Bunny Wailer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Bunny Livingston)
Bunny Wailer
Informação geral
Nome completo Neville O'Riley Livingston
Também conhecido(a) como Bunny Livingston
Bunny O'Riley
Nascimento 10 de abril de 1947
Local de nascimento Kingston
Jamaica
Morte 2 de março de 2021 (73 anos)
Local de morte Kingston
Jamaica
Gênero(s) Reggae
Instrumento(s) Voz
Período em atividade 1967-2021
Afiliação(ões) The Wailers, Peter Tosh, Bob Marley

Neville O'Riley Livingston, mais conhecido como Bunny Wailer ou mesmo Bunny Livingston (Kingston, 10 de abril de 1947Kingston, 2 de março de 2021), foi um cantor, compositor e percussionista de reggae. Foi um integrante da formação original do grupo de reggae The Wailers, juntamente com Bob Marley e Peter Tosh.

Bunny viajou em turnê com os Wailers pela Inglaterra e Estados Unidos, mas logo tornou-se relutante em deixar novamente a Jamaica. Ele e Tosh foram marginalizados no grupo quando os Wailers começaram a fazer sucesso internacional, com todas as atenções focadas em Marley. Wailer e Tosh subsquentemente deixaram a banda para seguirem carreira solo. Eles foram substituídos pelas "I Thress", uma estratégia com vistas a ampliar o sucesso dos Wailers no mercado não-jamaicano.

Depois de deixar o grupo, Bunny fixou-se mais em seus princípios espirituais. Assim como os outros Wailers, ele era um rasta declarado. Produziu alguns dos seus álbuns, além de compor e regravar a maioria do material do catálogo dos Wailers. Ele obteve sucesso gravando músicas apolíticas, mais pop e dançantes. Bunny sobreviveu aos seus contemporâneos quando a morte violenta era um lugar comum.

Wailer ganhou três Grammys de "Melhor Álbum de Reggae" de 1990, 1994 e 1996 pelo seu desempenho em Time Will Tell: A Tribute to Bob Marley, Crucial! Roots Classics e Hall of Fame: A Tribute to Bob Marley's 50th Anniversary respectivamente.[1]

Morreu em 2 de março de 2021, aos 73 anos de idade, no Medical Associates Hospital em Kingston.[2]

Discografia solo[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «BUNNY WAILER» (em inglês). The Recording Academy. Consultado em 2 de março de 2021 
  2. «Bunny Wailer is dead». Jamaica Observer (em inglês). 2 de março de 2021. Consultado em 2 de março de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]