Califado de Sokoto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.



O Califado de Socoto[1][2] é uma comunidade Islâmica espiritual na Nigéria, conduzido pelo sultão de Socoto Sa’adu Abubakar. Fundado durante as jiades fulas no início dos anos 1800, ele foi um dos mais poderosos impérios na África subsaariana antes da conquista e colonização europeia. O califado continuou a existir pelo período colonial e posteriormente, embora com o poder reduzido.


Declínio e queda[editar | editar código-fonte]

O império começou a cair sob a pressão do colonialismo europeu que destruiu modelos comerciais tradicionais e armou estados vizinhos. Em 1903 tanto o Socoto como Cano foram saqueados e o Império caiu, sendo dividido entre o francês e britânico.

Colonização e califado moderno[editar | editar código-fonte]

Os colonizadores conservaram o sistema de Emirado Fulani como os soberanos locais, foram dadas autonomia considerável pelos britânicos. O Sultão de Socoto permanece até os dias atuais como líder religioso principal dos muçulmanos da Nigéria, e a posição ainda é mantida por descendentes de dan Fodio.

Referências

  1. Verbete do VOLP
  2. Ki-Zerbo 2010, p. 33.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ki-Zerbo, Joseph. História Geral da África – Vol. I – Metodologia e pré‐história da África. [S.l.]: UNESCO, 2010. ISBN 8576521237
  • Johnston, Hugh A.S. Fulani Empire of Sokoto. London: Oxford University Press, 1967. ISBN 019-215428-1.
  • Stilwell, Sean. Paradoxes of Power: The Kano "Mamluks" and Male Royal Slavery in the Sokoto Caliphate, 1804-1903. Portsmouth: Heinemann, 2004. ISBN 0-325-07041-5.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]