Cendol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cendol
Chendol.jpg
Imagem da sobremesa cendol.
Nomes alternativos
  • Chendol
  • dawet (Java Oriental e Java Central)
  • lot chong (Tailândia)
  • bánh lot (Vietnã)
  • mont let saung (Birmânia)
TipoSobremesa
Região ou estadoSudeste Asiático
Ingredientes principais
  • Leite de coco
  • farinha de arroz
  • geleia com folhas de pandanus
  • gelo
  • açúcar de palma

Cendol ( /ˈɛndɒl/) é uma sobremesa doce gelada que contém gotas de geleia de farinha de arroz verde,[1] açúcar de palma, leite de coco e xarope de açúcar.[2] É comumente encontrada no Sudeste Asiático, popularizando-se na Indonésia,[3][4] Malásia,[5] Singapura, Brunei, Camboja, Timor-Leste, Vietnã, Tailândia e Birmânia. Ao lado da geleia verde, adicionam-se coberturas com jaca, feijão-azuqui açucarado e durião.[6]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Copo com a sobremesa cendol.

A palavra cendol foi mencionada pela primeira vez em 1932 como um dos alimentos que compunham a culinária de Kuala Lumpur, conforme registrado no Malay Concordance Project,[7][8] que coleciona escritos em língua malaia. O dicionário indonésio descreve o cendol como um lanche feito de farinha de arroz e outros ingredientes misturados com açúcar de palma e leite de coco.[9] O dicionário malaio Kamus Dewan define a sobremesa como uma bebida tipo mingau com a adição de farinha de arroz, leite de coco e xarope de açúcar.[10] Existe uma crença popular de que o nome cendol está relacionado com a palavra malaia jendol, que significa inchado.[8] Na maioria das regiões da Indonésia, como em Java Central e Java Oriental, cendol refere-se à geleia de farinha de arroz verde, enquanto a mistura da geleia de arroz verde com leite de coco, açúcar de palma e jaca, é chamado de cendol ou dawet.[11]

No Vietnã, essa mistura de farinha de arroz verde é chamada de bánh lọt. Portanto, bánh lọt é um ingrediente comum em bebidas de sobremesa vietnamita chamada chè, comumente chamado de chè ba màu. Na Tailândia, chama-se lot chong (ลอดช่อง), referenciando a forma em que é feito. O prato, na Tailândia, é feito pressionando a massa quente através de uma peneira em um recipiente de água fria. Na Birmânia, é conhecido como mont let saung (မုန့်လက်ဆောင်း). No Camboja, a sobremesa é conhecida como lot (លត /lɔːt/), bang-aem lot (បង្អែមលត /bɑŋʔaɛm lɔːt/), nom lot (នំលត /nɷm lɔːt/) e banh lot (បាញ់លត /baɲ lɔːt/).[12]

História[editar | editar código-fonte]

Vendedores de dawet em 1935.

A origem do cendol não é clara, além da bebida estar espalhada pelo Sudeste Asiático. No entanto, uma sugestão para a história da sobremesa é de que se originou na Indonésia.[13] A tradição mais antiga e recente do cendol é encontrada em Java. Em Banjarnegara, na Java Central, o alimento é tradicionalmente servido sem gelo. Hoje, no entanto, adicionam-se cubos de gelo ou gelo raspado à bebida.[14] Essa mudança pode sugerir que, ainda na região de Java, o dawet passa a ser uma bebida de sobremesa doce que antecede a adoção de gelo. É possível que outros países desenvolvam suas próprias receitas devido à disponibilidade do gelo. A utilização do gelo na bebida está associada às cidades de Malaca e Penang, onde a tecnologia de navios britânicos refrigerados proporcionariam o gelo necessário para manter a bebida em estado natural. Os ingredientes originários eram açúcar de palmeira e plantas de coco. Tradicionalmente em Java, a geleia verde é feita a partir do amigo de sagu, extraído do tronco da planta de aren.[15]

Na tradição javanesa, dawet ou cendol fazem parte da cerimônia de casamento da região. O dodol dawet é servido durante o ritual Midodareni, um dia antes do casamento. Após o banho nupcial do siraman, os pais venderiam a casa para os convidados e familiares. O hóspede, portanto, pagaria o dawet utilizando moedas de terracota que seriam dadas à noiva como um símbolo de ganho familiar. O significado simbólico retratava a expectativa dos pais de que o casamento fosse estendido a mais convidados.[16]

Nos anos 1900, vendedores ambulantes da Indonésia começaram a vencer a sobremesa pelo bairro Geylang, em Singapura. Posteriormente, adicionaram-se blocos ou raspas de gelo na sobremesa. Nas Índias Orientais Holandesas, os vencedores ambulantes de cendol são comumente encontrados nas cidades. Cendol foi declarado como um alimento de herança da Malásia pelo Departamento de Patrimônio Nacional da Malásia.[13][17]

Ingredientes[editar | editar código-fonte]

Os ingredientes originais da sobremesa são leite de coco, macarrão de farinha de arroz com corante verde, gelo raspado e açúcar de palma. Geralmente, o cendol original era servido em um copo grande, com xarope de açúcar no fundo, além de geleia verde despejadas com leite de coco e gelo raspado. Em Sunda, na Indonésia, o cendol é um prato verde-escuro com sagu, leite de coco e xarope de açúcar.[15][18]

Além dos ingredientes básicos que compõem a sobremesas, em Singapura, o prato é acompanhado de feijão vermelho açucarado servido em uma tigela ao invés de copo. O açúcar de palma, frequentemente seguido de xarope de açúcar, é referido como gula melaka. No Vietnã, adicionam-se ervilhas, feijão-azuqui e geleia verde. Na Tailândia, o prato compõe-se de geleia verde, leite de coco, açúcar de palma líquido e gelo raspado.[19]

Variações[editar | editar código-fonte]

Cendol com durião.

Na Indonésia, a variamente mais famosa é o dawet de Banjarnegara, na Java Central. Outra variação é um cendol mais escuro chamado de ewwere ireng, em Purworejo, na Java Central.[6][15]

Ao invés de folhas de pandanus, o cendol adquire um tom cinza. Além dos ingredientes básicos, o cendol gelado pode ser servido com coberturas adicionais, como a jaca, durião, arroz glutinoso, geleia de capim e milho em confit. A influência de Singapura deu origem a diferentes variações do prato, como o cendol com sorvete de baunilha e coberturas de durião..[20]

Distribuição[editar | editar código-fonte]

A sobremesa cendol tornou-se parte da excelência culinária do Sudeste Asiático e, na maioria das vezes, é vendida e distribuída por vendedores ambulantes e locais de alimentação. Os vencedores de cendol são quase onipresentes nas cidades da Indonésia, especialmente em Jacarta, Bandung e Jogjacarta. Originalmente, o cendol ou dawet eram servidos em Java sem gelo, mas após a introdução da tecnologia de refrigeração nos países, foi servido acompanhado de gelo raspado.[21]

Na Indonésia e Malásia, a sobremesa é normalmente vendida nas estradas. Em Singapura, encontram-se porções da sobremesa por meio de barracas de venda de sobremesa, centros de alimentação, cafeterias e restaurantes em geral.[21]

Referências

  1. Jane Freiman (19 de março de 1986). «Underground Gourmet: Sampling Indonesia». New York Magazine. p. 119 
  2. Witton, Patrick (2002). Indonesia, Lonely planet: World food. Lonely Planet. [S.l.: s.n.] p. 141. ISBN 9781740590099 
  3. Indonesian Desserts: Cendol, Kolak, Es Kacang Hijau, Es Teler, Es Bir. General Books LLC. [S.l.: s.n.] 2010. ISBN 9781158259595 
  4. «Recipe: Es cendol». Belindo 
  5. «Shaving the Ice, Cutting the Heat» 
  6. a b «Es Cendol Durian». Femina (em indonésio) 
  7. «Pekan Hari Ahad Di Kampung Baru, Kuala Lumpur» 
  8. a b «Cendol». ifood.TV. Consultado em 9 de novembro de 2011. Cópia arquivada em 14 de julho de 2014 
  9. «Cendol». KBBI (em indonésio) 
  10. «Cendol». Dewan Bahasa dan Pustaka 
  11. «Dawet». Consultado em 9 de novembro de 2017 
  12. «Worm Jelly/Cendol with Mung Bean Sweet Soup Recipe (Chè Bánh Lọt Đậu Xanh)». 7 de abril de 2013. Consultado em 9 de novembro de 2017 
  13. a b CHENDOL: The History Of Chendol - A Special Report. Makansutra. [S.l.: s.n.] 30 de outubro de 2005 
  14. «Resep Dawet Ayu». Zona Makan (em indonésio) 
  15. a b c Rian Yulianto W. Minuman Tradisional Indonesia. Gulajava Ministudio (em indonésio). [S.l.: s.n.] 
  16. «Rumitnya Upacara Adat Pernikahan Solo». Kompas.com (em indonésio). 23 de maio de 2011 
  17. «Malaysian Intangible Heritage Objects». Cópia arquivada em 2 de abril de 2015 
  18. «Coconut Sugar (Gula Jawa)». 8 de outubro de 2007. Consultado em 8 de novembro de 2017 
  19. VisitSingapore.com - Chendol
  20. Penang Food | Cendol | The Best Penang Hawker Food and Restaurant Guide Arquivado em 2010-12-29 no Wayback Machine.
  21. a b My Asian Kitchen: Cendol