Cacerense Esporte Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cacerense
Nome Cacerense Esporte Clube
Alcunhas Fera da Fronteira
Crocodilo do Pantanal
Mascote Onça Pintada
Fundação 5 de julho de 2005 (9 anos)
Estádio Geraldão
Capacidade 9.000
Presidente Brasil Clóvis Alves dos Santos
Treinador BrasilMarcos Birigui
Patrocinador Brasil Logotipo Sicredi.gif Sicredi
Competição Mato Grosso Campeonato Mato-Grossense
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Cacerense Esporte Clube é uma agremiação esportiva da cidade de Cáceres, no estado de Mato Grosso, fundada a 5 de julho de 2005.

História[editar | editar código-fonte]

Possui em seu histórico o antigo time do Cáceres Futebol Clube, apelidado de Crocodilo do Pantanal.

Sua renovação deve-se à um esforço conjunto de sociedade, empresários locais e jogadores, dispostos a reeditar as épocas de vitórias do Cacerense. A "Fera da Fronteira", como é denominado por seus torcedores, conquistou, no ano de 2006, pela primeira vez um título em sua história, sagrando-se campeão da Copa Governador com apenas uma derrota.

Em 2007, a boa fase continuou, e o time conseguiu de maneira inédita o título de Campeão Estadual, conquistando o direito de disputar a Copa do Brasil em 2008

  • De melhor time de Mato Grosso em 2007 e 2008, o Cacerense caiu para a 2ª Divisão a partir de 2009 e hoje possui aproximadamente R$ 500 mil em dividas, a maioria por de ações trabalhistas.

O desastre administrativo foi ocasionado pelo presidente Cloves dos Santos e por uma dúzia de amadores que se aventuraram como dirigente do time nos últimos três anos.

Para recuperar um dos orgulhos do povo de Cáceres, cronistas esportivos, entre eles, Manga Rosa, Luiz Garcia e Gonzaga Junior, montaram um projeto e convidaram o delegado Alex Cuyabano, o fiscal Renato Fidelis, O reitor da Unemat, Adriano Silval, o empresário Tarcísio Paulino e o prefeito Túlio Fontes para executarem a proposta.

O resultado foi à campanha invicta até a fase semifinal e a estrutura de primeira qualidade oferecida ao elenco, que está com os salários rigorosamente em dia.

Cerca de 90% do recurso financeiro gasto com a folha de pagamento, cerca de R$ 25 mil foi arrecadado por Renato Fidelis. O dinheiro veio da City Lar, Unimed, JBA, Cometa Motocenter, Juba Supermercados, Fapan e da Lenda Turismo.

Também estão investindo na equipe a Academia Pantanal, Jornal Oeste, Padaria Janaina, Soft Art, Lanchonete e Restaurante Beira Rio, Adriano Silva e a Grendene.

Individualmente, o maior investimento foi do prefeito Túlio Fontes, que utilizou seu prestigio e amizade para levantar aproximadamente R$ 20 mil para custear as viagens do time.

Apaixonado por futebol, o prefeito ainda colocou as secretarias de Esporte e Saúde para dar todo o suporte.

A Secretaria de Esporte colocou o Estádio Geraldão a disposição do time e a Secretaria de Saúde está dando suporte com profissionais e uma ambulância nos dias de jogos.

MELHORES RESULTADOS

  • CACERENSE 6-0 JUVENTUDE-AM
  • CACERENSE 5-0 SINOP
  • CACERENSE 5-0 AÇÃO
  • CACERENSE 5-3 UNIÃO
  • CACERENSE 4-0 UNIÃO
  • CACERENSE 4-0 BARRA
  • CACERENSE 4-0 LAMBARI D'OESTE
  • CACERENSE 4-0 SERRA
  • CACERENSE 4-2 DOM BOSCO

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

Ranking da CBF[editar | editar código-fonte]

  • Posição: 325º
  • Pontuação: 1 ponto

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol que pontua todos os times do Brasil.

Ver também[editar | editar código-fonte]