Carolina Salgado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Junho de 2011) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Carolina Salgado (Vila Nova de Gaia, 14 de Março de 1977) é uma figura pública portuguesa. Tornou-se conhecida como companheira do presidente do Futebol Clube do Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa entre 2003 e 2006.[1][2][ligação inativa][3][ligação inativa]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Depois da separação dos dois, Carolina publicou um livro controverso, recorde de vendas, Eu, Carolina em Dezembro 2006, apresentando alguns segredos do futebol português e revelando detalhes de seu relacionamento com o presidente do Futebol Clube do Porto.

Foi alegado por Carolina Salgado e relatado de forma intensa nos meios noticiosos essa faceta de Pinto da Costa (que foi acusado formalmente no escândalo de corrupção do Apito Dourado em Junho 2007). A polícia conduziu assim uma investigação.

Outras acusações sérias foram feitas por Carolina, incluindo subornos, rixas com prostitutas e o espancamento de Ricardo Bexiga, então vereador da Câmara Municipal de Gondomar.

Carolina Salgado reivindica que o seu livro é um testemunho verídico de factos reais e que o publicou para chamar a atenção sobre a corrupção no caso Apito Dourado. Pinto da Costa negou todas as alegações nos meios noticiosos.

A sua irmã gémea, Ana Maria, veio desmentir Carolina, numa entrevista à emissora portuguesa TVI, onde disse serem mentira muitas das declarações da irmã e ter o original de Eu, Carolina consigo.

Baseado no livro que Carolina escreveu foi feito o filme Corrupção, que conta com Margarida Vila-Nova no papel de Carolina, e Nicolau Breyner, num papel semelhante ao presidente do Futebol Clube do Porto.[4][5][6] Em 2013 participa no reality show Big Brother VIP, o que terá provocado a irritação do presidente do Futebol Clube do Porto, Pinto da Costa.[7]

Referências