Cícero Pompeu de Toledo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Junho de 2008). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cícero Pompeu de Toledo
Presidente do São Paulo Futebol Clube
Período 30 de setembro de 1949 a 29 de abril de 1958[1]
Antecessor Paulo Machado de Carvalho
Sucessor Laudo Natel
Dados pessoais
Nascimento 7 de janeiro de 1910
Piracicaba
Morte 8 de setembro de 1959
São Paulo

Cícero Pompeu de Toledo (Piracicaba, 7 de janeiro de 1910São Paulo, 8 de setembro de 1959), foi um dirigente esportivo brasileiro das décadas de 1940 e 1950.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ele ingressou no São Paulo F.C. em 1939. De 1944 a 1946, assumiu o cargo de secretário da diretoria. Em 1947 foi eleito pela primeira vez presidente do clube, sendo consecutivamente reeleito até 1957, ano em que se afastou por motivos de saúde.

Em suas últimas gestões à frente do tricolor, incentivou a formulação do projeto de construção do Estádio do Morumbi, dando início à construção da praça de esportes que hoje leva o seu nome, mas veio a falecer e não teve a felicidade de ver a obra concluída.

Cícero Pompeu de Toledo é considerado o Presidente de Honra do São Paulo F.C. - portanto, eterno presidente do clube. Como presidente, foi campeão paulista em 1948, 1949, 1953 e 1957.

Em sua homenagem, o clube denominou oficialmente o Estádio do Morumbi como Estádio Cícero Pompeu de Toledo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.