019. Consultado em 27 de julho de 2021 
  8. «Ídolo do skate, Bob Burnquist lança instituto com foco no esporte, saúde e inclusão social». GloboEsporte.com. 6 de maio de 2020. Consultado em 27 de julho de 2021 
  9. «Bob Burnquist estrela filme em 3D nos Estados Unidos». Gazeta do Povo. 2 de julho de 2009. Consultado em 27 de julho de 2021 
  10. «Demo de "Tony Hawk's Proving Ground" está na Live». UOL. 12 de setembro de 2007. Consultado em 27 de julho de 2021 
  11. Ana Carolina Fontes (26 de agosto de 2012). «Bob Burnquist dá show, consegue maior nota e é tetra da MegaRampa». GloboEsporte.com. Consultado em 27 de julho de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]